História Girls Like Girls - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren
Exibições 107
Palavras 530
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite meus amores <3
primeiramente peço perdão pela demora na postagem dos capítulos, eu estava com problemas pessoais, e prometo que vou fazer o possível pra postar capítulo nos dias certinhos pra vcs okay?
Vou recomendar uma música que eu amo muito pro capítulo de hoje e espero que gostem...
Vou deixar o link nas notas finais pra quem quiser
Mercy - Shawn Mendes
Boa leitura1

Capítulo 10 - Confused


Fanfic / Fanfiction Girls Like Girls - Capítulo 10 - Confused

     Pov Lauren Jauregui

È incrível como a vida, ou melhor a parte ruim dela que no caso é a tristeza, sofrimento e dor pode ser muito injusta com a felicidade, com as coisas mais prazerosas que já foram realizadas ate hoje. Em um dia eu estava beijando a garota que pensei viver todos os dias da minha vida feliz realizando todos os meus sonhos ao lado dela e no outro ela estava aqui, em uma cama de hospital totalmente desacordada, tento a vida controlada por aparelhos que sabe Deus se serão competentes de mante-la viva... Eu estava sentada em uma cadeira ao lado da cama de Camila, os aparelhos bipavam normalmente dizendo que minha garota estava "bem".

                            1 mês depois...

Eu continuava no hospital ao lado de Camila, nesses dias ela não apresentou nenhum sinal de melhora mais o médico disse que em quatro meses no máximo ela acordaria, o que foi música para meus ouvidos.

   Play na música Mercy- Shawn Mendes  

- Lauren! - Dinah entrou  no quarto apressada com um semblante preocupado e ela estava ofegante, eu a olhei confusa e ela se aproximou 

- S-seu pai... o levaram - ela disse baixo e eu levantei da cadeira na hora 

- Como assim? levaram ele ?  vocês não fizeram nada? - me desesperei e senti meus olhos serem inundados por lagrimas de desespero, Dinah apenas murmurou um "Não chegamos a tempo" e eu sai da sala, corri pelos corredores secando as lagrimas na tentativa falha de enxergar melhor, fui  pra casa o mais rápido possível chegando em poucos minutos, deixei o carro de qual quer jeito na rua e desci correndo pela entrada onde um pequeno envelope branco estava jogado no chão, peguei o mesmo e respirei fundo tentando me acalmar.

                                                                                                             Querida Clara

        Estou escrevendo isso rápido e confesso que estou um pouco embriagado, a policia esta vindo me buscar, peço desculpas por sempre fracassar no que tento fazer, não conte a Lauren que voltei para a prisão, não quero que saibam que eu fui vencido pelo vício. Eu amo muito todos vocês, espero que me perdoe por todas as vezes que tirei o dinheiro da nossa casa, que fiz você abrir mão das coisas que Lauren precisava para comprar bebida... Eu espero que me perdoe querida..

                                                                                                                           Com muito amor! 

                                                                                                                                                   Mike 

Aquelas palavras foram como um soco no estômago, eu não fazia ideia que meu pai era tão dependente da bebida, não sabia que ele foi preso por isso... 

Era tudo tão confuso pra mim, me sentei nos degraus da escada e abracei meus joelhos chorando sofrido, fiquei ali horas apenas chorando e lembrando dos momentos que tive com meu pai, foram todos maravilhosos e ele era um pai tão carinhoso comigo, nunca me deixou sofrer ou ao menos ficar abatida, quando Camila sofreu o acidente ele estava la me abraçando e falando que tudo ficaria bem, todos os dias ele visitava ela e me trazia algo pra comer, ficava ali comigo por horas e me aconselhava como ninguém.

 Agora, eu já não sabia se seria forte o bastante para aguentar isso tudo, meu pai preso, Camila em coma e eu sozinha, sem ninguém que realmente me entenda...


Notas Finais


espero que gostem, um beijo grande a todos vcs e mais uma vez desculpa pela demora na postagem de capítulos
se tudo correr bem nos vemos na semana que vem <3

Link: https://www.youtube.com/watch?v=RPbrgabOZkg&index=40&list=PLz8JsiLUtVnA76pgXdnX_70eyko7t3dU_


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...