História Gemeas Winchester - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bobby Singer, Castiel, Dean Winchester, Personagens Originais, Sam Winchester
Tags Família, Gemêas, Revelaçoes, Sobrenatural, Spanking
Visualizações 48
Palavras 543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ehhhh mais essa pra vcs! Espero que gostem!

Capítulo 3 - Pai e filha, frente a frente


Dean olhava para mim, a tal sabichona que o cortou, por uma razão que não sabia definir, senti uma forte ligação especial com ele.

Você é o que? Uma prodígio?!_ perguntou ironicamente.

Apenas sei sobre certas criaturas, o que você falou se encaixa!_ disse a para ele sem ser rude.

Qual é o seu nome mocinha?_ Sam quis saber.

Eu só sei que meu nome é Violet, mas carrego o sobrenome Flacher!_ respondi educadamente.
Flacher?! Elsa Flacher?_ dispara Dean.
Ela mesma, é a mulher que me criou! Fui deixada na porta dela!_ informei.

Então você seria uma órfã?_ pergunta Sam.
Pode ser, talvez!_ disse sem mostrar abalo.


Bem, devemos ir! E mocinha...na próxima vez não corte quando alguém estiver falando!_ disse Dean como quem dá uma represália.
Sim senhor!_ falei batendo continência arrancando risadas dos rapazes.

Foi bom te conhecer Violet, espero que possamos nos ver mais vezes!_ disse Sam pegando a minha mão direita e a beijando.

Ficaria encantada se isso acontecer!_ assegurei.

Até  a próxima,senhorita Violet!_ Dean se despediu me dando um aperto de mão.

Aaah_ Senti uma coisa estranha quando o toquei, como se uma fraca corrente elétrica passasse pelo meu corpo até chegar no coração, fiquei olhando a minha mão e ele fez o mesmo. Ele olhou para mim.
Podemos sim nos ver mais vezes! A vida é cheia de surpresas!_ Dean falou meio sorridente para mim, aliás era um sorriso tão bonito.

Claro!_ respondi sentindo meu rosto esquentar, Imagino que estar vermelho, devo ter ficado um pouco acanhada pelo modo que ele me avaliava com os olhos.

Você me parece uma boa menina! Continue assim!_ ele passou a mão na minha cabeça, foi um toque tão singelo e confortante, era como se fosse meu pai me tocando, dizendo que estava feliz por mim, mas sei que não pode ser, eu não tenho pai, se dissesse que não queria saber seria mentira, no entanto eu nunca falo disso com a mamãe, não quero magoa-la. Essa mulher incrível e extraordinária tem cuidado tanto de mim. Machuca-la estava fora de questão. 


Tchau! Boa sorte com o caso!_ acenei.
Toma, meu número, me liga se precisar!_ Dean me passou o cartão.

Obrigada!_ agradeci.
E os vi partir. Espero que tudo dê certo nesse caso deles, ainda sinto que coisas vão me acontecer hoje. As vezes esses pré sentimentos me assustam, já me toquei que não sou uma garota normal.

 

 

 

No carro...

Não parava de pensar naquela jovem, desde que escutei sua voz me cortando, aliás eu detesto isso, senti que ela era alguém especial, não um especial de boas habilidades, era especial para mim. Como pode isso? Mal a conheço. Mas já se tornou uma protegida minha.

 

Gostou daquela criança ne?! _ Sam me pergunta.

 

Ela é... especial!_ disse.

 

Gostei dela também, você vai achar loucura mas eu me senti um tio babão lá!_ Sam me informa.

 

Eu senti que eu devo protege-la! Mais do que as vítimas que encontramos_ falei.

 

E você não costuma ter empatia dessa forma!_ recordou meu irmão.

 

Violet é diferente! Não sei explicar! Quando ela disse que poderia ser órfã eu tive vontade de dizer,  estou aqui!_ disse tentando entender aquela zoada toda.

 

Continuamos andando de carro, procurando um ponto de referência de onde começar  a investigação.

 


Notas Finais


E aí? Gostaram desse encontro em família?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...