História Gastina paixão proihibida - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Cato, Delfina, Gaston, Jazmin, Jim, Luna Valente, Matteo, Miguel, Monica, Nico, Nina, Pedro, Ramiro, Rey, Ricardo, Sharon, Simón, Tamara, Tino, Yam
Exibições 44
Palavras 881
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Musical (Songfic), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu queria agredecer uma pessoa que foi a 1 a favorita e colocou um comentários que era pra continuar muito obrigado bjs

Capítulo 2 - Falando pela primeira vez


Fanfic / Fanfiction Gastina paixão proihibida - Capítulo 2 - Falando pela primeira vez

Povo Nina

Quando chegamos em Buenos Aires fiquei encantada com o lugar e minha mãe perguntou 

Carla-Nina,filha vamos para a casa?

Nina-não quero se quiser vai você, vou olhar um pouco Buenos Aires agora me deixa.

Carla-nada disso você vai se perder nem conhece a cidade direito já que "explorar"a cidade.

Nina- me deixa qualquer coisa uso meu GPS e agora vai pra casa cuidar da sua vida,por que eu não quero falar com você vou ver a cidade.Tchau pra você.

Então Carla,Âmbar,Jim,Yam e Luna foram conhecer a casa que provavelmente iríamos morar, pelo menos uns 3 ou 4 anos por ai.

Então olhava cada canto de Buenos Aires e quanto mais olhava mais gostava,então comecei a tirar foto até um garoto se esbarrar em mim.

Pov.Gaston

Eu,Matteo e Ramiro estávamos andando pela cidade até que me esbarrei em alguém.

Gaston-descul-pa-pa-guaguejei quando vi aquela linda menina em minha frente de olhos castanhos

Nina- presta atenção por onde anda pelo amor de deus, por acaso você é cego, deve ser porque não sou invisível,se aqui em Buenos Aires só tiver gente cega,vou ter que fugir do país.

Gaston-desculpa,não tinha te visto.

Nina- percebi. 

Gaston-voce não é daqui né?

Nina- não te devo satisfação, vai cuidar da sua vida.

Povo.Nina

Depois daquele que menino sem noção,fui pra casa e todos já estavam dormindo então tomei banho,jantei e adormeci.

No dia seguinte

Levantei,meio atrasada,tomei banho rápido tomei café da manhã,coloquei o uniforme e fui correndo, pois o motorista havia levado minha mãe ao trabalho.

Cheguei,quase fui para a direção, mas o menino que me esbarrei ontem contou que era aluna nova,ou seja,fui salva pelo aquele menino de ontem e tive que me sentar com ele.

E finalmente a aula acabou,e o garoto foi ao lado e perguntou 

Gaston-ola meu nome é Gaston,e o seu?,quer que eu te mostre a escola?

Nina-1°quem perguntou seu nome,2°e pra que quer saber do meu nome,não te interessa o meu nome garoto, 3°eu não pedi que me mostrasse a escola então me deixa em paz muleke insuportável.

Gaston-desculpa

Nina- para de tonto pedindo desculpa seu insuportável parece que só sabe falar desculpas isso irritante- sai de perto dele.

Pov. Matteo

Eu estava indo em um bebedouro,para beber água, então me esbarro em uma garota linda de cabelo castanho e olhos verdes e fiquei paralisado e disse arrogantemente:

Luna-presta atenção, seu imbecil por onde anda seu babaca.

Matteo-voce que esbarrou em mim sua louca.

Luna- louca é sua mãe,seu idiota, incompetente.

Matteo- calma!gatinha.poderia me dizer seu nome.

Luna- cala boca!não sou gato pra me chamar assim e também não te dei permissão nenhuma para me chamar desse jeito muleke besta e outra ,se você quer saber meu nome vai ficar querendo pois não vou te dar nem a primeira letra do meu nome.

Matteo- nossa a gente tente ser educado e é assim que fala com a gente.

Luna- pois, em nenhum momento pedi pra ser educado comigo, pedi?,não! Então vai se ferrar- saio de lá furioso com o garoto.

Pov.Âmbar

Estava indo a caminho da biblioteca para escrever uma coisa para Luna,Nina, Jim e Yam para arma alguma coisa no black.

Mas me deparei com um garoto

Âmbar- Você é idota seu besta,você é cego por acaso seu doente.

Simon- kkkkk desculpa menina não tinha te visto. Foi mal,e que eu estava concentrada no celular por causa da minha namorada!

Âmbar-sentiu seu sangue ferver quando ele falou isso,mas não sabia, o porque então falou: e quem te perguntou alguma coisa- sai dela e fui  até a biblioteca.

Pov.Simon

Pensamento on

Esquentada essa loira,linda e rebelde.

Pensamento of

Pov.Ramiro 

estava ensaiando para o próximo open e viu uma garota loira linda e perfeita(Yam) que estava do lado dela a Jim que saiu para ir falar com Nina,enquanto guardava seus livros no armário do colégio,e logo que sua amiga ruiva saiu fui até lá e ja comecei a tacar o meu charme e falei

Ramiro-oie gatinha!tudo bem! Meu nome é Ramiro.

Yam- e quem pediu sua opinião seu playboyzinho de quinta seu retardado. Agora vaza daqui seu playboyzinho de quinta.

Ramiro- que eu saiba aqui é público e fico na onde eu quiser pois você não manda em mim garota.

Yam- e quem pediu sua opinião que não vale nada seu playboyzinho de quinta e se você quer saber se você não  sai eu saio- ela fechou  o armário e saiu me deixando no vácuo total.

Pov.Jim

Estão subindo a escada  e trombo com um garoto,quer dizer ele que me parou e disse:

Nico- você é muito linda sabia?

Jim- sério! E alguem pediu sua opinião menino chato! E também não preciso do seus elogios seu demente.agora sai que preciso passar.

Nico- claro que você vai passar depois disso - ele a beija,mas ela não corresponde e quando acaba o beijo ela da um tapa na sua cara e uma garota qualquer que passaporte ali que está tomando suco ela pega da mão dela e joga em Nico - e sai dali zangada 

Jasmin- passa e grava a cena e coloca em seu cana o fab and chiq. E Nico corre atrás da garota. Que corre desesperada

Na lanchonete do black 

Pov. delfi

Delfi conversando com Pedro

Delf- você viu essa garota nova dela não sou metidanão fui com a caras delas nem um pouco. 

Pedro-cada um temo seu jeito éonde fala dela viu eu quero ver falar com vocêcom quem você vai no open se você não tiver ninguém você quer ir comigo!

Delfi - Ai meu Deus!esqueci completamente do open e não tenho um par.

Pedro- agora tem!-diz sorrindo a ela que retribui o sorriso.

Continua...


 



Notas Finais


Pronto finalmente terminei o capitulo 2
Será que Âmbar sentiu ciumes?, e que meninas também os meninos tentando ser gentil e elas dano patada,será que é paixão? Bom veremos então continue lendo pra saber o que vai acontecer.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...