História Giving me a chance - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Zendaya
Personagens Justin Bieber, Zendaya
Tags Colegial, Justin Bieber, Zendaya
Visualizações 35
Palavras 514
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 8 - It's not my fault


Fanfic / Fanfiction Giving me a chance - Capítulo 8 - It's not my fault

Justin Bieber P.O.V

Depois daquela notícia eu não havia conseguido dormir, não estava conseguido fazer o que eu queria que era só relaxar. Eu não estava conseguindo respirar direito.

Derrubei as coisas que estavam em cima da escrivaninha, pensando que poderia ser tudo minha culpa, mas não era eu não obriguei ninguém a nada. Eu não fiz nada.

Me joguei na cama com uma forte culpa e vontade de chorar, me sentia um idiota, eu a tratava como um lixo. Fiquei deitado na cama refletindo até que senti o sono, não lutei contra ele.

Sonho On

Maria estava linda, com a roupa branca e uma coroa de flores, correndo por um gramado, sorrindo como nunca tinha a visto sorrir, e que sorriso lindo ela tinha. Eu corria atrás dela, sorrindo também, nós parecíamos duas crianças brincando de pega pega.

Quando eu consegui pegar no braço de Maria, ela somiu e o cenário somiu também, mostrando agora a quadra dá escola. Começei a andar até que escutei um baralho de água, olhei para o chão e era sangue, segui o mesmo encontrando o corpo da Maria no chão, ela estava morta. Tentei correr, mas quanto mais eu tentava menos eu saia do lugar, eu não consiga mais mexer meu corpo.

Sonho off

Acordei assustado e com gostas de suor por todo o meu corpo, com a respiração ofegante. Sentei na cama e passei as mãos no cabelo, respirando fundo, olhei o relógio e faltava bem pouco para o mesmo tocar, já o desliguei e fui direto para o banho, vesti minhas roupas e fui para a escola, chegando pela primeira vez em todo o ano sem atrasos.

Reparei no quanto nada mudou na vida das pessoas ao que aconteceu com Maria, e começo a me perguntar se essas pessoas se importam com alguém além de si? Se fosse eu, será que iriam se importar ou iriam comemorar e torcer para que eu tivesse morrido?

Parei de pensar nessas coisas e fui para sala, percebendo a cara de surpresa do professor por me ver entrar.

— Sempre existe uma primeira vez, não é mesmo Justin?! - O olhei e sorri forçadamente.

Antes de sentar fui surpreendido por Chris me empurrando de maneira bruta.

— Está feliz? Está feliz agora Justin? — Falou me empurrando novamente, já me irritando.

— Qual foi Chris? Tá maluco?— Lhe empurrei também.

— Ela só fez aquilo por causa de tudo que passou aqui, de todo o inferno que você... — colocou o dedo na minha cara. — E todo mundo fazia com ela. Ela não fazia mal a ninguém, mas mesmo assim vocês a tratavam mal. Porque você são uns lixos de seres humanos. — aumentou o tom de viz para que todos pudessem ouvir, acertando logo em seguida um soco em minha cara, quando me preparei para lhe retribuir o soco o professor interrompeu.

— Ja chega, os dois para a diretoria — disse o professor fazendo todos os olhares se voltarem para ele. — Justin, se você vir cedo quer dizer arrumar confusão, então é melhor chegar atrasado.


Notas Finais


Gente, só quero dizer que os capítulos estão pequenos, porque escrevo pelo celular e acabo não tendo noção do tamanho. As vezes pra mim o capítulo já ta grande, ai posto e só tem 500 e poucas palavras, mas eu vou melhorar podem deixar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...