História Girl In Luv - Imagine (BTS) - Capítulo 75


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Colegial, Drama, Hentai, Imagine, Jungkook, K-pop, Namjin, Romance, Shoujo, Violencia, Yoongi
Visualizações 345
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Quem que voltou? E dessa vez para ficar? Fui eu! Foi a fanfic!
HEHEHEHEHEHE
Desculpa galera <3
Estou de volta! Vamos que vamos!

Capítulo 75 - Biscoito Possessivo


Fanfic / Fanfiction Girl In Luv - Imagine (BTS) - Capítulo 75 - Biscoito Possessivo

Assustei-me e comecei á dar leves tapas nas costas dele enquanto continuava á falar.

– Amor? Jungkook? – falava o olhando engasgado – Você está bem amor?

– _____, termina de explicar, quem sabe ele desengasga? – disse Jin sorrindo malandro

– Tudo bem – respondi fazendo uma pausa longa ainda com os olhos vidrados no meu namorado engasgado – Eu não quero dizer que vamos dormir todos numa cama, pensei em fazermos como uma – fiz outra pausa pensando – festa do pijama! Compramos algumas comidas e passamos a madrugada vendo filmes, o que acham?

– Mas isso só tem graça se juntarmos vários colchões no chão da sala! – disse Jimin

– Vai ter lasanha? – perguntou Yoongi

– Não Yoongi, dá muito trabalho fazer lasanha, mas eu posso fazer hambúrgueres – sorri 

– Fechado, quem vem comigo comprar as comidas? – disse Yoongi animado

– Eu vou, só deixe eu me trocar e já vamos – disse Hoseok indo pro quarto

Olhei para Jungkook e ele finalmente estava bem e havia parado de tossir, apesar de estar vermelho e suado. 

– Por mim tudo bem – disse Kookie sorrindo – O que vamos assistir?

– Meu Netflix não é uma boa ideia – Namjoon parecia aflito

– Está cheio de pornografia né seu safado?! – disse Jin enciumado e lhe dando tapas

– Para Jin – Namjoon tentava desviar dos tapas

– Chega gente – disse e ri – Podemos ver no meu mesmo – sorri e Jungkook me abraçou por trás

– Vamos arrumar a sala então? – deu um beijo em meu pescoço me arrepiando

– Vamos – sorri

Yoongi e Hoseok saíram para comprar nossa comida enquanto Jin, Namjoon, Taehyung e Jimin estavam tirando os móveis da sala e eu e Kookie levávamos os colchões.

– Pessoal peguem travesseiros e cobertores enquanto eu pesquiso alguns filmes – disse Jin sentando-se em um dos colchões 

Eu e Kookie fomos a cada quarto e pegamos o travesseiro de cada um, pegamos só três cobertores e jogamos tudo sobre Jin e ficou emburrado ainda pesquisando.

Jungkook pegou em minha mão e me puxou até nosso quarto, assim que entramos, ele me prensou na parede e passou o nariz pelo meu pescoço.

– Essa noite eu vou ter que te dividir com eles – choramingou – Mas não se esqueça que você é minha – sorriu e passou á dar beijos em meu pescoço

– T-tudo isso por causa do Yoongi? – perguntei tombando a cabeça para ele ter acesso fácil ao meu pescoço 

– Não só dele – sorriu – É que nós temos um problema, o seu nível de carência é meu nível de ciúmes – desceu as mãos para a minha cintura e puxou meu corpo contra o seu

– O carinho que eu tenho por eles é diferente do seu – mordi meus lábios

– Me explica essa diferença? – jogou meu cabelo pro lado e intensificou os beijos

– Meu amor por eles é amor de amigo, quero o bem deles, a felicidade, gosto de brincar com eles, abraçar e provocar – suspirei quando o mesmo depositou um chupão forte em meu pescoço – E meu amor por você é tudo isso, só que ainda mais forte e também tem a atração, a necessidade de estar perto, os beijos e – ele desceu as mãos para a minha bunda e estava apertando alternadamente – Jungkook assim não consigo falar!

– Não precisa falar mais nada – disse sorridente

Assim que sorri, Kookie terminou com o espaço entre nossos corpos, me beijava com desejo e necessidade, ora calmo ora agitado. Passei meus braços sobre seus ombros e subi em seu colo, ele passou as mãos para dentro de minha blusa indo até o sutiã e quando ia me apertar os meus seios, nós ouvimos Yoongi e Hoseok chegar.

Suspirei e ele me colocou no chão, me arrumei e saímos do quarto, Taehyung estava na porta sorrindo malicioso e eu corei correndo para a cozinha.

– Quero meus hambúrgueres! – gritou Yoongi logo me abraçando por trás

– Já vou preparar pega tudo pra mim, por favor? – pedi me soltando de seus braços

– Está tudo na mesa, vai usar a grelha? – perguntou me soltando e indo á dispensa

– Sim, além de mais rápido é mais fácil de limpar, pode pegá-la? – sorri

– Aqui está – ele colocou a grelha sobre o balcão – Você sabe usar, não é? – sorriu provocativo

– Sei sim Yoongi, muito obrigada – pisquei e comecei a preparar os hambúrgueres

O mesmo saiu da cozinha, indo para a sala de TV e pude ouvir o som do mesmo caindo nos colchões, logo a voz de Jungkook aos prantos.

– Porra hyung! – o mesmo parecia choramingar – Não me viu aqui não?

– Não, desculpe – disse Yoongi em tom sarcástico, isso não vai acabar bem

– Aliás, é bom que esteja aqui, preciso conversar com você – disse Jungkook e não ouvi mais a voz de Yoongi – Não quero que fique agarrando a _____ essa noite, é uma noite em amigos. Então o que me diz? Paz?

– Já estragou a noite, eu finalmente ia dormir com ela – choramingou em tom provocativo

– Vou estragar a sua cara docinho – disse Jungkook ainda mais provocativo, não pude conter o riso ao ouvir “docinho”

– Vai bater no “docinho” biscoito? – provocou Yoongi – A uvinha vai ficar chateada!

Nesse instante, fiquei em silêncio na tentativa de ouví-los, mas me assustei ao ouvir um estrondo, alguém provavelmente havia derrubado o outro e eu tinha mais que certeza de quem havia sido o “agressor”. Sem pensar no que podia fazer simplesmente gritei:

– Jimin! Vem me ajudar! – gritei o mais alto que pude e logo Jimin entrou na cozinha correndo

– Você está bem? – perguntou me abraçando por trás e deixando seu queixo apoiado em meu ombro

– Fica aqui comigo, até eles pararem de brigar? – sussurrei

– Claro _____ – sussurrou em meu ouvido

– Jimin solta ela – Jungkook entrou na cozinha bufando de raiva e Yoongi veio logo atrás

Jimin me soltou até meio assustado, nem mesmo tive tempo de sussurrar “obrigada” para o mesmo e Jungkook me abraçou envolvendo os braços em minha cintura e passou á acariciar a mesma distribuindo beijos pelos meus ombros. Ouvi Yoongi bufar e sair andando pisando forte como uma criança emburrada, logo Jimin saiu logo atrás para acalmar a fera.

– Você é minha – Jungkook sussurrou ao meu ouvido...


Notas Finais


Amo vocês seus lindos, beijo da Tia ou Omma Nina, vocês decidem, aliás deixem nos comentários qual preferem! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...