História Gisa e Maven forbiden love - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Rainha Vermelha
Personagens Elara Merandus, Evangeline Samos, Farley, Gisa Barrow, Julian Jacos, Kilorn Warren, Mare Barrow, Príncipe Maven Calore, Ptolemus Samos, Sara Skonos, Tiberias Calore "Cal" VII, Tiberias Calore VI
Tags Gisa Barrow, Maven Calore, Mistérios Drama, Rainha Vermelha, Romance
Visualizações 14
Palavras 2.085
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 22 - O começo de uma nova história


Fanfic / Fanfiction Gisa e Maven forbiden love - Capítulo 22 - O começo de uma nova história

_ Isso que nois dois estamos fazendo é loucura.

_ Uma loucura muito boa falou a puxando para si novamente.

Seus beijos a deixavam completamente fora de si, a faziam se esquecer de tudo que não tinha a ver com o momento que estavam vivendo agora ou com as sensações que lhe provocavam.

_ Não devíamos estar fazendo isso falou quando se separaram

_ Porque você é vermelha e eu  prateado e quando minha mãe descobrir vai ficar furiosa, já sei mais eu não consigo parar de beijar você.

_ Você nem   me deixou completar a frase reclamou.

_ Ia dizer algo parecido com isso eu sei.

_ Eu ia falar que isso é errado mas quero aproveitar essa noite  com você pode ser nossa única.

_ Não vai ser eu prometo.

_ Assim que souberem que passamos a noite juntos vão me demitir e nois nunca mais vamos nos ver sabe disso falou com uma pontada de tristeza na voz.

_ Jamais vou deixar que nos separem.

Voltaram a de beijar mas dessa vez com mais desespero do que antes como se quisessem arrancar um pedaço do outro e guardar consigo para sempre.

Logo ele estava deitado em cima dela enquanto espalhava beijos por seu pescoço a fazendo estremecer e tudo a sua volta girava tinha despertado algo muito intenso que não podia ser controlado somente saciado por ele.

Suas pernas envolviam a sua  cintura enquanto as mãos dele iam descobrindo suas curvas até estar gemendo com seus toques em alguns lugares que sabia que não deveria  deixar que tocasse daquela maneira, derrapente ele parou e  jogou seu bracelete no chão e então voltou a beija - lá  um beijo intenso mais delicado e as mãos dela estavam percorrendo seu tronco por baixo da camisa, sentia que mesmo tendo tirado o bracelete sua pele estava queimava pelo desejo implorando para ser libertado dentro de si.

Não havia mais nada que quisesse nesse momento além de  remover as barreiras entre eles e a fazer sua sabia  que queria a mesma coisa mas mesmo assim lhe perguntou sussurando no seu ouvido :

_ Me deixa te amar Gisa Barrow ? 

_ Me ame Maven Calore. 

Assim que disse isso voltou a beijar sua boca de forma mais provocante e depois foi a descendo até seu pescoço que já estava com algumas marquinhas foi aí que abriu os botões do seu uniforme vislumbrando seus seios cobertos  pelo sutiã  preto e seu ventre plano e definido subindo e descendo e então  tirou a própria camisa, e logo depois  suas mãos hábeis abriram o fecho de seu sutiã enquanto percorriam suas costas e no momento seguinte ele levou a boca a um de seus seios e começou a beija - lo, mordisca - lo e chupa - lo  e com a mão massageava o outro mamilo.

Aquilo estava levando - a loucura queria gritar mas se conteve e apenas gemeu sentindo sua língua passear por seus seios e descer até o umbigo depositando um beijo antes de puxar o resto de seu uniforme e sua calcinha para baixo e começar a subir beijos pelas suas pernas chegando até a sua coxa e em seguida  sua intimidade a percorrendo a por inteira com a língua.

Sua boca em seu clitóris a sugando e lambendo  com vontade estavam a torturando de maneira doce a deixando totalmente entorpecida e a fazendo gritar feito louca sem conseguir se conter.

Maven se levantou de cima dela e tirou o resto das roupas rapidamente não podia mais esperar para estar dentro dela.

Gisa já havia visto um homem nu antes pois seu pai era cadeirante e as vezes lhe ajudava a tomar banho mas essa situação era muito diferente é claro, sua ereção era notável  e sinceramente não sabia como aquilo tudo iria caber dentro de si ele pareceu perceber seu nervosismo. 

_ Quer mesmo continuar ? Perguntou, queria muito ficar com ela mas não se estivesse incerta de que também queria a mesma coisa.

_ Quero é só que é a minha primeira vez e eu é. ..

_ Prometo que vou ser cuidadoso disse tocando tocando seu rosto suavemente.

_ Confio em  você respondeu simplesmente.

Sentiu o membro dele romper sua virgindade e se afundar dentro de si.

Era uma dor muito intensa e abafou um grito pela dor.

_ Está  doendo muito Gisa? Perguntou preocupado com a sua expressão.

_ Não muito mentiu para que não se sentisse mal.

_ Vou entender se você quiser que eu pare não quero te machucar.

_ Só espera um tempo até passar .

_ Tudo bem vou esperar você me avisar.

Logo a dor começou a dar lugar a uma dormência e pediu pra que começasse.

Maven retirou - se dela e entrou novamente algumas vezes e começou um vai vem ritmado.

A dor tinha dado lugar ao prazer a levando ao êxtase, tudo aquilo era muito mais do que esperava de sua primeira vez, quando chegou ao orgasmo seu corpo inteiro estremeceu lhe oferecendo a melhor sensação que  já  havia sentido logo  ele saiu e dentro dela e gozou.

Depois lhe deu um beijo carinhoso na testa e a abraçou por trás,  antes de pegarem num sono.

Acordou com alguns beijos no rosto na manhã seguinte que provaram a si mesma que aquilo tudo não tinha sido apenas um sonho.

_ Bom dia , disse ele lhe sorrindo.

_ Bom dia.

_ Tá tudo bem com você.

_ Eu nunca estive tão feliz assim antes.

_ Ontem a noite foi incrível eu nunca tinha me sentido desse jeito antes.

_ A sua mãe vai querer me matar quando souber.

_Você vai ficar bem eu juro.

O beijou estava louca por isso mas antes que ele pudesse retribuir sentiram o elevador começando a se mexer outra vez.

_ Me encontra hoje a tarde na biblioteca.

_ Que horas ? 

_ Quando você puder eu vou esperar a tarde inteira se for necessário.

_ Tá bem disse empolgada por ver querer lhe ver outra vez não  a considerava uma diversão de uma noite só.

_Nois vamos precisar fingir agora tudo  bem, não liga pro que eu disser.

Assim que as portas se abriram Maven começou a reclamar com um guarda magnetron que fez o elevador subir e com alguns outros criados por ter que passar a noite dormindo no elevador e escutar as lamentações de Gisa interpretando muito bem o seu papel.

A notícia não demorou muito pra se espalhar na cozinha e Mare foi atrás de Gisa no quarto e a encontrou de banho tomado maquiando seu pescoço ela parecia ter sido pega em flagrante fazendo alguma coisa errada pela sua cara.

_ Estão dizendo  que ficou presa no elevador com o Príncipe Maven é  verdade ? Perguntou direta.

_ É sim. Respondeu.

_Ele tentou alguma coisa com você ? 

_ Não .... é  por que ? 

_ Dizem que ele anda com todas as empregadas pra irritar o pai e vocês dois passaram a noite juntos , seria estranho que não tentasse algo .

_ Tudo bem tentou sim mas eu me fiz de desentendida e ele acabou dormindo feito uma pedra estava completamente bêbado, disse mentindo.

_ Ainda bem que não ficou violento sabe que esses prateados são perigosos.

_ Por sorte isso não aconteceu , vamos trabalhar disse querendo encerrar a conversa  com a irmã pelo menos por enquanto.

_ Vamos.

Assim que as outras criadas a viram começaram a fazer perguntas sobre como tinha passado a noite com o Príncipe torcia pra que acreditassem que não houve nada entre os dois.

_ Fez bem em não se deixar levar por ele como essas  outras garotinhas daqui  iria acabar se arrependendo depois ,disse uma criada mais velha.

 _ Eu não me arrependi se intromenteu outra mais jovem de cabelos loiros.

_ Queria ver dizer isso na frente do seu namorado.

_ Eu nem conhecia o  na época mas  mesmo agora se ele viesse me procurar de novo aproveitaria a oportunidade.

_ Você não tem juízo nenhum garota reeprendeu a mais velha.

_ Não sou a única aqui que já ficou com ele a maioria nessa cozinha ja fez isso e voltaria a fazer.

A outra mulher balançou a cabeça em forma de desaprovação. 

Mas ela continuou a falar dessa vez com Gisa :

_Se aconteceu algo entre vocês não precisa sentir vergonha de admitir pra gente.

_Deixa a garota em paz ela não é que nem você  e essas outras desmioladas que se deitam com esses prateados que depois nem falam mais com vocês .

_ Ele falou comigo denovo sim.

_ Pra pedir mais café só se for , depois que conseguem o que querem de você voltam eles  a te tratar como lixo.

_ Não foi bem isso que me pediu falou maliciosamente.

_ No máximo a paixão dele deve ter durado duas noites.

_ Três mas foram inesquecíveis pra ele também eu tenho certeza.

Após  aquela  conversa se sentiu péssima será que fora somente um passatempo até conseguirem os tirar daquele elevador pra ele ? 

Já devia ter se deitado com metade das criadas do Palácio concerteza não deveria ter significado nada de especial a noite passada.

Tinha agido como uma vadia se entregando tão facilmente aos seus beijos e promessas falsas talvez nem fosse se lembrar do encontro que havia marcado.

Era uma nova ingênua.

Começou a fazer o seu trabalho e não viu  o tempo passando  estava anoitecendo e acabou dando de cara com Maven no corredor saindo da biblioteca enquanto sai de um dos quartos que tinha passado o dia arrumando.

_ Você estava aí o tempo todo e nem foi falar comigo por que ?

_Tava trabalhando respondeu um pouco seca.

_Também não precisa falar assim, parecia quase magoado com aquilo.

_ Noite passada foi um erro, não podemos mais nos encontrar.

_ Foram os melhores momentos da minha vida e da sua também por  que está negando isso ?

_ Quantas vezes você disse isso pras outras que se deitou  até enjoar delas ?

_ É  diferente das outras vezes ,nunca senti isso que sinto por você antes.

_ Já teve o que queria de mim não precisa  ficar brincando comigo  desse jeito.

_ Acha que quero só brincar com você Gisa, eu to apaixonado.

_ E quanto tempo dura seu amor Maven duas , talvez três noites até se cansar e eu ficar sem você e desempregada.

_ Ninguém sabe  quanto tempo um  amor vai durar podem ser semanas  ou até anos o que importa é vivermos o que sentimos um outro .

Aquelas palavras a desarmaram e  ela se atirou nos seus braços ali mesmo antes dele a arrastar para dentro de um do quarto que arresem tinha saído.

Dessa vez ele fora ainda mais apaixonado.

Pensou o resto da noite naqueles momentos.

Passaram se dois dias e ainda não havia sido demitida porém a rainha a olhava como se quisesse mata - lá sempre que a via.

De tanto pensar nela a própria apareceu na sua frente .

_ Se acha que esse seu casinho com meu filho vai durar muito está enganada eu mesma vou por um fim nisso, você não é ninguém perto dele perto de mim disse fazendo com que seu corpo inteiro  começasse a se sacudir. 

_ Vou colocá - la de joelhos aos meus pés como deve ser.

Ela entrou na sua cabeça e Gisa estava lutando a o máximo contra sua influência, Elara percebeu que havia de errado com aquela garota ela já deveria ter conseguido incapacita - lá  totalmente ficou furiosa com aquilo.

O ataque de Elara pareceu ter despertado uma energia diferente de dentro dela algum tipo de poder atravessava seu corpo inteiro. 

E derrapente o corpo de Elara foi atirado contra a parede.

Ela levantou - se em um pulo assim que se recuperou da conexão que tiveram por alguns segundos até dar com a cabeça contra o mármore.

A olhava com uma expressão indecifrável no rosto antes que desmaiasse por sabe se lá o que havia feito.

Acordou um tempo depois no que percebeu serem os aposentos da rainha que a observava.

_ Nunca tinha encontrado alguém como você antes.

_ Como assim alguém como eu ? 

_ Vermelha  e com poderes é in crível , já tinha ouvido rumores, visto pensamento mas até então nunca havia encontrado alguém assim pode ser muito útil.

_ O que está planejando pra mim , perguntou direta.

_ Fazer você entrar  no jogo .

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...