História Gestos de amizade - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Drama
Visualizações 18
Palavras 350
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


O shipp fica a critério da imaginação de vocês.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Quando eu finalmente toquei os lábios eu senti que havia tocado a alma dele. Posso sinceramente estar exagerando, mas foi assim que eu senti.  Não sei porque eu fiz, quando dei por mim eu já estava nadando no mar das lágrimas salgadas que escorriam de seus olhos meigos. O apertei mais contra mim, eu queria que ele percebessem que longe ou perto eu estaria ali.

Eu considerei um gesto de amizade, tinham muitos valores sentimentais envolvidos, porém eu não me sentiria bem dizendo que fora “Romântico”. Não iria negar que sentia necessidade de toca-lo, de o ver ofegante como ele estava nesse minuto, de te-lo a merce de mim. Eu era controlador, eu sempre fui.

A boca inchada e os olhos marejados me fizeram sentir arrependimento de ter cessado o ósculo.

“confie em mim” sussurrei baixinho em seu ouvido. Dei pequenos selinhos em toda sua bochecha carnuda “Estou aqui”. Ele rodeou os braços pela minha cintura e fungou.

“Obrigada, hyung” falou ainda com a garganta seca e provavelmente dolorida dos gritos agudos de minutos atrás “Eu nunca mais quero ve-lo” não era como se fosse verdade, eu sabia que ele o veria no dia seguinte fingindo não ter gritado, esperniado e chorado feito uma criança. Até ele mesmo sabia.

“Não seja tão duro com ele” eu disse, entretanto me lamentei de ter dito no segundo seguinte. Passei as mãos sobre seus cabelos ouvindo o choro recomeçar, ele soluçava baixinho e respirava forte contra meu peito. Na esperança de sentir a sua dor passar eu ‘acho.

“Eu sou tolo, deveria amar alguém como você, hyung” senti o carinho que fizera, passando os braços por cima do meu ombro e tocando com dedos leves o osso do lado direito. Eu adorava quando ele me demostrava seu afeto, algo difícil quando se tratava dele. “ Continuo querendo dar desculpas para não ter que manda-lo embora, isso não aconteceria entre nós”  me surpreendi. Quando foi que está conversa atingiu um tom romântico? Talvez houvera sido ali que meu peito se aqueceu. Com aquelas palavras ditas da boca pra fora, apenas porque ele estava magoado.  


Notas Finais


Com quem se encaixa para você? Fique a vontade para dar sua opinião


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...