História Geist, Licht, Dunkelheit, Natur - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Personagens Originais
Tags Ayato, Beatrix, Christa, Cordelia, Diabolik Lovers, Drama, Espíritos, Kanato, Karl, Laito, Reiji, Revelaçoes, Romance, Shuu, Subaru, Terror
Exibições 38
Palavras 1.202
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yo minna-san!
Gomen a demora em atualizar a fic.
Ando ocupada com a minha viagem escolar, além das lições e milhares de outras coisas para organizar.
Espero que gostem.
Boa leitura e.e

Capítulo 8 - De Volta ao Passado


Capítulo 8

   Narradora Pov’s

  Finalmente o dia do baile chega. Todos na casa tiveram que ajuda na organização, já que mesmo Karl dizendo que eles não precisariam se preocupar com nada, sobrou para os vampiros e as humanas ajeitarem o resto da decoração e o “cardápio” da festa.

  - Nyah! Estou morta de cansaço! – Victory diz enquanto Stella faz alguns alongamentos para passar a dormência no corpo.

  - Vocês fizeram um bom trabalho. – Reiji diz, ajeitando seu óculos.

  - Ele nos elogiou? – Victory abre a boca em um perfeito “O” – O APOCALIPSE ESTÁ PRÓXIMO!

  - Putz. – A humana mais nova começa a rir, enquanto uma veia salta na testa de Reiji.

  - Espero que as duas saibam dançar valsa e outras danças clássicas. Caso contrário iram passar vergonha e nos envergonhar. – O de óculos volta ao seu normal.

  - Não sei como minha irmã te atura. – Responde a mais alta perplexa.

  Enquanto o horário da festa não se aproxima, Reiji, Stella e Ruki cuidam do cardápio enquanto Victory, Kou, Azusa, Subaru e Yuma cuidam das decorações, Ayato, Laito, Kanato cuidam da lista de convidados que irão comparecer. Após as garotas terem terminado as partes que ficaram encarregadas, voltam para seus quartos com a intenção de se prepararem com calma.

  Victory coloca um vestido longo de época na cor creme e com luvas cumpridas na mesma cor e tecido, deixa seus cabelos soltos levemente encaracolados, usando uma sombra mais escura e um gloss. Stella coloca um vestido longo de época na cor preta com pequenos detalhes em branco, coloca luvas curtas de renda preta, prende seu cabelo em um coque mais “cheio” com alguns fios caídos para dar um charme, usa uma sombra clara e um gloss quase inexistentes.

  Depois de terminarem a arrumação, as duas irmãs descem para o salão de festas para esperarem o começo da festa. Os vampiros vão para seus quartos e descem com roupas de estilo antigo também.

   Quebra de Tempo: Começo da festa...

   Stella Pov’s

  Ayato me impede de sair de seu lado, dizendo que teria sua comida roubada por outros como ele. Odeio ser comparada a um alimento...

  - Precisamos mesmo disso? Eu sei me cuidar! Já passei por situações muito piores do que uma festa cheia de vampiros sanguinários. – Brinco com o acontecimento.

  - Infelizmente tenho que concordar com ele. Não sei que motivos você tem pra acreditar que pode se defender de vampiros muito mais fortes que um humano comum, mas não seria prudente você sair de perto. – Reiji diz, enquanto me lança um olhar sério.

  - Não queremos perder nossa comida. – Shuu responde sem interesse, fazendo uma veia saltar na minha testa.

  - Eu posso estrangular ele? Só um pouquinho. – Digo olhando pro Reiji, que apenas sorri de canto se divertindo.

  - Em outra ocasião seria o primeiro a concordar com a sua ideia, mas no momento estamos com convidados e algum deles poderia ver a cena. Mais tarde poderá fazer isso, certo?

  - Você é pior que a minha irmã. – Victory responde de boa aberta, espantada.

  - Infelizmente o mesmo vale para você, Bitch-chan. É melhor que fique do nosso lado se não quiser morrer por falta de sangue no corpo. – Laito sorri fingindo ser amigável.

  - Incrível como ele consegue fingir tão bem. – Respondo surpresa.

  - Essa história de Bitch-chan de novo?! Já disse que não gosto desse apelido, tenta inventar outro ou sei lá, caramba! – Minha irmã está com as bochechas extremamente vermelha por causa da raiva.

  - Kawaii. – Kou aperta as bochechas dela, a deixando mais irritada que antes.

   Victory Pov’s

  Por causa dos contatos da família dos garotos, somos obrigadas a também cumprimentar uma grande quantidade de vampiros e vampiras pertencentes a esse circulo social deles.

  - Não lembro do nome nem da metade. – Stella cochicha pra mim, me fazendo rir.

  - Somos duas então.

  A festa continua calma e sem nenhuma confusão, até que dois vampiros de aparência mais velha que os garotos param em nossa frente nos olhando como se achassem algo interessante.

  - O que fazem aqui? – Yuma é o primeiro a se pronunciar, ficando irritado.

  - Are are, fomos convidados por Karl assim como todos aqui. Apenas não esperávamos que já teriam uma noiva de sacrifício tão rápido, ainda mais duas delas. – O de óculos diz, sem deixar de me olhar.

  - Aquele Cara não deve saber a definição de incômodo. – Subaru responde bravo, prestes a socar a parede do lado.

  - Fiquem tranquilos, não iremos roubá-las de vocês. Viemos apenas pela festa. – O mesmo cara de óculos sorri – Foi bom conversar com vocês, adeus.

  Os dois somem, deixando eu e Stella sem entender o que acabou de acontecer. Os garotos continuam sérios mesmo depois da dupla ter ido em borá, fazendo com que nós duas não falemos nada para não piorar ainda mais a situação.

  De repente um grande estrondo é ouvido por todos nós e os convidados, fazendo com que os vampiros presentes no local ficassem preparados para atacar. Após a poeira abaixar, vejo Weddy no meio do salão de festas, sorrindo para mim e minha irmã de forma irônica.

  - Só pode estar de brincadeira. – Falamos ao mesmo tempo.

  - Ha ha há! Quem diria que as duas irmãs indomáveis estivessem presas em uma casa cheia de vampiros e obedecendo as ordens deles! – Weddy gargalha sombriamente.

  - Quem é ela? – Kanato pergunta confuso, sem tirar o olhar de psicopata.

  - Sou Weddy, querido. A maior e imbatível maga do mundo. – Ela começa a ter complexo de superioridade como sempre.

  - Não me faça rir. A única coisa que você é imbatível é em ser idiota e irritante. – Stella diz sarcástica.

  - Se eu fosse você não diria algo assim para mim, queria Stella. Lembra que eu disse que iria encontrar uma maneira de derrotar vocês? Pois bem, eu encontrei.

  Vejo um cara loiro de olhos claros aparecer ao lado de Weddy, em seguida mais homens aparecem ao lado deles, todos vestindo armaduras negras e com olhares maléficos. Não pode ser!

  - A quanto tempo, Luazinha. – Ele sorri abertamente para minha irmã.

  - Como você conseguiu escapar da Prisão Lunar, Strauss?!

  - Você já nos prendeu a muito tempo atrás, uma hora isso acabaria acontecendo. Parece que ter morrido para nos impedir não surtiu muito efeito não é mesmo? – O grupo de homens começa a rir.

  - Não se engane, pois eu apenas morri para lhe prender porque não tinha coragem de lhe matar. As coisas mudaram, eu já não sinto mais nada por você. Dessa vez nenhum de vocês será preso, irão morrer. – Wow, nunca tinha visto ela falar assim.

  - É o que veremos. Irei dar alguns dias para que você e seus aliados possam se preparar, depois do prazo nos encontre naquele lugar. Essa será a batalha final.

  Os homens e Weddy somem em uma nuvem de fumaça, deixando os convidados sem entenderem o que acabou de acontecer. Reiji e Ruki se apressam em pedir desculpas e dizer que a festa acabou, fazendo os convidados irem em borá. Assim não resta mais nenhum vampiro desconhecido, apenas nós duas e os dez vampiros.

  - O que foi tudo isso? – Azusa.

  - Coisas do passado de nós duas não resolvidas.

   Continua...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...