História Get Ready I'm Back - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bullying, Drama, Revelaçoes, Romance
Exibições 56
Palavras 1.236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiiiiii
É, eu falei que ia postar no domingo, mas o bloqueio criativo me atacou com força.
Aproveitem <3

Capítulo 15 - Merry Christmas


      ‘P.O.V. Avery Chase

  Eu nem poderia reclamar. Tinha dito que responderia qualquer pergunta.

  - Assim, eu ainda gosto dele, isso é obvio. Mas estou fazendo de tudo pra esquecer.

  - Avery, esquecer o Logan não vai ser fácil e nem rápido. Nós sabemos o quanto você gostava dele. – Natalie disse, enquanto enchia nossos copos de refrigerante.

  - Eu acho que você não deveria ficar pensando que tem que esquecê-lo. Só deixa acontecer. Uma hora, você nem vai mais se lembrar de nada. – Sophia disse.

  O jogo se estendeu até umas onze da noite. Até que resolvemos fazer maratona de séries. Escolhemos Teen Wolf, já que era uma série que todas assistiam.

 -----

    Acordei por volta das dez da manhã. Nos primeiros três segundos eu nem me lembrava de nada, a única coisa que pensei foi “Esse não é o meu quarto”. Mas então lembrei que era o quarto da Emily, e também era Natal.

  Olhei em volta e todas as meninas estavam acordando.

  - Bom dia – disse – feliz Natal pra vocês.

  - Feliz Natal. – todas disseram.

  Fomos até a sala da casa, onde Emily havia deixado presentes pra todas nós. O que eu ganhei era uma agenda do ano, com fotos nossas coladas.

 -----

    Meus pais ligaram para o meu celular pedindo para que nós voltássemos pra casa, porque iriamos almoçar com a família de um amigo do meu pai.

  Já em casa, minha mãe entrou no meu quarto.

  - Avery, os amigos do seu pai vão chegar daqui à meia hora. Por favor, se arrume ok?

  - Tudo bem – falei, estranhando a situação.

  Minha mãe saiu do quarto e eu fui até onde minhas roupas estavam.

  - Ok... O que eu devo vestir pra um almoço de Natal com a família de um rico pra caramba que no caso é amigo do meu pai? – comentei, ironizando. – Eu devia simplesmente colocar uma calça e meu All Star. Agora, qual deles, o preto ou o vermelho?

  - Avery... Sempre revoltada. – Sophia disse e Harper riu.

  - Ei, eu não sou revoltada. O que se usa pra ir num almoço de Natal?

  - Considerando o frio, até que você podia colocar uma saia. E o All Star. Vai ficar bem fofo.

  - Então ok. – peguei a calça na mala.

  Vesti uma camisa do Superman e a saia preta, simples. Coloquei o All Star preto, e fiquei digamos, aceitável. Fui ajudar as meninas a terminarem de se arrumar. Sophia escolheu um vestido com alguns desenhos de gato, e Harper escolheu uma calça florida, com uma regata branca.

  Descemos, e a família que iria almoçar com a gente havia acabado de chegar, meu pai estava lá fora pra os receber.

  Eles entraram.

  - Avery, esses são Marshall Bennett, sua esposa Marina e seu filho, Austin. – meu pai disse e eu cumprimentei um por um. – Essa é minha filha Avery, e as amigas dela.

  Marshall Bennett tinha cara de ser um empresário, ou alguma coisa do tipo, porque até nome de ricasso ele tinha. A mulher dele, Marina, parecia ser aquele tipo de pessoa tranquila e adorável. Ela devia ser da idade da minha mãe. Agora, Austin Bennett devia ter uns 17 anos. Ele era tipo aquele garoto certinho, um filho dedicado e amoroso, pelo menos parecia. Uma família perfeita.

  Sophia me cutucou discretamente e sussurrou:

  - Lindo.

  - O que? – olhei pra ela.

  - O tal do Austin. Não achou ele fofo?

  - Achei, Soph. – ri de leve. Imaginei que ela iria dizer isso.

 -----

    - Então, fiquei sabendo que a Avery estuda na Young Magnet, de Chicago. – o Sr Bennett disse.

  - Sim. É uma das melhores escolas do país. – minha mãe respondeu.

  - O que você acha de lá, Avery? – a sra Bennett me perguntou.

  - Nós três estudamos lá. É uma ótima escola, os professores são bem preparados. – O que eu estava dizendo? A YMHS é uma escola boa, tirando a parte dos alunos.

  - Isso é ótimo. Que profissão você quer seguir?

  - Gostaria de fazer psicologia ou astronomia.

  - Que incrível. Austin também adora essas coisas sobre universo, não é, filho? – o garoto assentiu.

  Depois de muito papo chato de adultos sobre o futuro dos filhos, a família Bennett foi pra casa, Natalie e Emily chegaram e nós pudemos subir.

 -----

    Meu celular vibrou, era uma mensagem de WhatsApp.

  Número desconhecido: Oi. Aqui é o Austin Bennett.

  Avery: Oi. Como conseguiu meu número?

  Austin: Por favor, não conte a ninguém. A sua mãe me deu o seu número.

  Avery: O que? Por quê?

  Austin: Por que eu pedi.

  - Com quem está falando, Avery?

  - Com o garoto de hoje a tarde. Ele conseguiu meu número. – Sophia arrancou o celular da minha mão.

  - Isso é o que eu chamo de atitude – Harper pegou o celular também.

  - Por que a sua mãe passaria o seu número para o garoto fofo cujos pais são amigos dos seus?

  - Também estou querendo saber – eu disse um pouco desconfortável com a situação. – Minha mãe só pode estar de brincadeira.

  Não é possível, eu mal acabei de sair de um relacionamento e minha mãe quer me colocar em outro?

  - Ah, Avery. Dá uma chance. Conversa com ele! – Natalie pediu.

  - E se você gostar do Austin? – Harper me disse entregando o celular – Ele respondeu. Tenta!

  - Tudo bem. Eu tento.

 -----

  Austin: Nem tivemos tempo de conversar. Qual sua idade?

  Avery: Tenho 16. E a sua?

  Austin: Faço 17 em janeiro. Então, você é de Chicago, né.

  Avery: Sim. Moro lá, e passo as férias aqui. Na verdade, morei aqui o ano passado inteiro.

  Austin: Nossa, como nunca nos esbarramos?

  Avery: Verdade, não é.

  Austin: Então, você disse hoje que queria fazer psicologia.

  Avery: Sim. Eu adoro essa coisa de estudar a mente, e os comportamentos de alguém.

  Austin: É muito interessante. E Universo, você gosta, certo?

  Avery: Adoro!

  Austin: Isso é ótimo. Quer dizer que teremos muito pra conversar.

 -----

    Durante os dias entre o Natal e a Virada do ano, saí algumas vezes com as meninas, mas o que mais fizemos foi assistir séries e filmes. Eu estava precisando me desligar da minha própria vida.

  Além disso, Austin e eu conversamos muito. Não nos encontramos, mas apenas com uma semana já o acho uma pessoa incrível.

  Contei a ele que as meninas e eu iríamos a um Luau de Ano Novo, e ele disse que também iria. Marcamos de nos encontrar lá.

  Era dia 31 de dezembro, nós cinco nos arrumávamos para a festa de Ano Novo. Era engraçado que enquanto todas elas estavam lindas e maravilhosas, eu usaria meu All Star azul.

  - Ah, não, Avery! – todas reclamaram ao me verem pronta.

  - Mas já tem muito brilho na blusa – eu respondi – A calça e o sapato serem simples deixa tudo bem mais equilibrado.

  - Mas você está linda, de qualquer jeito. – Sophia disse – Nem parece que vai encontrar o cara que ela conversa há uma semana.

  - Obrigada por me lembrar.

  Saímos da minha casa e fomos andando mesmo, já que era na praia e bem perto.

  - Posso pedir uma coisinha pra vocês? – eu disse e elas assentiram – Não bebam muito. Vocês sabem que eu odeio bebida, então pelo menos uma de vocês fique sóbria comigo.

  Elas riram.

  - Não se preocupe. – Natalie disse – Mas apenas se lembre de uma coisinha: Não fica isolada num canto. Você está aqui pra se divertir!


Notas Finais


Como é a minha ideia do Austin: https://4.bp.blogspot.com/-o5uTawJIA0Y/WAUXotQwUgI/AAAAAAAAAJI/QBMqSqxMn8kovoag0Lif6kFgv0buwlh2ACLcB/s320/BOLINHO.bmp
Espero que estejam gostando <3 Comentem ai o que acharam!
Bjs da Mari *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...