História Gêmeos Gender Bender - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Castiel, Debrah, Nathaniel
Tags Amor Doce, Castiel, Castielly, Gêmeos, Genderbender, Logan, Lyng, Magner, Nathalie, Nathaniel
Exibições 9
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia, Festa, Ficção

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


HEY HEY GENTE

Capítulo 2 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction Gêmeos Gender Bender - Capítulo 2 - Capitulo 2

~POV Lyng ON~

Acordei com o barulho do despertador, fui no banheiro tomei um banho rápido, escovei os dentes e coloquei o uniforme da escola, uma calça social, uma camisa branca, um blazer azul e uma gravata preta, fui para a cozinha e preparei o café, ouço a cadeira da mesa se mexer

Lo: bom dia mané

Eu: bom dia, estou terminando de fazer o café

Lo: já devia ter terminado

Eu: devia me agradecer por fazer a comida

Lo: eu poderia comer numa lanchonete

Eu: eu preparo comidas melhore e... você vai para a escola assim? – ele estava com os cabelos bagunçados, o uniforme amarrotado, os botões do blazer estavam fechados nos lugares errados, estava com cara de sono e não estava cheirando muito bem

Lo: vou, algum problema?

Eu: você está fedendo, pelo menos penteie o cabelo

Lo: eu vou de moto, o capacete iria bagunçar de novo mesmo

Eu: tá bom, mas vamos logo se não se atrasamos

Lo: relaxa cara, que problema poderíamos causar perdendo a primeira aula?!
Eu: eu vou logo, anda, segue meu carro você é capaz de se “perder” de novo

Lo: tá né

Nós saímos e o Logan me seguiu em sua moto, chegamos na escola e fui direto para o grêmio, a poucas semanas tinha ganhado a eleição de turma e represento minha classe, a melhor parte é que minha amiga Nathalie é tipo minha chefe, nos divertimos muito lá

Eu: tenta não se meter em encrenca, não posso aliviar sua barra pra sempre

Lo: relaxa, eu sou um santo

Nós entramos e o Logan foi falar com a Lysandrea, não sei como alguém tão serena aguenta a companhia da dupla de arruaceiros que andam com ela, fui para a sala do grêmio onde Nathalie estava olhando com cara seria para alguns papeis

Eu: pela sua cara a situação é bem ruim

N: nada que não possamos cuidar parceiro

Eu: do que se trata?

N: precisamos bolar um evento que arrecade dinheiro para a escola

Eu: de novo? Por que nós temos que bolar isso?

N: a diretora acha que se deixar os planos com a gente o Perry (Peggy) não vai achar e publicar um artigo

Eu: ele pode demorar pra descobrir que os planos estão com a gente mas se ele conseguir alguma informação vai sobrar pra gente *suspiro*

N: relaxa parceiro, posso esconder os projetos no meu apartamento, o Branco é um ótimo gato de guarda *sorriso sarcástico*

Eu: beleza, temos que trabalhar nisso logo, pra quando é o prazo?

N: ainda não vi, deixa eu ver... AMANHÃ!

Eu: O QUE?

N: foi mal Lyng, não sabia que era tão em cima da hora, deixa que eu resolvo

Eu: besteira, podemos ficar aqui depois da aula que tal?

N: se você não estiver ocupado tudo bem

Eu: tranquilo

N: melhor se apressarmos, a primeira aula já vai começar

Fomos juntos para a primeira aula, o Logan ainda não estava quando o professor entrou, estou surpreso? Não

Eu: só espero que o Logan não mate todas as aulas

N: a Castielly e a Lysandrea não chegaram também, eles sempre fazem isso mas a Lysa não vai deixar eles aprontarem demais

Eu: é o que eu espero

Alguns minutos depois a Lysa entrou na sala sozinha e nada do Logan ou da Castielly

~ POV. Logan ON ~

 Depois que cheguei na escola fui direto falar com a Cassy e a Lysa que estavam juntas no pátio

C: eae mané

L: bom dia Logan

Eu: eae nanica, oi Lysa

C: a Lysa compôs uma música nova quer ouvir?

Eu: na hora

L: a aula já vai começar

C: aah vamos Lysa

Eu: é Lysa por favor

L: só uma vez

C: você é demais Lysa!

Fomos até o porão e me joguei no sofá e a Cassy na poltrona a Lysa foi até o palco e testou o microfone

Eu: comece quando quiser

Ela começou a cantar uma melodia calma e a Cassy logo acompanhou o ritmo com sua guitarra, eu peguei a minha e tocamos juntos, a música acabou

L: estamos atrasados!

C: não faz sentido chegar atrasados, é melhor nem ir mais, concorda Logan?

Eu: certo, ele iria nós olhar com cara feia e dar uma bronca *revira os olhos*

L: eu devo ir, até mais, não matem muitas aulas *sai*

C: não prometo nada

Eu: tá afim de fazer o que agora?

C: comprei umas revistas sobre bandas tá afim?

Eu: tipo aquelas que têm quiz de “que integrante seria seu namorado?”

C: claro que não! É sobre bandas de rock

Eu: beleza, passa uma pra cá – ela jogou uma revista na minha cabeça e começamos a ler alguns artigos

C: hey Logan

Eu: que

C: esse aqui parece você – disse ela com voz de deboche apontando para o cara mais feio que eu já vi

Eu: e esse aqui é seu futuro marido – lhe mostrei a foto de um cara tão feio quanto o que ela me mostrou

C: credo, sai HAHAHAHAHA – ela ria enquanto passava as páginas mas então seu rosto ficou sério e um pouco triste quando parou em uma pagina

Eu: você tá bem?

C: ...

Eu: CASSY!

C: hã? O que? Não me chame assim Magner

Eu: me mostra a revista

C: não tem nada de interessante aqui

Eu: você pode confiar em mim e sabe disso

C: toma – ela virou a revista onde pude ler escrito em vermelho vivo “Banda Stars from Nightmare encerrará sua turnê com show em Ville Sucre”

Eu: ah não... – olhei para a Cassy e ela estava com o braço livre segurando os joelhos um pouco vermelha encarando os pés, aquele idiota do Debreh vai voltar pra cidade – Cassy...

C: não vem com essas palavras de consolo como se o Dragon tivesse morrido, eu vou ficar bem

Eu: palavras de consolo? Você não me conhece mesmo HAHA, eu ia oferecer meus músculos pra dar um soco bem dado naquela fuça caso ele te procurasse – ela deu um leve sorriso, mas não olhou pra mim, é tão estranho vê-la assim, a grande estressada Castielly Collins tão indefesa, eu me aproximo dela e lhe dou um abraço

C: não preciso de sua piedade – ela disse tentando afastar o abraço, mas eu só a puxava mais pra mim

Eu: deixa de ser cabeça dura e aceita logo meu abraço, vai se sentir melhor acredite – ela me abraçou e colocou a cabeça em meu ombro

C: por que ele tem que voltar?

Eu: eu não vou deixar ele encostar um dedo em você

C: obrigada Logan, você é o melhor amigo que eu poderia ter

Eu: isso foi um elogio?

C: não fica animado não seu mané 


Notas Finais


BEIJOS DE PURPURINA AMORES


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...