História Gêmeas Evans - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Avery (Marauder-era), Charlus Potter, Dorea Black, Euphemia Potter, Fleamont Potter, Lílian Evans, Lucius Malfoy, Marlene Mckinnon, Minerva Mcgonagall, Narcissa Black Malfoy, Órion Black, Petunia Dursley, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Rabastan Lestrange, Regulus Black, Remo Lupin, Rodolfo Lestrange, Rolanda Hooch, Rúbeo Hagrid, Severo Snape, Sirius Black, Tiago Potter, Valter Dursley, Walburga Black
Visualizações 62
Palavras 1.305
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá pessoal! Saibam que eu fico muito feliz com os comentários de vocês... Desculpem a demora mas como expliquei antes as provas estão me consumindo de maneira brutal! KKKKKKKKK
Nesse capítulo vai ser um presentinho para vocês conhecerem mais da personalidade de Amber e espero que se divirtam! Não abordei tanto os Marotos nesse capítulo mas espero que gostem... Sugestões são bem vindas!💙

Capítulo 10 - Capítulo 10- Abra essa porta


P.O.V Ambrose Evans

O retorno á Hogwarts foi extremamente entediante. Mesmo com todas as conversas e histórias sobre nossas férias eu estava exausta e nem um pouquinho feliz de estar de volta, devido ao fato de que em casa eu não tinha que passar horas estudando e nem tinha que ficar me preocupando em ganhar pontos para a minha casa e as detenções que eu tinha que cumprir.

Durante o caminho eu me dividi entre dormir e conversar um pouco com meus amigos. Eu precisava parar de estar tão anti social com eles. Mas eu não conseguia me sentir mais confortável em alguns momentos. Claramente eu não fazia idéia do que estava acontecendo.

Outro fato importante que aconteceu nas férias foi a declaração de Petunia contra Lily e a mim. Não poderia estar mais triste com minha irmã do que isso, e estava me corroendo não poder conversar com ninguém sobre isso. Claro que eu tinha Lily a todo instante comigo mas eu precisava desabafar com alguém.

Flashback On:

"Estávamos de volta em casa após passar o Ano Novo com os Potter's e não poderíamos estar mais felizes devido os bons momentos que passamos lá. Mas nossa irmã não estava radiante quanto nós duas.

-Então se divertiram na casa das aberrações - disse Petunia de maneira maldosa.

-Pare de falar bobagens Tunia- pedi me jogando no sofá - não estou com cabeça para aturar suas brincadeirinhas.

-Você se engana se acha que são brincadeiras! Eu não suporto mais o fato de que vocês são privilegiadas por serem essas anormalidades e ainda por cima recebem autorização para fazerem o que pensa quiserem!- gritou ela em plenos pulmões.

-O que você quer dizer com isso?- perguntou Lily no seu tom de voz calmo e pacífico.

-Ora essa! Não se façam de sonsa! Vocês sabem muito bem que nossos pais nunca me deixaram sair com meus amigos no Ano Novo e vocês que apenas tem 11 anos foram passar na casa dos anormais!- disse ela gritando novamente.

-Provavelmente eles não deixam você sair devido as suas amizades - falei frizando bem a palavra amizade. Petunia não andava com pessoas muito corretas.

-Como ousa falar assim dos meus amigos?!- disse ela levantando a mão para me bater mas Lily segurou a mesma.

-Da mesma maneira que você está falando dos meus - falei me levantando - pare de provocar intrigas Petunia! Você já vai completar 15 anos, pare de importunar nós duas com seus futilidades e viva a sua vida! Nós somos irmãs mais novas, você deveria dar o exemplo para nós duas. Mas ao invés disso você não passa de uma girafa acéfala!

-Pare Amber - disse Lily já sem saber quem segurava. Eu estava centímetros do rosto de Petunia.

-Eu não pedi para ter irmãs Ambrose! Nunca quis! E ainda por cima vocês duas nascem com esses...essas coisas! Duas aberrações! Eu odeio vocês - disse ela saindo da sala de estar batendo a porta do seu quarto. Poderia dizer que quase quebrou a mesma.

-Eu vou matar ela!- gritei correndo até a porta da mesma e esmurrando - abra já essa merda Petunia! Não queria me bater? Então venha aqui.

Não faço idéia de onde surgiu essa coragem excessiva mas estava adorando essa onda. Como Petunia pode dizer coisas tão ridículas assim para nós duas?! Que absurdo! Sorte dela que mamãe não estava em casa.

-Vai quebrar a porta desse jeito Ambrose - disse Lily me puxando.

-Eu vou quebrar é Petunia ao meio, ela nos chamou de coisas horríveis! Como você está com isso tudo?- perguntei parando de chutar a porta de madeira.

-Péssima, mas não vamos falar mais disso. Vamos nos encontrar com Severo, ele saberá o que fazer...- disse Lily me fornecendo a mão.

-Tudo bem, preciso me distrair - falei aceitando a mão de bom grado."

Flashback off

Minha reação com Petunia sempre foi desastrosa, não tanto quanto ela e Lílian mas era terrível. Não esperava isso dela, mesmo que após diversas vezes brigamos pelos motivos mais imbecis desse mundo. Eu amava minha irmã e não conseguia até hoje digerir as palavras venenosas dela contra mim. Acredito que entrei em um estado: quase depressão com isso. Me afastei bastante das relações familiares, porque eu não conseguia ficar mais de 10 minutos no carro com Petunia sem ficar com muita raiva e uma vontade absurda de matar ela (brincadeira).

Alguns apontamentos sobre a festa de Ano Novo dos Potter's:

Lily estava mais amigável com James, mas eu não estava muito confiante nisso já que ele é imprevisível;

Frank e Alice são meu shipper e ninguém pode me dizer o contrário;

Marlene é muito sem vergonha e está dando em cima de Sirius ( que está retribuindo isso de corpo e alma). Não que eu esteja com ciúmes é claro;

Remo estava bastante feliz, parecia outra pessoa do que vemos nas aulas;

Peter estava mais sociável;

Os pais de James são incrivelmente maravilhosos, não sei como surgiu aquele cabeçudo;

Já estávamos na época de provas e avaliações, devo dizer que Lily estava insuportável! Passava horas na biblioteca e até mesmo para comer era difícil de fazê-la enfiar a comida pela garganta. Não sei quantas vezes já presenciei ela tendo pequenos desmaios o que nos rendeu uma pequena discussão.

Flashback On:

"Estava com Remo indo em direção á biblioteca estudar para História da Magia quando encontro Lílian no corredor tentando se equilibrar na parede.

-Lily!- gritei correndo na direção dela a ajudando a se segurar.

-Eu estou meio tonta Amber - disse ela se segurando em mim.

-Venha me ajudar Lupin- pedi colocando Lílian sentada num dos bancos. Enquanto eu colocava Lily com cuidado, Remo tirava uma barra de chocolate do bolso e entregava para ela.

-Como isso, vai se sentir melhor - disse ele dando um pequeno sorriso.

-Obrigada Remo - disse ela mordendo o chocolate.

-Você está terrível Lílian- falei para a mesma - olha suas roupas, você está tão magra quanto um esqueleto.

-Pare de falar bobagens - disse ela - eu estou bem.

-E eu me chamo Clodoaldo - falei num sarcasmo absurdo.

-Ridícula - sussurrou ela - eu estou bem Ambrose, fique tranquila.

-Você não está bem mesmo querida irmã, nem nos almoços que você tanto gosta está indo - falei - eu entendo que você queira estar estudando mas dê uma pausa para se alimentar também.

-Cuide de sua vida - disse ela desvencilhando do meu abraço e se levantando. A Lílian Evans amarga está de volta senhoras e senhores.

-Parabéns Lílian - falei ignorando seu comentário e arrastando ela até a cozinha.

-Eu preciso voltar a estudar, sabe o tamanho do conteúdo de Poções?!- disse ela tentando retornar para a biblioteca, mas Remo a impediu.

-Vamos comer alguma coisa primeiro Lílian, eu sei que está preocupada com as notas mas vamos comer alguma coisa primeiro, prometo que será rápido - disse ele a acalmando. Remo tinha esse talento, conseguia dizer o que mais precisamos escutar nas melhores horas.

-Tudo bem, mas vamos rápido - disse ela concordando."

Flashback Off

Por falar nas notas, eu não poderia estar melhor. As provas do final do ano letivo foram bem tranquilas e graças a Lily que nos fez estudar bem antes. Devo admitir que por mais que tivemos problemas em relação a sua alimentação Lily tirou as melhores notas entre os primeiranistas, atraindo atenção de vários professores. Principalmente McGonagal. Eu não obtive resultados tão altos quantos o da Ruiva, mas minhas notas não ficaram para trás. Nosso grupo de amigos tirou excelentes notas, os meninos se destacaram bastante em Transfiguração (o que deixou Minerva muito feliz) e Defesa Contra as Artes das Trevas em disparada Remo foi brilhante! Conseguiu uma nota maior nesta matéria do que minha irmã. Em relação às minhas notas eu obtive notas muito altas em DCAT, História da Magia (uma surpresa), Transfiguração e Poções. São matérias fantásticas, mas eu não possuía muito talento com Feitiços um absurdo segundo Lily.

O primeiro ano em Hogwarts foi sem dúvidas um excelente ano. Pude descobrir coisas fantásticas e aprendi tanto com os professores... Estou ansiosa para os próximos anos!







 


Notas Finais


Esse foi o fim do 1° ano em Hogwarts, espero que tenham gostado dessa primeira etapa da fanfic. Eu meio que corri nos acontecimentos, como por exemplo eu pulei o aniversário delas, o aniversário de Sirius....
Vários fatos.
Então vamos iniciar agora o 2° ano. Vai ser mais corrido pois eu não tenho ideia do que colocar no 2°ano, fora os jogos de Quadribol...

Beijus!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...