História Girls Like Girls - Yuri [Somin e Jiwoo] - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO, K.A.R.D
Personagens B.M, Baekhyun, Chanyeol, D.O, J.Seph, Jiwoo, Personagens Originais, Somin, Xiumin
Tags Bissexuais, Drama, Hot, Jiwoo, Kard, Lesbicas, Romance, Somin, Violencia, Yuri
Visualizações 278
Palavras 929
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


📣📣📣📣📣📣📣📣📣📣📣📣
Uma moça que eu não me recordo o nick disse que eu estava romantizando agressões ou algo assim.

Jamais, eu deixo bem claro na minha fanfic que isso é errado. Tanto que se eu romantizasse ou fizesse apologia, o Spirit já teria excluido minha fanfic. Pois isso é proibido.

Se qualquer pessoa aí, que não aguente ler violência, que evite minha fanfic, tem nos avisos e nos gêneros que vai haver isto.

Sobre o J.Seph, ele não foi punido pois o que ele fez não foi crime. Porque infelizmente não existe lei que criminalize a homofobia (💔) e a lei maria da penha só vale se eles tiverem alguma relação tipo namoro, casamento.

💌 Enfim, boa leitura. 💌

Capítulo 8 - 💔 Accident 💔


Fanfic / Fanfiction Girls Like Girls - Yuri [Somin e Jiwoo] - Capítulo 8 - 💔 Accident 💔

Somin P.O.V

Acordo com uma ressaca do inferno. Quando olho para minha frente, Jiwoo já não estava mais lá. Me levanto, visto um short jeans, uma blusa roxa e meus chinelos brancos.


Desço as escadas e vejo Jiwoo de camisola, tomando um remédio. Vou até a cozinha, me aproximando dela.


-Para que esse rémedio? -Pergunto e a mesma toma um pequeno susto.

-Estou morrendo de dor de cabeça... -Ela responde tentando desfarçar o susto.

-É por causa de toda aquela bebida. -Digo abrindo a geladeira e pegando alguns ingredientes.

-Ah...nunca mais bebo então! Olhe para mim, sou uma adolescente de 16 anos, que usou uma identidade falsa para beber... -Ela diz, arrependida.

-Realmente foi bem errado, mas pelo menos agora você sabe que não gosta. Tudo tem uma primeira vez. -Digo e lhe dou um selinho.

Ela sorri fraco e pega a batedeira. Ela me entrega, jogo os ingredientes, e eu começo a fazer a massa das panquecas.


-Ah! Nem te contei, o Tae volta hoje da China! Eu e o Matthew combinamos de ir busca-lô no aeroporto e ir na Starbucks tomar um café! Quer vir? -Ela diz enquanto pega o liquidificador.

Nesse momento a lembraça vem na minha cabeça, ela ainda não sabia...bom, eu acho que está na hora de contar. Tá, ainda hoje eu me pronuncio.


-Que legal! Vamos! -Digo tentando desfarçar meu momento de reflexão.

Terminei as panquecas e ela fez suco de maracujá. Tomamos café e ela subiu para o quarto.


-Somin...Somin...tome coragem... -Digo baixo para mim mesma, enquanto lavo a louça.

De repente Jiwoo desce, vestindo um vestido branco rodado com renda e um all star vermelho.


-Estou pronta! -Ela diz e sorri.

-Está linda, amor! -Digo sorrindo e termino logo de lavar a louça. -Vou me arrumar. -Disse e subi as escadas.

Cheguei no quarto e fui para o banheiro. Tomei um banho quente rápido e fui me arrumar, coloquei um short preto, uma blusa cinza com uma caveira e rosas estampada e um sapatênis branco. Fiz uma trança em meu cabelo e desci.


Eu gostava muito mais do calor, bom, quando está suportável, como hoje. Já estavamos no verão! Enfim, Jiwoo e eu esperamos sentadas no sofá até eu ouvir uma buzina. Era Matheww em um Táxi.


-Oie! -Jiwoo disse entrando no táxi. Sentando no banco de trás ao lado dele.

-Eaí?! -Ele responde e eu me sento ao lado dela.

-Cheguei! -Digo fechando a porta do táxi.

Logo o motorista começa á dirigir em direção ao aeroporto.


-Que saudades do Tae! -Jiwoo diz animada.

-Muita! Depois vamos tomar aquele café de sempre...ah, ele disse que tem uma melhor amiga lá na China, mas ela só vem daqui á algumas semanas. -Matheww diz.

-Que legal! Qual o nome dela? -Digo participando do assunto, fingindo me importar.

-Se eu não me engano é Kumiko! -Matthew diz.

-Humm...já shippo! -Jiwoo diz e todos riem.

30 MINUTOS DEPOIS

Estavamos há 10 minutos no aeroporto quando vemos alguém acenando de longe.


-É ele! -Matheww grita e corre para abraça-lô.

De longe eu e Jiwoo vimos os dois sorrirem e se comprimentarem, logo eles veem em nossa direção. Chegando aqui, Jiwoo lhe deu um abraço bem apertado, confesso, fiquei com inveja, hahahaha.


Olho para ele, e na mesma hora Taehyung olha para o meu rosto, meio sério. Rápidamente desvio o meu olhar para o chão. Eles colocam a conversa um pouco em dia e logo Jiwoo se lembra.


-Vamos logo tomar aquele café de sempre! -Jiwoo diz.

-É verdade, vamos! -Taehyung diz, se animando.

Eu apenas concordo e Matheww sorri. Então fomos nós quatro de táxi, para a Starbucks.


NA STARBUCKS

Pedimos um chá gelado para Matheww, um café para Taehyung, um café gelado para Jiwoo e um Capuccino para mim. Começamos á conversar, eu dialogava pouco, ainda magoada com o que havia acontecido há quase dois meses. Mas Taehyung parecia tão despreocupado em estar na minha presença.


Começaram um assunto de magoas do passado, Matheww contou o quê Jiwoo fez que o magoou e vice-versa. Respirei fundo ganhando a devida coragem.


-Já que estamos nesse assunto...gostaria de falar algo. -Digo e a atenção se volta para mim.

-Mês passado, antes de eu e Jiwoo namorarmos. Taehyung pediu para ficar comigo, e eu recusei. Tenho interesse apenas em garotas. Gente, eu sou lésbica! Mas ele não reagiu bem. Me chamou de n-nojenta e me acertou um tapa. Para você pode não ter sido nada mas isso me c... -Sou interrompida com a Jiwoo batendo o punho forte na mesa.


-Taehyung! Você tem algum problema?! O que você pensava que estava fazendo com a minha garota? Batendo nela! Isso é errado com qualquer pessoa! -Jiwoo começa á gritar, apontando para o rosto dele.

Ele se levanta e dá dois passos para trás. Eu estava assustada demais para me pronunciar.

-Fique calma, Jiwoo! -Diz Matheww.

-Calma? Calma?! Como assim calma?! Ele é um inútil! Você é desprezível, Taehyung! -Ela continua gritando.

Ele dava passos para trás tentando atravessar a pista praticamente vazia. E Jiwoo andava junto com ele, gritando e expondo seu ódio.

-Qual é o seu problema?! O quê tem de nojento em ela te recusar ou ser lésbica?! Taehyung! Eu nunca esperei isso de você! Idiota! -Ela continua gritando e acompanhando os passos ao contrário de Taehyung.

-Saiam da pista! -Matheww grita.

-Jiwoo, saia daí! Você pode acabar send... -Minha fala é interrompida.

De repente a cena que meus olhos presenciariam, se tornava lenta, o mundo estavá mudo, se tornando cinza. E foi aí, que eu paralisei, vendo na frente dos meus olhos...

Jiwoo sendo atropelada.

Notas Finais


💦💦💦💙💦💦💦💙💦💦💦💦
💦Obrigada pelos 80 favoritos!💦
💦💦💦💙💦💦💦💙💦💦💦💦


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...