História Girl Power - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Jhope, Jikook, Kim Taehyung, Namjin
Visualizações 40
Palavras 1.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpa ter demorado, a jumenta- no caso eu- Esqueceu de postar 👍🏿

Capítulo 16 - Fourteen


  Eu acordei uma hora antes de ter que acordar e então percebi que não estava mais com sono, o que é um milagre. Levantei de fininho e fui tomar banho. Essa sensação nunca vai mudar. A água quentinha caindo no meu corpo e me relaxando. MELHOR COISAAAA.
  Sai do banho com o corpo enrolado na toalha e tonga do jeito que sou, esqueci de toda a roupa. Como? Nem pergunta porque a retardada parece que tem Alzheimer. 
  Sai do banheiro de fininho mas não deu certo. Exatamente, o Tae me viu só de toalha. Ele se escondeu debaixo das cobertas e eu agradeci internamente por isso. Peguei qualquer roupa confortável e corri para o banheiro.
  Tem um problema bem grande nele me ver apenas de toalha. Isso me faz me sentir desconfortável e também, eu não to pronta. "Pronta pra que"?   Aquela coisa sabe? Bom, você sabe. Eu posso ter vinte e um, mas eu não to pronta. Eu nunca pensei nessas coisas. Na verdade, só tinha beijado uma vez com quatorze anos antes do Tae. 
  Tentei ignorar completamente o que tinha acontecido e me vesti. Penteei meu cabelo com as coisas que tinhas ali e sai com o rosto todo vermelho. Por incrível que parece ele não estava lá. Talvez está com vergonha também? Talvez, sei lá...

(D/A:TÁ É O SEGUINTE. NÃO PRETENDIA FAZER ISSO MAS AGORA VOU. NÃO VOU FAZER POV DOS MENINOS DO BTS PORQUE PARA MIM É MUITO ESQUISITO. ENTÃO SÓ ME RESTOU FAZER POV DAS PERSONGENS QUE EU SEI COMO FUNCIONAM. PARECEM MÁQUINAS~ RISOS~BOM CONTINUANDO... Ja passou essa fase então ignora)

 


~Luiza falando~
  Eu estava no meio do meu sono precioso. Não o de beleza porque eu nunca fico feia, mas aquele que tu sonha com unicórnios que parecem galhinhas( não, não como a Camily) e que tu é a princesa do reino de macaroons(d/a- sei lá se é assim que escreve mais é uns biscoito/bolacha colorido bem ruim). Quando um ser do demônio me acordou. Sério, já não basta dormir que esse bolinho de arroz.
— Park Jimin!Luiza! Preciso de vocês!- Mano, pra que merda o Taehyung resolve nos acordar?
— Que que foi estrupicio?!- pergunto me levantando junto com Jimin.
— A Duda acordou primeiro que eu.- pera que horas são? Eu discretamente pego meu celular e vejo que são cinco horas da manha! Mano, vai tomar no cu! Ela acordou primeiro. Olha os milagre aí!- E foi tomar banho.- iiiiii, olha as bostas.- Só que eu acordei com o barulho da água e quando fui ver, ela saiu do banheiro com a toalha. Só que eu me escondi debaixo das cobertas e ela voltou pro banheiro. E senti uma coisa estranha, não sei explicar.
  Mano, o Taetae é muito inocente. Tadinho, mas fazer o que? A Dudinha põe arrepios em todo mundo! Depois de mim, é claro.
— Cara, qual é o problema?- pergunta Jimin.
— Eu quase vi ela sem roupa cara! Sabe, isso não me parece uma boa ideia.
  Pelo menos ele não pensa em coisas erradas. Mano, eles são muito parecidos.
— E outra, você não se interessa por esse tipo de coisa. Você ama demais o Kookie para perceber que isso importa para heteros.
— Verdade, tinha esquecido. Luiza, fale alguma coisa.
  Eles me olham e por alguns segundos eu fico brizando e só aí percebo que tenho que falar alguma coisa.
— Bom, você gostou de vê-la assim. Só, se controla. Quer dizer, ela vai pensar que você é um idiota. Sabe, você ficou excitado.- A carinha de dúvida dele foi tão fofinha!
— E tu é. Nos acordou...- Suga Jimin ou Jimin Suga?
  De repente ouvimos barulho na porta e eu não sabia quem era então fui abrir. Duda. Fudeu.
— Duda, o que está fazendo aqui linda?- Pergunte, tentando esconder Taehyung atrás de mim.
— O Tae tá aí né?- Ela pergunta.
— O que? Não mas é claro que não!- Tentei agir normal mas com ela não da certo...
— Luiza, eu te conheço a quinze anos, ele tá aí.- Ela cruza os braços 
— Bom, não custa tentar não?- pergunto e ela entra no quarto olhando para Tae com vergonha, tão fofinha!  = ).
  Eles ficaram se olhando com vergonha e eu não pude deixar de querer vomitar arco-íris. Isso tá demorando demais,que saco. Até Jimin já estava de saco cheio. Como uma boa amiga que sou, empurrei eles para fora do meu apartamento. Finalmente. Pelo amor de Deus.
— Esses dois vão acabar se casando.- Jimin disse rindo.
— Vão, mas eu quero me casar com a cama agora.

 

 

~Lua falano~
  Eu acordei um pouco cedo hoje. Eu tentei ao máximo não acordar o Yoongi porque ele fica muito bravo quando acorda de manhã. E o que mais dificultou foi que ele sempre dorme me abraçando e eu tive que ser uma ninja pra sair da cama.
  Tomei um banho relaxante porque já não bastava mais ir para a cama. Eu saí do banho e me vesti. Preferi pentear meus cabelos no banheiro para não acordar o Suguinha. 
  Sai do banheiro e o despertador tocou bem na hora eu gritei e cai no chão. Bom, pelo menos ele se importa comigo porque ele na hora se levantou da cama e me pegou no colo.
  Yoon me botou na cama e me olhou com uma cara preocupada e eu fiquei o olhando com uma cara confusa.
— Você se machucou?- que fofo, nem parece o friozinho que eu conheço.
— Não. Eu to bem, eu só me assustei.- falei em um tom brincalhão e ele sorriu com o melhor sorriso, o que eu amo.
— Vou tomar banho.- ele chega perto de mim e me dá um selinho e eu não recuo, já que no selinho, você não sente o bafo.
  Me deitei na cama e comecei a mexer no celular. Depois de alguns minutos o Suga saiu do banheiro e eu fiquei feliz. Não só porque ele finalmente saiu, mas porque ele estava sorrindo o tempo todo.
— O que foi que deu em ti?- perguntei assim que ele saiu do banheiro.
  Ele apenas me olhou e deu outro sorriso lindo-dessa vez branquinho- e me beijou. Um beijo cheio de paixão e carinho. Um dos melhores beijos do mundo.


Notas Finais


Queria ser unnie *_*
As meninas são sempre mais velhas que eu :(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...