História Ghost - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Halsey, Justin Bieber, Nash Grier
Personagens Ariana Grande, Justin Bieber
Tags Jariana
Visualizações 11
Palavras 1.333
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Minha terceira fic Jariana, essa está bem melhor do que as anteriores, espero que gostem!
Boa leitura ♡

Capítulo 1 - Meu Fantasma


Fanfic / Fanfiction Ghost - Capítulo 1 - Meu Fantasma

P.O.V Ariana

Eu me levantei com o rosto ainda cheio de remelas e com a expressão sonolenta.

Estava vestindo meu pijama azul como sempre, o mesmo que meu pai me dera no natal do ano passado, com bolinhas vermelhas e tecido de ceda.

Eu senti o cheiro dos ovos com bacon vindo da cozinha, como todas as manhãs.

Abri o guarda-roupas e vesti a calça jeans clara de todos os dias, minha camisa de gola V vermelha e uma jaqueta preta, meu cabelo estava bagunçado, mas menos do que todos os outros dias, então eu só dei uma ajeitada com o secador.

Desci as escadas e vi minha mãe lavando a louça, com um prato com dois ovos e um bacon em cima da mesa.

–Bom dia mãe– disse sorrindo

–Bom dia Ariana

–O papai já saiu?– perguntei pegando um garfo na gaveta

–Já, ele queria poder te levar até o aeroporto, mas você demorou pra acordar então ele foi sem você

–Queria ter me despedido dele...–disse meio decepcionada

–Ele te deu um beijo antes de sair, ele se contenta com isso, e aliás, você pode telefonar! 

–É...eu acho que sim!

–Você está nervosa?– disse ela acariciando meu cabelo

–Um pouco...é que eu nunca viajei assim antes, sem vocês dois!– disse tirando um pouco da tensão

–Você vai se entreter tanto com seus amigos que nem vai se lembrar de nós!

–Tem certeza mãe?– perguntei preocupada

–É claro que tenho querida, eu já tive sua idade!– disse ela rindo 

Eu ainda estava um pouco eufórica com a viagem de formatura.

Papai e mamãe tiraram dinheiro da onde não podiam só para pagar essa maldita viagem que eu nem estava assim tão afim de ir, mas eles insistiram tanto sobre como seria legal e eu passaria meu tempo com meus amigos e tudo mais...eu acabei aceitando.

Na verdade viajar com Halsey e Nash não seria tão ruim assim, até por quem eu tenho um crush por Nash desde a quinta série.

Halsey é do tipo de amiga que você nunca pode esperar uma personalidade definida, ela está sempre mudando, seu último surto de loucura foi quando ela pintou o cabelo de amarelo banana e cortou na altura do queixo.

Eu era a santa do nosso trio, apesar de eu ser super sociável e a Halsey sempre dizer que pessoas tímidas tem um espírito de "cachorra safada" guardado lá dentro. Mas na verdade eu sempre fui bem reservada, nunca fui promíscua nem nada disso, apesar de sempre ter tido quedas por vários meninos!

–Em Ariana?– disse minha mãe me tirando dos meus devaneios

–Oi mãe, o que disse?

–Ariana, você está bem?– disse ela rindo

–Estou mãe, eu só estava pensando...– disse sorrindo

–Você pegou seu celular? Da última vez que viajamos você esqueceu ele dentro da casinha do pantufa! 

Pantufa é o nome do meu poodle

–Mãe, eu tinha doze anos!

–Tudo bem querida...– disse ela sorrindo –Você vai se atrasar se não sair logo...

–Está me expulsando mãe? 

–Não querida, estou de alertando! 

–Eu vou chamar o táxi...

P.O.V Mirana

Acordei as 5:00 AM, três horas antes do que eu deveria ter acordado, apenas para sair sem me despedir dos meus pais, já que eu não suporto essa família! 

O insuportável do meu namorado Justin encheu meu celular de mensagens no whatsapp falando que teria saudades de mim durante a viagem, não que eu não goste dele...mas ela me ama de verdade, se é que esse lance de amor existe, e eu só tenho uma sacada física por ele, tipo...gosto de transar as vezes, mas nada além disso. Garoto grudenta! 

O insuportável do meu irmão caçula Carlos, ficou fazendo manha a noite inteira e não me deixou dormir!

Eu me levantei e apenas troquei de roupa, já que havia deixado minhas malas no carro na noite anterior. As empregadas também não haviam acordado ainda, então eu não me preocupei em andar pela casa....Vesti meu blusão da Nike,  uma calça jeans agarrada e um sneaker, então desci as escadas.

A porta da cozinha estava aberta, as empregadas dormiram e se esqueceram de trancar mais uma vez...incompetentes!

Abri a porta da sala e um vento frio bagunçou meus cabelos e eu senti um calafrio.

–Merda de vento!– disse

Abri a porta da garagem e entrei na Ferrari vermelha que eu havia ganhado do meu pai quando fiz dezoito. 

Liguei o carro e fui em direção ao porto de Miami

–Até mais otários...– disse colocando meus óculos escuros e tirando uma barrinha de banana do porta-luvas

P.O.V Ariana

O enjoô passou pouco tempo depois de eu ter embarcado. O movimento do mar não me fazia bem...

Na verdade eu quase não consegui chegar a tempo porque minha mãe teve uma crise de choro antes de me colocar no táxi. Halsey dividiu o quarto comigo e Nash ficou sozinho no outro corredor.

–É hoje que você desencalha em Ari...–disse Halsey

–Eu não pretendo beijar ninguém, nem nada além disso! A gente só vai ficar lá um pouquinho...– disse desfazendo a mala

–Ah, vai Ari...você não veio pra viagem de formatura pra ficar aqui no quarto...se a gente embebedar o Nash...

–Não me chama de Ari! E o Nash não fica com garotas como eu Halsey. Pode tirar essa ideia da sua mente! 

–Quem sabe...as vezes ele tem curiosidade...

–É claro que não Halsey!!!– disse desdobrando um vestido cinza

–Tá, mas você tem que ir na festa hoje a noite! Você não veio pra esse cruzeiro pra ficar trancafiada nesse quarto! 

–Primeiro que eu nem queria vir, e ficar trancafiada não parece uma má ideia! Eu trouxe alguns livros...

–Que vão ficar dentro da mala! Você vai com a gente na festa e ponto final!

–Ai, tá bom!–disse revirando os olhos

Terminei de desfazer as malas e Halsey colocou um biquíni azul fosforescente super chamativo.

–Halsey, aonde você vai?– perguntei indignada

–Vou curtir a piscina ué...– disse ela ajeitando o biquíni

–Mas assim? 

–Minha querida, eu sou linda e vou como eu quero!

Revirei os olhos e dei uma risadinha

                           ***

A noite, a música estava muito alta a ponto de eu querer ir pra casa, Halsey estava dançando em cima da mesa completamente bêbada e Nash estava dando em cima de umas garotas de outro colégio.

Eu havia bebido alguns goles de vodka e estava com um pouco de dor de cabeça.

–NASH, VOU NO BANHEIRO RESPIRAR UM POUCO!!!– gritei em vão

Então fui em direção ao toalete mais próximo em meio as luzes neon e piscantes da balada...

P.O.V Mirana

–Calma aí gato...eu não estou legal!

– disse tirando a mão do volume na cueca dele

–O que você tem gatinha? 

–Nada...é só uma zonzeira...–disse colocando a mão nos olhos –Eu já venho...– disse e me retirei em direção ao banheiro

Eu tinha bebido demais

Minha visão estava meio turva, mas mesmo assim consegui achar a porta do banheiro.

Quando entrei, mesmo com a visão falha percebi que o ladrilho era laranja e as paredes verde fosforecente, algo muito incomum para um banheiro feminino.

Olhei para a pia e lá havia uma garota lavando o rosto, a garota tinha o cabelo muito parecido com o meu...quando de repente ela tirou os fios do rosto e então eu tive certeza de que eu estava ficando maluca

–Não é possível...

P.O.V Ariana

Eu entrei no banheiro e comecei a lavar o rosto para diminuir a tensão que a bebida havia causado em meu cérebro...

Escutei a porta se abrir e em seguida uma voz

–Não é possível...

Olhei para a garota que parecia tão bêbada quanto Halsey

–V-você está bem? 

A garota se recuperou rapidamente e me puxou pelo braço até o canto do banheiro, encarando nosso reflexo no espelho

–Há algum problema?– disse

–Você não está vendo? Nós somos exatamente iguais!!!

Até ela ter dito isso, eu não tinha reparado a semelhança...

–Sim...somos um pouco parecidas!  –disse 

–Você parece até minha irmã gêmea...

Um silêncio ficou no ar por alguns minutos até que ela soltou o meu braço e uma risada um tanto assustadora

–Eu tive uma grande ideia...

–O-o que está pensando?– perguntei

–Quanto quer pra ir até a minha casa, e se passar por mim? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...