História Glass Doll (Imagine Kim Namjoon) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Dono, Imagine, Luxo, Namjoon, Prostituta, Rap Monster, Romance, Submissa
Exibições 786
Palavras 1.441
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi xuxus, perdoem a tia e não me matem pela demora <3
62 favs desde o último capítulos, cês são demais, puta merda, muito obrigada u.u
queria aproveitar pra divulgar a minha nova bebê (vai estar nas notas finais pra quem gostar de imagine jimin tá?)
espero muito que gostem <3

Capítulo 12 - Grávida?


Fanfic / Fanfiction Glass Doll (Imagine Kim Namjoon) - Capítulo 12 - Grávida?

Desci do colo do Tae e então fui até o Jimin, o abraçando com a mesma intensidade.

-Senti sua falta –ele disse me dando um beijo na testa.

-Também senti a sua, anão.

-Falou a Branca de Neve agora –sorriu e então nos afastamos.

-Meu bebê tá aí? -perguntei me referindo ao Jungkook e ele simplesmente teve um surto de riso- Tá rindo do que, palhaço?

-Lembrei daquele dia, lembra Tae? -perguntou e logo o irmão se aproximou começando a gargalhar também.

-''O Jungkook é um nenê'' -Tae disse imitando minha voz e logo entendi a referência.

-Vão se foder, retiro o que eu disse, não senti falta de ninguém não.

-Então não tem como ficar aqui, pode ir embora –Jimin disse sorrindo e o abracei.

-Voltei a te amar –sorri.

-O Jungkook tá no quarto do Tae, pode ir lá -balancei a cabeça concordando.

-Deixa só eu apresentar a minha nova amiguinha pra vocês -falei puxando a Yoon pelo braço- Essa é a Yoon, esses são Jimin e Taehyung –apontei respectivamente pros irmãos e ela sorriu.

-Prazer em conhecer –Jimin disse dando um beijo na mão da garota, tão fofo.

-Isso é uma pelúcia de Chopper? -Tae disse assim que viu a pelúcia que se referia ao anime One Piece pendurado na mala da garota.

-É sim –ela respondeu animada.

-Meu Deus, você viu que saiu episódio novo hoje?

-Sério?

-Aham, vem aqui –puxou a garota pela mão e a conduziu até o sofá, logo conectando o notebook com a televisão para que assistissem ao tal anime.

-Acho que eles vão se dar muito bem –Jiminie disse sorridente ao ver o irmão empolgado.

-Espero que sim, bom, vou lá ver meu amorzinho –falei e ele apenas balançou a cabeça concordando.

Fui até o quarto e vi Jungkook deitado na cama, com a camisa branca aberta e a calça preta de couro que marcava bem suas coxas grossas e definidas.

-_______ –me encarou assustado e então abotoou a camisa, se sentando na cama rapidamente.

Nem precisava ter fechado a camisa Kook, estava lindo assim.

-Vim te ver, Jimin disse que estava no quarto do Tae e eu achei que não ia incomodar...

-Você nunca incomoda, vem, senta aqui –disse dando tapinhas no colchão, me chamando para sentar ao seu lado.

Sentei e o abracei de lado, encostando a cabeça em seu ombro.

-Fiquei sabendo do que aconteceu, brigou muito feio com o Nammie? -perguntou passando as mãos em minhas bochechas.

-Não muito, só preferi não ficar perto dele enquanto ele não se resolve com a esposa.

-Você gosta dele né?

-Não sei, mas me incomoda saber que tem outra garota envolvida.

-É por isso mesmo ou tem algum outro motivo?

-Deve saber o que ele fez com o Yoongi...

-Sei, você pegou dor pelo hyung, é isso?

-Tipo isso, acho injusto o Namjoon ter feito isso e ninguém ter tomado uma providência.

-Vou te contar uma coisa tá? Mas não fala que fui eu que contei.

-Pode falar.

-O Nammie tem inveja do Yoongi, ele sempre teve tudo que ele queria, e obviamente a Hailey era uma dessas coisas. Mas só tem uma coisa que o Namjoon tem e o Yoongi não...

-O que?

-Você. Você é a única coisa que só o Nammie tem, então quando você falou que queria ficar com o Yoongi foi como se você dilacerasse o coração dele, está perdendo a única coisa que ele tem.

-Ele tem a Hailey.

-Ele nem gosta dela mais, isso ficou tão claro naquele jantar. Você precisava ter visto a raiva com que ele bateu a taça na mesa, achei que ia até quebrar, tudo isso por ter te visto beijando o hyung.

-Sério?

-Claro, acho que a Hailey chegou a reparar, o ódio foi tão grande que parecia que ele soltaria fogo pelos olhos ou sei lá, talvez espancasse o Yoongi. Tudo que ele tem hoje foi por causa dele, a esposa, até o investimento na empresa. O hyung que deu o pontapé inicial pra carreira de estilista dele, se não fosse por isso talvez nunca teria a fama que tem.

-Quer dizer que eu fui a única coisa que o Nam não dependeu do Yoongi?

-Exatamente. Mas chega de lembrar do que aconteceu, o que acha de irmos dar uma volta num parque aqui perto?

-Claro, vai me fazer bem desligar um pouco desse assunto.

Levantamos e então Kook colocou uma camisa quentinha xadrez ao meu redor.

-Pode acabar ficando com frio –sorriu e então saímos do quarto.

Chegando na sala vi Jimin jogado na poltrona enquanto comia um pouco de salgadinho e mexia no celular. Tae comentava e apontava empolgado pra TV enquanto abraçava a tal pelúcia, Yoon sorria animada assim que sentiu o braço do ruivinho ao seu redor, pareciam duas criancinhas.

-Aleluia alguém que não grita Luffy vinte vezes por minuto –Jimin disse rindo e encarou disfarçadamente o irmão que logo mostrou a língua.

-Vamos dar uma volta no parque? -Kook perguntou e todos concordaram na hora.

Levantaram rapidamente e então fomos conversando e caminhando até o tal parque. Cheio de flores cerejeiras e pessoas de mãos dadas caminhando calmamente pelo trecho florido.

Como já estava escuro as luzes começaram a acender pelo caminho, tornando o lugar ainda mais lindo.

-É tudo tão romântico por aqui –Yoon disse encantada ao observar as pequeninas flores.

Tae subiu em um banco, arrancou um ramo da árvore e entregou pra ela, que cheirou as flores e sorriu.

Sentamos em um dos bancos e ficamos observando os casais e as criancinhas que passavam correndo por ali, era uma sensação da mais intensa paz e tranquilidade, poderia passar o resto da minha vida sentada nesse mesmo banco se eles ficassem aqui comigo.

Deitei no ombro do Kook e alguns minutos depois um moço passou vendendo sorvetes de potinho, compramos um pra cada e começamos a tomar. Jimin passou um pouco do doce na minha bochecha e pra vingar passei sorvete no nariz do Kook que sorriu sem graça, ele passou um pouco na testa do Tae e o ruivo passou nos lábios da Yoon, que instantaneamente deu um beijo na bochecha dele, o que o fez corar.

Só vi Jungkook e Jimin começarem a cantar Ice Cream Cake e Yoon enfiar a cara entre as próprias mãos.

É pedir demais que esse dia seja infinito?

Namjoon P.O.V

Eu sei o jeito perfeito de como fazer a _______ desistir de toda essa loucura de venda pro Yoongi. Só preciso terminar esse desfile e voltar o mais rápido possível pra Coréia antes que essa garota acabe comigo.

No dia seguinte...

O desfile foi um sucesso, várias marcas internacionais se interessaram e até se ofereceram pra fechar contrato com a RM, o que com certeza será um grande avanço na minha carreira.

Mas nunca imaginei que sairia tão rápido de um evento como esses, mas precisava pegar o voô.

Um dos produtores me levou até o hotel, peguei minhas malas e seguimos para o aeroporto.

Agradeci ele e corri pra dentro do local.

-Moça, por favor, eu comprei uma passagem pra Seul pela internet e vai sair logo –disse mostrando o comprovante.

Ela liberou a passagem e então corri até a sala de embarque, o avião tinha acabado de pousar e então corri até o mesmo. NY sempre foi minha paixão mas estava fugindo daqui tão desesperado que até eu mesmo estranhei.

Você mexe tanto comigo, _______

Espero que ela tenha cumprido a tal promessa de se manter afastada e sem relação nenhuma com o Yoongi durante o fim de semana.

Entreguei minhas malas para que colocassem no bagageiro e entrei no avião, me ajeitando na poltrona. Deitei e fechei os olhos para que de certa forma a viagem passasse mais rápido.

Não funcionou muito já que são 12 horas dentro daquela merda, mas o que importava é que finalmente tinha chego.

Desci no aeroporto, peguei minhas malas e enquanto caminhava até a entrada do lugar já ligava para o táxi. Demorou uns vinte minutos para o mesmo chegar, entrei nervoso e encostei a cabeça na janela, esperando até ver minha casa.

Paguei o senhor e fui caminhando enquanto puxava as malas pesadas até a porta de entrada. Respirei fundo e coloquei a chave na porta.

Você vai me odiar tanto Hailey, mas é o certo a se fazer.

-Nós precisamos conversar –disse assim que abri a porta.

A vi chorando no sofá e então preocupado me sentei ao seu lado.

-Você ia terminar comigo não é? -disse desesperada entre soluços- Vai, faça isso logo antes que eu te diga a novidade.

-Que novidade? Do que você tá falando?

-Eu tô grávida, Namjoon.


Notas Finais


fic do anãozinho mais lindo do universo: https://spiritfanfics.com/historia/we-dont-talk-anymore-imagine-park-jimin-7090344
Yoon e Tae meu segundo otp da fic <3 (ele foi o mais votado inclusive, seguido pelo Kook, mas já tem uma menininha reservada pra ele e vai surgir no próximo cap inclusive)
a naja vai ter um bebê
espero que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...