História Give Me Love - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Tags 5 Seconds Of Summer, 5sos, Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford
Exibições 29
Palavras 1.454
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello Hello! Para você que tem bastante idade mas a mentalidade e a alma é de criança. FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!! SEREMOS ETERNAS CRIANÇAS PORQUE NOSSA ALMA NUNCA VAI ENVELHECER.Enfim...Mais um capítulo para vocês. Boa leitura!

Capítulo 11 - Passeio.


P.O.V Jennifer

   Hoje é sábado, finalmente! Eu e os meninos estamos na casa do Ashton,estamos vendo filme. O filme termina e eu resolvo mexer no meu celular.
-Jenni,quer mais pipoca?
-Não valeu.
-Okay.
  Vejo Riley online e resolvo conversar com ela.
"Hey Riley. Tudo bem? XxJenni"
"Sim e você? XxRiley."
"Estou bem,hoje eu e os meninos vamos no cinema. Quer ir? XxJenni"
"Não dá. Vou ir ver meu pai hoje. XxRiley"
"Mas Riley você já viu ele hoje de manhã,precisa sair um pouco. XxJenni"
"Jennifer,eu não estou no clima de sair. Então por favor não insista. XxRiley"
"Tudo bem,se precisar me liga. XxJennifer"
"Okay,tchau XxRiley"
"Tchau. XxJennifer"
Penso em um jeito de alegar a Riley e vejo Mike indo pra cozinha. MIKE! É isso.-Mike!-vou até a cozinha e vejo ele com a boca cheia de pipoca.
-Que?-ele fala de boca cheia.
-Poderia me fazer um favor?
-Qual?
-Quero que vá na casa da Riley e leve ela pra algum lugar,sei lá,só vocês dois.
-Na boa Jenni mas ela não vai querer. Chamei ela pra sair ontem e ela não quis. Quem disse que hoje ela vai querer.
-Qual é Michael. Insista. Divirta ela. Você é bom nisso.
-Mas e o filme?
-Mike,por favor. Te pago uma pizza.
-Okay.
-Obrigado Mike.
-Não esquece da pizza.-ele diz e vai pro andar de cima.
-Não vou esquecer.-grito e volto pra sala onde Luke estava deitado. Me sento e ele coloca a cabeça no meu colo. Fico mexendo no cabelo dele e ficamos vendo TV. Um tempo depois Michael desce arrumado e me olha. Dou um sorriso e ele sai de casa.
-Onde ele vai?Achei que ele fosse no cinema com a gente.
-Ele não vai mais.
-Por que?
-Não sei.-Luke me olha desconfiado mas volta a assistir a TV. Espero que ele consigo alegrar ela.

P.O.V Michael

  Vou pra casa da Riley e penso em onde vou leva-la. Chego na casa dela e toco a campainha. Ela abre e ao me ver fica meio surpresa.
-Michael!?
-Oi.
-O que faz aqui?
-Bem,eu vim te ver já que não estava afim de sair ontem.
-Oh...entendi...Quer entrar?
-Posso?
-Sim. Claro. Entra,fica a vontade. Eu vou avisar minha avó que você está aqui.
-Okay.

P.O.V Riley

  Estava fazendo cookies com a minha avó quando ouço a campainha tocar.
-Querida está esperando alguém?-minha avó pergunta.
-Não que eu lembre.
-Vá atender por favor?
-Tudo bem.-vou até a porta e a abro. Não acredito,o que ele tá fazendo aqui?-Michael!?
-Oi.-o convido pra entrar e vou até a cozinha falar com a minha avó.
-Quem era querida?
-Ah,um...amigo.
-Um amigo?
-Uhum.
-Então deixa eu ir me apresentar.-minha avó diz indo até a sala. Ai droga. Sigo ela e vejo ela conversando com ele.-Você é amigo da minha neta?
-Ah,sim.
-Prazer eu sou a Luíza. Avó da Riley.
-Eu sou o Michael.
-Seu amigo é muito bonito né Riley?-Eita fodeu. Só pode estar de brincadeira comigo. Olho para ele e para minha avó e começo a gaguejar.
-Er...S-sim. Eu to indo ver os cookies.-sai de lá quase correndo e apoio a cabeça na mesa.
-Riley!-ouço Michael me chamar e levo um susto.
-Ah. Oi,que foi?
-Vim ver se você quer dar uma volta?
-Er...Agora?
-Sim.
-Acho melhor não...
-Vá querida. Se distraia um pouco.-minha avó diz entrando na cozinha.
-Okay. Deixa eu me arrumar então.-vou até o meu quarto e me arrumo. Coloquei uma roupa simples mais confortável.
Desço as escadas e vejo Michael se levantar.
-Vamos?
-Sim.-digo e saímos. Ele me leva até o carro e começa a dirigir.-Aonde vamos?
-Estava pensando na gente ir no Park. E ai depois vamos comer pizza. Pode ser?
-Sim.-ele continua dirigindo mas para no sinal. Nisso Holiday do Green Day começa a tocar e começo a cantarolar. Michael me olha e começa a cantar comigo.
-Não sabia que tinha um gosto tão bom para música.-diz ele.
-Pois agora sabe.-digo abrindo um sorriso.
-Por que não quis ir com todos nós no cinema hoje?
-Eu não queria ficar com muita gente.
-Então só nos dois está bom?-diz ele segurando a minha mão.
-Está ótimo.
Continuamos de mãos dadas e ele continua dirigindo.Fico com um pouco de medo por causa que ele está apenas com uma mão no volante,mas por sorte ele dirige muito bem.

P.O.V Luke

-Já tá todo mundo pronto?-pergunta Calum
-Acho que sim.-respondo.-Só falta a Jenni,vou subir e ver se falta muito ainda.
-Tudo bem então.-diz Calum e logo em seguida subo para o banheiro onde a Jenni estava
A porta estava semi-fechada,mas chamei por ela antes de entrar.
-Jenni?
-Pode entrar.
-O pessoal já tá esperando.-digo entrando.
-Eu sei,já to indo.
-Você nunca usa. maquiagem,por que tá usando agora?
-Eu não to usando.
-Então por que tá demorando tanto?
-Essa merda do meu colar saiu,e agora eu não to conseguindo colocar.
-Vira,deixa que eu coloco.-digo e ela se vira e me da o colar para colocar nela,quando acabo de coloca-lo,não consigo me conter,beijo seu pescoço e a abraço.
-Luke,precisamos ir.
-Só mais um tempinho.-digo ainda beijando seu pescoço e ela dá uma risadinha.
-É sério Luke,depois os caras vão ficar enchendo o nosso saco.
-Foda-se eles.
-Luke por favor.
-Aff tá.
-Não vai ficar bravo não né?
-Não.
-A qual é,vai fazer birrinha.-diz ela apertando minhas bochechas.
-Besta.-digo tirando suas mãos de minhas bochecha e a beijo.-Vamos.-digo e ela apaga a luz do banheiro e vamos descendo as escadas.
-Acho que agora está todo mundo aqui.-digo.
-Então vamos antes que a gente perca a sessão do filme.

P.O.V Riley

Nós chegamos ao parque e fomos até um banco que tinha perto de umas arvores,e lá atrás das arvores tinha um lago com patos,junto a um gramado brilhante com várias flores.
-Aqui é muito bonito.-digo.
-Sabia que você iria gostar.-diz Mike se sentando ao meu lado.-Riley...Pelo que aconteceu outro dia...Me desculpe ter ido embora daquele jeito,eu não sabia o que fazer e estava muito confuso com tudo aquilo.
-Mike,não tem problema,eu entendo o seu lado.
-Eu sei mas...Eu fui um idiota...Eu deveria ter ficado lá com você,ainda mais depois do que aconteceu e depois do que você passou.
-Mike,me escuta,não tem problema.Passado é passado.Você se importa comigo e é isso o que importa para mim-digo e suspiro.-eu não sei o que faria sem você.-digo e ele se aproxima de mim,me beijando.
É o 2 beijo que trocamos mas sinto como se fosse o primeiro.Sabe,aquele momento em que você se sente nas nuvens,que se sente em outro mundo,que se sente mais segura,protegida,é tudo isso que sinto quando beijo Michael Clifford.
Quando nos separamos não deixo de notar que 2 pessoas estavam olhando para nós,quando me dou conta de quem eram entro em desespero.
-Mike...Vamos sair daqui
-O que?Por quê?
-Só vamos Mike.
-Me fala o que aconteceu?Eu fiz algo errado?
-Não Mike,só vamos sair logo por favor.
-Meu deus,tá calma.
Levantamos do banco e vamos até o carro novamente. Quando me sento tento respirar um pouco mas quase nem consigo.
-Dá pra me explicar o que foi isso?-pergunta ele.
-Hãm...Podemos falar disso depois por favor?
-Fala logo Riley!Estamos sozinhos aqui.
-Tá...É uma longa história.
-Temos muito tempo.
-Ok...-digo suspirando e dou uma pausa.-Quando eu era do infantil,apenas uma criança,eu tinha uma amiga,uma melhor amiga,ela se chamava Crystal...-dou mais uma pausa novamente,pois estou muito nervosa ao contar isso para o Michael-Só que ela era uma daquelas que aprontava demais na escola,eu nunca me metia nisso mas ela tentava fazer de tudo para eu ajuda-lá em suas malandragens...Anos depois,quando estavamos na 6º série,ela foi longe demais e acabou fazendo com que um dos alunos parasse no hospital.Eu era a única que sabia quem tinha feito aquilo e a diretora passou amedrontando cada aluno da escola.Quando chegou na minha vez eu não tive outra escolha a não ser falar que tinha sido ela.Quando a diretora ficou sabendo ela expulsou a Crystal da escola e como consequência ela acabou perdendo a bolsa que ela ganharia para uma escola que era o sonho dela.Desde então ela fica me atormentando.Mas eu me mudei de cidade e não vi mais ela nos ulimos 2 anos.Mas agora ela reapareceu mas não sozinha,com uma menina chamada Arzaylea.Eu estou com muito medo do que pode acontecer pois foi por causa dela que eu comecei a me cortar...E fazer outras coisas também.
-Meu deus Riley...
-Eu tenho medo do que ela pode fazer,por causa dela eu fiquei desse jeito e eu não quero ter que ficar assim de novo logo agora que estou me recuperando!
-Riley,fica tranquila que eu vou ficar aqui com você,eu te protejo delas,não precisa temer mais nada.
-Obrigada Mike,você não sabe o quanto isso é importante para mim.-digo abraçando-o.
-Eu sempre estarei com você.-diz ele apertando mais o abraço.-sempre.


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Espero que vocês tenham tido um feriado incrível.Até a próxima att. BEIJOS DE NUTTELA<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...