História Glass Heart - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Suícidio
Exibições 22
Palavras 515
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lírica
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


É incrível o que a madrugada pode fazer com um autor kkkkk

Espero que gotem. Primeira original.

Enjoy ^.~

Capítulo 1 - Coração de Vidro


Fanfic / Fanfiction Glass Heart - Capítulo 1 - Coração de Vidro

"Coração feito de vidro. Ora corta, ora quebra..."

 

O fim de tarde era morno. A brisa silenciosa acariciava a pele clara do rosto daquela que jazia na varanda repousando sobre a rede que balançava lentamente, enquanto os olhos claros fitavam no horizonte o sol se pôr vagarosamente. Aos poucos o céu era tingido de laranja e vermelho anunciando que logo a noite chegaria. As pequenas mãos brincavam com uma mecha dos fios negros e cacheados que lhe caiam sobre o busto. Assim como o movimento da rede e o pôr do sol, seus pequenos dedos lentamente deslizavam pela mecha macia.

A mente era arrastada para milhares de pensamentos, ela já sabia de cór, pois todas as tardes eram iguais. Todas as tardes seus pés se moviam e lá estava ela uma vez mais naquela rede observando o sol se esconder. Ela já sabia que os pensamentos fariam com que em seus lábios se formasse uma tênue linha se aproximando de um discreto sorriso, mas que logo o mesmo seria tragado e daria lugar a um semblante triste e amargurado, seus olhos verdes perderiam o brilho, e seu coração uma vez mais saborearia o vazio.

Ela sorria, sim... ela sempre sorria, sempre dizia que estava bem. Acreditava ser a pessoa mais forte do mundo e nada poderia derrubar suas muralhas fortificadas. Nada poderia quebrar seu coração de elástico, nada poderia perfurar sua pele impenetrável e fria. Era no que ela acreditava e fazia aqueles ao seu redor acreditar.

Uma lágrima rola marcando sua pele clara, um arrepio faz seus pelos eriçarem e soluços logo ecoam pela varanda. A solidão nunca fora tão grande, sua dor era palpável. Qual o sentido de ainda se estar viva? Divagava enquanto sentia as lágrimas salgadas repousarem em seus carnudos lábios. Estava cansada, sua alma doía e sua mascara aos poucos se quebrava. Logo todos saberiam, quão fraca ela era, o quão sensível era sua pele quente, e quão frágil era seu coração de vidro...

Os passos eram lentos, a noite já chegara fria e assombrosa. A lua cheia iluminava o caminho por onde os pés descalços trilhavam. Os longos cabelos que emanavam um cheiro fresco de camomila dançavam com o vento. O vestido sutil amarelo seguia o mesmo ritmo dos cabelos.

Ela já não chorava mais, não se lembrava mais. Sua mente se esvaziou com um suspiro leve e aliviado, como se todo o peso de seus ombros estivessem sendo retirados. O som do mar batendo contra a parede do penhasco lhe chegava aos ouvidos como uma sinfonia. O cheiro da maresia era como perfume. E como se estivesse se rendendo a moça abre seus braços fechando seus olhos se entregando. Enquanto caía permitiu-se esboçar um último sorriso, mas esse não era como os outros... Fora o primeiro sorriso sincero que dera desde que ele fizera seu coração sangrar.

Ela se sentia liberta finalmente, quando finalmente o corpo bateu contra a água fria, o mar aos poucos lhe puxava para si. Era confortável, pois não sentiria mais dor. Apenas sentia seu pequeno corpo afundando lentamente, e sua consciência se esvair...


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Não esqueçam de favoritar e deixar seu coment u.u

Beijo beijo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...