História Gelobo X Doggo - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Doggo, Frisk, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne
Tags Bishounen, Comedia, Ficção, Furry, Hentai, Romance, Shonen-ai, Undertale, Universo Alternativo, Yaoi
Exibições 53
Palavras 871
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Caralho, que tenso O_O

Capítulo 16 - Halloween (Parte 2)


Fanfic / Fanfiction Gelobo X Doggo - Capítulo 16 - Halloween (Parte 2)

                                                                  P.O.V.: Doggo

 A festa foi ótima. Uns 75% de todo mundo era monstros. Teve várias bebidas, e jogos estranhos. O edifício era que nem o daquela convenção, mas sem furrys (exceto Ivan, Lorena e os amigos do Ivan, eles também tavam lá). Uma hora o Napstablook chegou e começou a ser o DJ. Eu não era fã de música eletrônica, mas depois do drop de seu drumstep, não tinha como não ficar parado, então eu e Gelobo começamos a dançar. Não DANÇAAAAAR DANÇAR, a gente estava apenas pulando com os braços pra cima assim como todo mundo. Acho que aquilo animou bastante o Blooky, ele sempre anda depressivo depois do Mettaton virar dono de um show.
 E também tinha uma coisa especial lá na mansão. Tinha um porão com vários animatrônicos pra te assustar. Disseram que é referência de um jogo. Cinco Noites no alguma coisa. E que só os corajosos mesmos iam, por que o Dom desmaiou ! E como eu sou uma bixinha com qualquer coisa de terror, eu fui... Mas o Gelobo foi comigo. Era 5 noites, cada noite é 6 minutos. Estávamos numa sala de vigia, com um tablet com visão de câmeras.

  Doggo: Num é tão assustador assim, já se passaram 2 minu... – Olha pra câmera. – Gelobo...

  Gelobo: Hm ?

  Doggo: A PORRA DO COELHO NÃO ESTÁ MAIS NO PALCO !

  Gelobo: Comassim ? Onde tá ?

  Doggo: Dexo ver aqui ELE ESTÁ NO CORREDOR A ESQUERDA ! – Gelobo foi olhar pela porta.

  Gelobo: AI MEU TOBY ! *fecha a porta*

  Doggo: NÃO FECHA A PORRA DA PORTA ! VAI GASTAR ENERGIA !

  Gelobo: VAMOS MORRER SE DEIXARMOS A PORTA ABERTA !

  Doggo: Pera... ouviu isso ?

  Animatrônico: HIR HIR... HIR HIR HIR

  Doggo: Eu não quero mais ! *Abraça Gelobo* Vamos perder !

  Gelobo: Não, não vamos. Vê se o pato se foi.

 Bolamos estratégia malucas, mas perdemos na 2ª noite por causa de um pato maldito. A gente voltou pra festa.

  Lorena: Então, como é ?

  Doggo: Quase tive um treco.

  Gelobo: Foi muito difícil.

  Lorena: Tem uns caras dizendo que atrás da mansão tem uma cova que é de verdade ! E que a meia-noite dá pra ver o espírito dele subindo ! Vamos lá ver ? É 11:48.

  Doggo: Porque não ? – eu estava gritando internamente: “EU QUERO IR NÃO ! EU QUERO IR NÃO !”. Nós chegamos lá e era um jardim de trás grande, apenas com uma cova no meio. Nós todos (meio que metade de todo mundo da festa) ficamos em frente a cova. O meu relógio deu 11:59, eu fiquei agarrado no Gelobo. Naquela hora, nem Toby, nem Deus existia. Até que deu meia-noite. Deu para ouvir o sino da igreja tocar. Quando o sino parou e estava silêncio total, ouvimos um sussurro longe atrás de todos nós.

  ???: corram.

 Nós olhamos para trás e vimos uma silhueta de alguma coisa grande, um pouco maior que o Gelobo, com uma capa grande, dava pra ver seus olhos vermelhos brilhando no meio da escuridão olhando diretamente para nós, eu senti um arrepio gigante, até que depois de alguns segundos parado ele começou a correr até nós !

  Todo mundo: CORRAAAAAAAAAAAAM !!!! – Nós corremos desesperadamente ! Nós nos escondemos dentro da casa, e avisamos todos que não presenciou. A maioria acreditou, alguns pensaram que estávamos tentando assustá-los. Até que as portas fecharam sozinhas e se trancaram, mas não foi lentamente não ! Foi VIOLENTAMENTE, como se um fantasma com com ataque de ansiedade tivesse fechado ! Antes mesmo de eu perceber, eu estava nos braços do Gelobo.

  Doggo: Eai.

  Gelobo: Eai.

 As luzes todas apagaram e senti um frio na espinha. Não dava pra enxergar absolutamente nada.

  Doggo: Masoq que tá acontecendo ?

  Gelobo: Gelobo não sabe, mas Gelobo não gosta. – Até que algumas pessoas ligaram o modo lanterna do celular, eu e Gelobo também. Até que percebemos que metade das pessoas sumiram incluindo a Lorena !

  Ivan: L-Lorena ? ONDE VOCÊ ESTÁ ? – Ivan ficou preocupado. Ele olhou sala por sala, e ela estava em nenhum lugar ! Até que a gente ouviu um barulho estranho vindo do bar, que é em outra sala. Parecia uma descarga com AVC. E ninguém estava lá ! Tivemos uma votação pra ver quem ia ver oque era e... eu fui ver. Quando eu ia abrir a porta, dava pra ouvir grandes passos. No chão, aí no teto, aí no chão, aí na parede... O Gelobo me observava na porta. Eu estava suando muito. Até que criei coragem e abri a porta. E era a torneira ligada dentro do bar que fazia barulho. Eu fechei por que né. ECONOMIZAÇÃO. Quando eu olhei para trás, a mesma sombra que vimos antes apareceu do nada bem atrás de mim. E aquilo sussurrou pra mim com sua voz calma.

  ???: você cometeu um erro ao vir aqui...

  Gelobo: CUIDADO ! – A sombra veio até mim e me cobriu com sua capa, meu celular caiu, então eu não via completamente nada. Eu decidi gritar.

  Doggo: ALGUÉM ME... - A sombra tapou a minha boca com sua mão.

  ???: shhhh...

 Ele agilmente estava me levando pra algum lugar comigo em seu braço. Eu pensei: “É... morri... adeus”

                                                                Continua...>:)


Notas Finais


Por favor, comente oque achou desse capítulo porque me motiva demais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...