História Gêmeos entre Vampiros - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Gravidez, Hentai, Hukine, Luta, Mukamis, Sakamakis, Satani, Tsukinamis, Violencia
Visualizações 10
Palavras 1.473
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem , por só postar agora ... Mas como já disse eu tô cheia de problemas e muito ocupada .

Mas hoje eu trago mais um capítulo ... Espero que gostem .

Capítulo 4 - Brigas , truturas e Teddy limpinho .



- QUE PENSA QUE ESTA A FAZER - disse irritado .

- Huki m..me a..ju..da - disse com uma voz fraca .

- Seu filha da puta , saia de cima de minha irmãzinha .

- Não te metas no que não é chamado seu verme inútil . disse ele olhando para mim.

- Vamos ver quem é o verme inútil seu sansuga . - disse saltando para cima dele e dou-lhe um chute que o derruba contra a parede , antes mesmo dele se levantar eu já estava em sua frente , me agacho pondo minhas pernas entre sua cintura e começo a socarlhe a cara , até que ele agarra meu braço e troca de possisões me dando um soco na minha cara , e quando ia me dar o segundo soco , Satani lhe dá um soco na cara o fazendo sair de cima de mim.

- Huki estas bem . - disse choramingando enquanto me abraçava .

- Estou bem minha pequena , quase não doeu nada - disse para a acalmar .

- Mas , estas a sangrar .- disse me abraçando mais forte .

- Não te preocupes comigo , isto não é nada , mas sim contigo mesma , ele te magoou . - disse pondo as minhas mãos em sua cara , fazendo ela me olhar .

- Sim um pouco , mas a culpa também foi minha dele ter me mordido .- disse olhando para suas mãos .

- Como assim , eu não entendo o porquê de ele ter feito isto . - disse pondo minha mão no seu queixo e levantando sua cara .

- Quando estava na cozinha , vi uma taça de doces aí me lembrei daquelas vadias , então peguei na taça e vim para aqui comer , mas eu juro que se soubesse que eles eram do Shu eu não os tinha comido .

- há .... há ... Este dia não pode piorar , primeiro tenho que dividir a casa com vermes , depois um deles come o que me pertence , o que mais me falta acontecer . - disse Shu se levantando e limpando a sua boca .

- Eu já disse que não sabia que eles eram teus porra . - disse minha irmã se levantando gritando , e como esperado aparece o resto da cambada para ver o que tava acontecendo.

- Que porra está acontecendo aqui .- disse Ayato passando pela porta junto dos outros .

- Ayato tem razão , podem dizer o que está a acontecer aqui .- disse Kanato ajeitando seus óculos .

- O que aconteceu , foi que o bastrado do vosso irmão , mordeu minha irmã .- disse pondo a mão no ombro da Satani .

- E então , estão fazendo tanto barulho SÓ por causa disso . - disse Laito olhando para nós .

- Ah ... Só podes estar a gozar com a minha cara , eu e minha irmã não viemos para esta casa para ser alimento de vocês . - disse me ensaltando .

- Mas foi por esse mesmo motivo de vocês virem morar cá . - disse Subaru .

- Porra , minha cara doi - disse Shu , pondo sua mão na cara .

- E devia doer mais , para aprender a não me tocar Shu .- disse minha irmã sarcástica olhando para o Shu .

- E tu devias para de comer as coisas que não são tuas . - disse Shu .

- Ah ... Eu já disse que não ....

- Mesmo não sabendo que eram meus , não tinhas que tocar nas coisas que estão quetas . - disse Shu , e bem eu tenho que concordar com ele , mesmo não querendo .

- .... - minha irmã não sabia mais o que responder , pois sabia que ele estava certo de alguma forma .

- Cala a porra dessa boca desgraçado , mesmo concordando contigo não tinhas nada que a morder .

- Só pequei no que me pertence . - disse ele sorrindo sinicamente .

- No que te pertence o caralho .

- Calem a boca os dois emediatamente , Satani bem para o meu quarto comigo AGORA . - disse Kanato irritado .

- Eu não vou ficar contigo sozinha , nem pensar . - disse minha irmã corzando os braços .

- Não estou pedindo e sim ordenando . - disse ele .

- E se eu não for . - disse ela sorrindo .

- Tu vais bem que te tenha que te arrastar pelos cabelos .

- Satani vai com ele . - disse , para não aver mais problemas .

- Mas , e se ele me fizer alguma coisa estranha comigo . - disse ela revoltada .

- Se estas preocupada com isso , podes ficar descansada , porque eu já estou comprometido .

- E agora queres que eu acredite , sério quem ia ser o louco o bastante para ficar com um psicopata . - disse ela não acreditando nele , se bem que eu não estou a ver a pessoa que ficaria com ele .

- O travesti da vossa truma é o sofeciente louco . - disse Reiji rindo .

- Tens razão , ainda me lembro bem daquela noi....

- Calem a boca , seus intrometidos e não falem de coisas desnecessárias .- disse Kanato virando para eles .

- Chato . - disse Subaru e Reiji juntos.

- Modando de assunto , Satani bem comigo . - disse Kanato virando para minha irmã e saindo da sala.

- tá , já tô indo .- disse Satani indo com ele.

Huki of ~

Satani on~

Mas o que raio ele quer comigo . Merda ainda me dói o meu pescoço , " ele podia ser pelo menos ser gentil " , o que eu ando pensando devo ser louca não tem como ele ser gentil depois de lhe ter lhe comido os seus doces .

- Entra e senta no chão .- disse ele entrando no seu quarto .

- Sentar no chão , não sou cão nenhum .- disse entrando no seu quarto indignada .

- No teu caso é cadela , e eu não quero saber das tuas opiniões , senta e calate . - disse ele irritado .

Bem acabei o irritando ele , depois de tudo eu cá estou sentada no chão frio , probe de mim . Fui acordado dos meus pensamentos , com ele me dando algumas folhas a dizer que eu devia respeitar tudinho que estava lá escrito , " nem que morra que eu vou comprir está merda de regras ".

- Entendeste tudo , agora sai do meu quarto .

- Nem morta , vou obedecer as tuas ordens .- disse me levantando .

- Não tens queres , vais obedecer tudo que está escrito nessa merda de lista e nem reclames . - disse ele apontando com o dedo na minha direção .

- Sério , a única coisa que eu faço a este papéis é isto .- disse rasgando em pedaços bem pequenos , para que nem o Judas ler está merda .

- Desgraçada , tu vais limpar isso .- disse irritado .

- Me obrigue .- disse o desafiando .

- Melhor não testar minha paciência .

- Oh ... Me desculpa Senhor Kanato - dei um tempo depois de dizer isso - era isso que querias ouvir , nem que Judas apareça eu dizia isso , ainda tenho meu orgulho .

- Enfia o teu orgulho no rabo do Judas . - disse ele mais irritado .

- Vai má se ver se eu estou lá fora .- disse saindo do quarto dele irritada , " quem ele pensa que é para me tratar assim , só pode ser brincadeira , nem o meu irmão mais velho me trata assim " , fui para a cozinha beber água para me acalmar , que vi um certo urso em cima da mesa.

- Kanato deixou seu bonequinho aqui .- disse pegando nele e o pondo no balcão - deves te sentir solitário aqui sozinho , eu vou cuidar bem de você do jeito que merece .

Fui até a geladeira , peguei no suco de laranja e fui em direção ao urso do Kanato e jogo o sumo todo em cima dele , comecei a rir feita uma psicopata , e peguei no urso e o joguei na banca de lavar , "vê se o Kanato lhe dá uma ducha".

Satani of~

Kanato on~

Depois daquela pirralha sair do meu quarto , pensei ir atrás dela e partir aquele rostinho todo , mas era melhor não , vou dar um tempo a ela até aprender a respeitar todos.

Desci as escadas em direção a cozinha porque deixei , o meu Teddy lá para ir ver o que tinha acontecido , escutei uns rissos , e me aproximei da porta e vi aquela desgraçada a votar alguma coisa estranha no MEU Teddy .

- Desgraçada o que estás a fazer com o meu Teddy .


Notas Finais


Gostaram , se gostaram comentem o que acharam e deixem o vosso gosto .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...