História Glass Bridge - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Carla Tsukinami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori
Tags Amor, Ayato, Beijo, Carla, Demonios, Diabolik Lovers, Fanfic, Ficção, Fundadores, Glass Bridge, Hentai, Incesto, Kanato, Karl Heinz, Karlheinz, Kiss, Komori, Laito, Lua, Lua De Sangue, Masoquismo, Noivado, Ponte De Vidro, Reiji, Romance, Sadomasoquismo, Sakamaki, Sakamakis, San-san, Sexo, Shin, Shuu, Subaru, Tougo, Tragedia, Tsukinami, Tsukinamis, Vampiros, Visual Novel, Yui
Visualizações 222
Palavras 1.500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Kodomo, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


san-san: Olá pessoal ~ *^* ~ Como vocês estão? Hehe~♥ Primeiramente eu quero vos agradecer, por terem realmente me
deixado feliz! Hoje faz exatamente uma semana que eu postei a fanfic, e olha só! Batemos recorde de comentários
ontem, estamos com mais de 90 favoritos, e sinceramente tudo isso em uma semana!

Eu fiquei tão feliz que sinceramente... ♥ Só posso agradecer a todos vocês, por todo o carinho que estão dando
a fanfic! E peço que continuem assim! Comentando, me dizendo o que estão achando sinceramente, pois isso
me ajuda muito! Sério mesmo! Tivemos muitos comentários de auto-ajuda, para que eu melhorasse a minha escrita.
e prestasse atenção em certos detalhes, e isso sinceramente me ajudou a rever várias coisas, além de
comentários com críticas a personalidade da protagonista, que estão de parabéns! Pois foram as únicas
pessoas a notarem que a protagonista é boa em excesso, e esse é o ponto chave da mudança da história ♥


Espero que gostem desse capítulo! ♥ Vai ser bem tenso, aviso logo! E não se esqueçam de comentar e ler as notas finais!

Capítulo 6 - Capítulo Cinco: O diamante de vidro.


Fanfic / Fanfiction Glass Bridge - Capítulo 6 - Capítulo Cinco: O diamante de vidro.

[…]

 

Mesmo as vagas memórias e risos vagos…

Cobram da minha alma a verdade ao longo do tempo.

No entanto, que verdade seria essa?

Porque eu continuo insistindo a mim mesma, que eu estou vivendo uma mentira?

 

A bondade em mim é uma camada que esconde a maldade, a doçura das minhas palavras é carregada de veneno, e eu percebo isso ao longo do tempo.

Ao longo do tempo… o quanto eu perdi?

 

Meu coração que era feito de um tipo de diamante indestrutível, talvez seja barato e frágil como o vidro.

 

~*~

 

S-Shin-Onii-san…-Hanamaru chamava-o surpresa pelas palavras do mais velho, encarando-o com os olhos arregalados.

 

Shin, que até então estava sério, levou uma de suas mãos até a sua boca, cobrindo-a suavemente com certo constrangimento. Ele enfim havia percebido o peso das suas palavras, e de alguma forma, até mesmo ele, sendo uma criatura cheia de ego, sentiu-se envergonhado.

 

—Eu falei sério, então pare de chorar. Agora…-O Tsukinami ordenava voltando a sua costumeira face de olhar superior, percebendo então que um singelo sorriso brotou nos lábios de Hanamaru. —Porque está rindo, sua garota boba? -Shin indagava estreitando suas sobrancelhas. —Por acaso fui engraçado? -Perguntava insistindo em obter uma resposta.

 

—N-Não… -Respondia-o calmamente com um belo sorriso. —Mas, vejo que está tentando me animar um pouco. E isso é realmente… adorável? -Indagava inclinando sua cabela para o lado, ousando usar a palavra adorável para Shin, que parecia surpreso e indignado. —N-Não fique bravo, Shin-Nii-san. -Hanamaru pedia com um bico em seus lábios, voltando a abraçá-lo fortemente.

 

Estou tentando animá-la. -Confessava sinceramente ou não, afinal estava escondendo suas reais intenções. —Ficou muito assustada, o que exatamente lembrou-se? -Shin perguntava estreitando suas sobrancelhas, pois de fato estava preocupado.

 

Sabe… aquele homem, realmente me maltratava as vezes, sem motivos aparentes, apenas… porque desejava.-Começava explicando em um tom suave, soltando um grande e longo suspiro. —Ele usou uma frase… dizendo que precisava implantar o mal e o pecado em mim… e disse algo sobre coração de diamante… -Hanamaru dizia em um tom baixo, encolhendo-se nos braços do Tsukinami.

 

O que diabos ele queria dizer com isso…?-Perguntava-se em um murmúrio, alisando os longos cabelos de Hanamaru, até ouvir a porta ser aberta. —Nii-san. -Shin chamou-o ao ver que era Carla.

 

Assim que Carla entrou nos aposentos de Hanamaru, viu a cena de Shin a abraçando com força e Hanamaru simplesmente correspondendo-o. Mesmo que ele não quisesse sentir-se assim, seu coração simplesmente apertou-se e sua garganta ficou seca.

 

Era incômodo admitir, mas quando ele se esforçava para que Hanamaru fosse próxima e confiasse nele, Shin já tinha o carisma de conquistar a confiança e a atenção da pequena Tsukinami naturalmente, e tal coisa fazia-o ficar frustrado.

 

O que está acontecendo aqui? -Carla apenas perguntava, caminhando em passos lentos até os dois, parando de pé bem próximo a eles.

 

—Não entenda mal.-Shin pedia franzindo suas sobrancelhas, ao ver o descontentamento do mais velho.

 

Não pensei em nada. -O mais velho retrucava cruzando seus braços, pairando então seu olhar sobre Hanamaru. —O que houve? -Carla indagava diretamente, vendo que ela ainda estava assustada.

 

Shin então contou a história que Hanamaru lhe contou, cortando os detalhes desnecessários para que a pequena garota não se assustasse novamente, lembrando-se. Carla parecia um tanto surpreso ao ouvir o termo “coração de diamante”, e isso despertou a curiosidade de Shin.

 

—Conhece essa frase? -Shin indagava arqueando uma de suas sobrancelhas. Ele voltava seu olhar em seguida à Hanamaru, que momentaneamente separou-se dele, para ouvir o que o Tsukinami mais velho tinha a dizer sobre o seu sonho, que na verdade era uma memória fragmentada.

 

—“Coração de diamante”, era um termo que o nosso pai usava, para simbolizar o mais forte dos fundadores. -Carla dizia em um tom firme, surpreendendo os mais novos. —É uma lenda, de acordo com o nosso pai, Giesbach, dentre os fundadores, nasceria um que possuía um coração feito de diamante. Ele deveria ser a personificação do mal e ter poderes para destruir todas as raças. -Explicava pairando seu olhar em Hanamaru.

 

M-Mas… isso é somente uma lenda, certo?-Hanamaru indagava em um tom preocupado, agarrando suas mãos trêmulas na barra da camisa de Shin.

 

Sim, até então. -Respondia-a soltando um grande e pesado suspiro. —Para evitar que isso acontecesse, Giesbach procurou manter-nos bem e ter um Reino seguro. Mas… agora eu entendo, porque ele tinha um grande cuidado com Hana. -Carla dizia em um tom firme, apertando suas têmporas.

 

 

Naquele tempo, Giesbach, o pai dos Tsukinamis e o antigo Rei, junto de Krone, sua esposa e mãe dos Tsukinamis, tinham o total cuidado com Hanamaru, mantendo-a longe de tudo o que mal e ruim. Mesmo sendo uma criatura forte sendo uma Fundadora, ela cresceu como uma garota comum, sendo mimada por seus pais, e até mesmo por seus irmãos.

 

Carla e Shin nesse momento, lembravam-se exatamente disso. Hanamaru era realmente tratada com um cuidado em especial, e por conta disso, tem essa grande personalidade boa, tornando-se até mesmo inocente demais e ingênua demais.

 

Porém, naquele momento, algo a mais passava na mente deles. No momento em que Karl Heinz a capturou, a realidade de Hanamaru mudou drasticamente, e sendo assim, se ela realmente possuísse o coração de diamante, ela se tornaria a própria destruição, pois ele estava ensinando a ela a maldade em si.

 

Mas, no final de tudo, ele guardou as memórias de Hanamaru até mesmo do tempo em que ela ficou presa, deixou-a confusa e aprisionou os sentimentos ruins dentro do selo, e agora, os Tsukinami entendiam isso.

 

Hanamaru não se lembra de quase tudo, e isso ficou claro com esse sonho. Ainda há peças que não se encaixam nesse quebra-cabeças, no entanto, o pensamento deles estava indo pelo caminho certo.

 

Por enquanto… Não tente se lembrar de nada, Hana. -Carla pedia surpreendendo a pequena Tsukinami.

 

P-Porque? -Indagava um tanto surpresa pela decisão do mais velho, afinal ela ainda não sabia de nada. —E-Eu quero me lembrar de vocês… -Hanamaru confessava com um olhar triste e cabisbaixo.

 

Porque pode ser perigoso, Hana… -Shin dizia com certa suavidade em sua voz, beliscando a bochecha da pequena garota. —Ainda precisamos confirmar muitas coisas, mas ao que tudo indica, Karl Heinz não lhe abandonou durante aquele tempo atoa. Provavelmente ele queria que você por si mesma, saísse e conhecesse as maldades do mundo… -Confessava alisando suavemente a bochecha de Hanamaru, sentindo o olhar de Carla queimar sobre si.

 

Deixe-a descansar. -Carla pedia com certa firmeza em sua voz. —Acho que está na hora de perguntarmos diretamente a ele. -Dizia vendo Shin concordar.

 

A humana ficará aqui com você, chamaremos ela. -Shin certificava-se de acalmar Hanamaru primeiro, e ao vê-la concordar, levantou-se com certa hesitação. —Durma, certo? É para dormir. -Dizia vendo-a acenar com um pequeno sorriso.

 

Assim que os Tsukinami colocaram-na para dormir novamente, levantaram-se e caminharam rumo a saída do Castelo. Eles estavam decididos a colocar um ponto final naquilo tudo, e assim, seguiram ao local onde sabiam que aquele homem estaria naquela noite.

 

 

~*~

 

Por ser um político famoso no mundo humano, ele Karl Heinz, era conhecido por seu nome no mundo humano, de Sakamaki Tougo.

 

Naquela noite, haveria uma festa para políticos, onde as famílias de quase mais alta, e antigas na sociedade, foram chamadas. Como os Tsukinami sabiam disso? Eles eram ricos, e uma família antiga também. Mesmo que tenham chego a pouco tempo no mundo humano, o talento para persuadir e infiltrar-se na sociedade, era algo nato vindo de não-humanos.

 

Não foi difícil descobrir que a festa seria em um hotel, e que “Sakamaki Tougo” estava hospedado em um dos quartos. Apenas achar o cheiro mais desagradável, era o suficiente para encontrá-lo, e assim, os dois Tsukinamis entraram sem pedir licença, na suíte luxuosa de Karl Heinz.

 

O Ambiente com paredes em tons pastéis vinho, tapetes felpudos, poltronas de couro, e uma enorme cama com ao lado, uma porta onde seria o banheiro, assim poderia ser descrito o quarto do político. Ao fundo, sentado a beira da cama com um sorriso de canto, estava ele, esperando atenciosamente pelos dois Fundadores.

 

—Creio que realmente demoraram para descobrir tudo. -Karl Heinz, começava dizendo inclinando sua cabeça para o lado, vendo os dois Tsukinamis contorcerem as suas faces. —Esperava mais dos Fundadores. -Completava com certo sarcasmo.

 

—Se sabe que aquele quem possuí o “Coração de Diamante”, pode destruir todas as raças, porque quer despertá-la? -Carla indagava em um tom ríspido, sentindo seu estômago revirar ao ter que olhar para o homem que matou seus pais e fez tudo de ruim a sua família, apenas por egoísmo e poder.

 

Não seja ingênuo. Ela terá o poder, mas somente aquele que a domar poderá usá-la. -Dizia levantando-se com um sorriso torto. —Mas, sabe… Creio que o termo certo, seria “Coração de Vidro”. -Corrigia-o falsamente. —Sua irmãzinha realmente é frágil como vidro. Diamante? Ela cresceu para ser simplesmente usada, como eu fiz tantas vezes… -Karl Heinz confessava em um tom maldoso. —É uma pena que ela não tenha gerado um filho meu...


Notas Finais


----------------------------------♥IMPORTANTE♥--------------------------------------------------------------
san-san: Primeiramente pessoal! Para aqueles que ficaram confusos em relação as memórias da Hanamaru, que realmente precisam ser lidas com atenção e profundidade para entender, eu preparei um comentário que irei deixar nos comentários, com dois pontos que vocês precisam manter em mente, para entender o decorrer da história <3 Agora vamos a uma pequena divulgação!

ALGUÉM DAS MINHAS LEITORAS GOSTA DE BTS? POIS EUZINHA GOSTO♥
ENTÃO! Minha best amiga duprinha Maevie, postou uma fanfic de BTS, porém como as fanfics de BTS tem uma demanda muito grande, fanfics muito boas como a dela, acabam flopando (ninguém vê), então eu espero que quem goste, ou até mesmo quem não goste, dê uma olhadinha, pois o enredo realmente está muito bom! E TEM O MEU LIKE ♥

ENTÃO! Eu deixarei aqui a sinopse e o link! Espero que ajudem ela com a força de vocês, pois acredito em vocês! <3


•Sinopse•

Onde Jimin passa todos imediatamente param o que estão fazendo para voltar seus olhares para ele. Definitivamente, ele possui a habilidade de fazer qualquer garota suspirar apenas com um mísero olhar. Todos que convivem com o Park estão cientes de sua personalidade estranha e atraente, horas gentil, horas bruto. Ele e seus amigos são o sonho de consumo de várias pessoas de Busan e Jimin sempre faz questão de aproveitar tal fato.

Já Shin Mi Cha, uma bela estudante de medicina, tem tudo o que quer e mais um pouco. Roupas caras, bolsas de grife, boas notas na faculdade. Definitivamente, a vida de Mi Cha é basicamente perfeita e com um futuro à prova de falhas aparentes, uma garota popular que terá uma vida de sucesso... Nada mais que perfeito para ser o orgulho dos pais.

Os caminhos dos dois acabaram por se cruzar em uma situação estranha e realmente incômoda. Agora Jimin terá que aguentar o ego irritante de Mi Cha e lhe ajudar em uma investigação pessoal, que nem ele próprio sabe como ficou envolvido.


Link:https://spiritfanfics.com/historia/trouble-park-jimin-9931324

Espero que gostem!♥

E espero que tenham gostado do capítulo! Não se esqueçam de comentar! Pois é aquilo! Se batermos a meta de 15 comentários, tem capítulo novo amanhã!
E leiam o comentário auto-explicativo! Obrigado por ter lido até aqui!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...