História Girl's City - Interativa - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 193
Palavras 612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oiioioioioioi

Não demorei muito pra postar dessa vez, né? Estou tentando fazer as coisas darem certo desta vez, e pretendo realmente fazer o Girls City funcionar. Ah, e faltam três fichas pra fechar a formação! Estou no aguardo, viu?

Esse capítulo é apenas uma pequena introdução da manager, para que vocês conheçam melhor a Choi Haneul!

Espero que gostem!

Ah, e sobre a capa, eu gostaria de dizer que graphic design is my passion.

Capítulo 2 - Managing nine girls


Fanfic / Fanfiction Girl's City - Interativa - Capítulo 2 - Managing nine girls

Haneul sabia que o que teria de fazer não seria nada fácil. Nunca tivera qualquer experiência tomando conta quase que integralmente de um grupo que possuía aspirações tão grandes, e que, ainda assim, não tinha dificuldade em realizá-las. Uma enorme proposta que revolucionaria a empresa SM, que estava cada vez mais afundando-se nesta nova geração de grupos que a cada mês conseguiam conquistar um pedaço à mais da indústria, enquanto a própria, mesmo que não corresse o risco de perder o posto de maior na arte do entretenimento, estava completamente parada, sem lançar nenhuma nova proposta que fizesse milhares de fãs e netizens virarem as noites em claro, ansiosos.

Ainda assim, era uma mulher responsável, jamais quebrara uma promessa. E, agora, completaria vinte anos de contrato sob a agência. Conhecia o CEO como a palma da mão, possuíam um laço de confiança mútua que dificilmente seria rompido. Fora uma decisão muito difícil que teve de tomar, quando, aos vinte e cinco anos, decidiu que iria encerrar as atividades como trainee, e pôr um fim ao seu sonho tão inalcançável. Não possuía o visual, a voz, o talento e o carisma necessários, e, sinceramente, estava de boa vivendo com isso. Conseguira uma vaga como estilista do Shinee, e, futuramente, do Red Velvet. Mesmo que tenha sido demitida poucos meses depois por conta das ideias horríveis que surgiram através dela.Apesar da dupla demissão, permaneceu na empresa, até finalmente ser escalada para algo maior: seria a futura manager do atual sucesso, Girls City. Um grupo que chegaria para continuar o sagrado legado de suas sunbaes, Girls Generation, e que, antes mesmo de debutarem, já havia praticamente sucedido na missão. Pôsteres eram espalhados país afora, internautas já iniciavam escândalos e os coreanos iam à loucura. Haneul também estava prestes a ficar louca. Era tamanha a lista de coisas que tinha de fazer, tudo em um curto período de tempo. De repente, tudo caíra em cima de sua cabeça: era ela quem escolheria, juntamente do CEO, Lee Soo Man, as integrantes. Era ela quem escolheria as músicas, os conceitos e tomaria conta de todas as nove meninas, para que não fizessem besteira em programas de variedade. Mas, acima de tudo, era ela quem acompanharia a história de todas elas. Sabia o que viria a seguir: teria de assistir, relutantemente, as meninas passando fome sob ordem da empresa. Teria de prendê-las em seus dormitórios, teria de fazê-las decorar textos e falas e criticar cada movimento das mesmas. Aquilo era difícil. A indústria de kpop era complicada, e como alguém que passara a vida naquilo, estava ciente do que as mesmas teriam de enfrentar. Mas não poderia fazer nada para impedir, eram os seus sonhos, afinal. E estaria ali, para ajudá-las a realizá-los, mesmo que tivessem de ser escravizadas por um papel onde constava tudo o que teriam de fazer. Não podia esquecer-se de alertá-las sobre o perigo que corriam perto de outros idols, principalmente homens mais velhos, que não perdiam uma oportunidade de chegar perto das jovens e inocentes recém-chegadas ao mundo por detrás das cortinas.

Enquanto os pensamentos vinham à tona, Haneul anotava tudo em uma caderneta cor-de-rosa, fazendo pequenas pausas para morder levemente a caneta, tentando previnir-se de esquecer qualquer detalhe.

Sim, é isto. ─ Fechou rapidamente o caderno, colocando-o perto do criado mudo ao lado de sua cama, antes de cobrir-se até a cabeça e encarar o teto por um breve momento, antes de fechar os olhos e sussurrar para si mesma: ─Não posso me esquecer de avisá-las, amanhã. Não posso mesmo.

E adormeceu ali mesmo, com o abajur aceso e o barulho da coleira de sino de sua gata ecoando pelos corredores da casa.

 


Notas Finais


Então.
É isso.
Bem curto pra variar, mas como eu disse, somente uma breve introdução.
Lembrem-se de que ainda estou aceitando fichas! Mais informações aqui no jornal~> https://spiritfanfics.com/jornais/gs-c-9614960

Espero que tenham gostado da manager Haneul, já que é ela quem vai acompanhar a jornada das meninas. Enfim, até a próxima!

Kissus~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...