História Glee Brasil - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee
Personagens Personagens Originais
Exibições 1
Palavras 1.471
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Nudez, Pansexualidade, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Para melhor leitura, use o YouTube para ouvir as músicas da história que estarão com o título em negrito.

Capítulo 2 - A Seleção


Fanfic / Fanfiction Glee Brasil - Capítulo 2 - A Seleção

-Matheus Henrique. - Amanda citava, um pouco impaciente. Ela estava sentada numa das primeiras fileiras do auditório, com uma papelada de inscrição nas mãos. Ao seu lado, estava Renato, um pouco entediado. Na última semana, os dois colocaram avisos no colégio para uma seleção de um grupo de canto. Eles até impressionaram com o número de inscrição, cerca de quatorze. Mas, as últimas noves audições não foram nada do que eles desejavam.

Amanda não aprovou nenhum, e agora está prestes a ouvir Matheus, um jovem garoto com um cabelo loiro platinado caindo do lado esquerdo do seu rosto. Ele usava uma jaqueta jeans acima do seu uniforme. Matheus sobe no palco e se prepara para cantar com alguns sons estranhos.

-Pronto, já aqueci minhas cordas vocais. - Ele dizia encarando Amanda. A garota já pensa que estará perdendo tempo, e levanta, cochichando para Renato. - Pode, ficar avaliando agora. Preciso de... Um pouco de ar fresco.

Renato percebeu que ela estava começando a ficar desesperançosa. Ela estava levando o concurso para o grupo musical muito a sério. Renato assente e Matheus fica um pouco incomodado com a saída repentina de Amanda.

--Fique tranquilo. Ela só... Precisa ir ao banheiro. - Mente Renato. Matheus então pigarreia e começa uma acapella de Diamonds, da Rihanna.

"Rihanna - Diamonds"

Shine bright like a diamond

Shine bright like a diamond

Find light in the beautiful sea

I choose to be happy

You and I, you and I

We’re like diamonds in the sky

You’re a shooting star I see, 

A vision of ecstasy

When you hold me, I’m alive

We’re like diamonds in the sky

I knew that we’d become one right away

Oh, right away

At first sight I felt the energy of sun rays

I saw the life inside your eyes

So shine bright tonight

You and I

We’re beautiful like diamonds in the sky

Eye to eye,

So alive

We’re beautiful like diamonds in the sky

Shine bright like a diamond

Shine bright like a diamond

Shining bright like a diamond

We’re beautiful like diamonds in the sky

Shine bright like a diamond

Shine bright like a diamond

Shining bright like a diamond

We’re beautiful like diamonds in the sky

Ao cantar, Matheus mostra uma boa tecnica vocal e conhecimento da musica. Amanda para no corredor, a caminho da saída, um pouco surpresa. Ela vira para trás. No refrão, Matheus fica bem animado e dá um show para todos. Amanda corre até o palco, e Matheus finaliza a música com um sorriso.

-Você está dentro, claro. Matheus Henrique, pode anotar aí Renato. - Amanda diz. Matheus inclina o corpo para frente, agradecendo a todos e corre, descendo as escadas nas laterais do palco até uma garota de cabelos loiros e liso. Sua melhor amiga, Louise.

Ela o abraça. -Eu sabia que você ia conseguir. - Ela diz, e Matheus acaba sentando numa poltrona da primeira fileira, já que o nome da garota foi anunciado.

-Louise Damasceno. - Amanda anunciava, animada e sentando em sua cadeira. Renato dá um sorriso. Essa garota muda constantemente de humor.

Louise percebe que pode começar e começa a cantar Ivete Sangalo, Farol.

"Ivete Sangalo - Farol"

Claro que o azul vai adormecer o dia

Vai vir a noite, aproveite e liberte as suas fantasias

Eu posso ser o seu vampiro

Eu posso ser o seu anjo bom

Então relaxe baby, mate sua sede, curta o meu som

Quando você tá perto tempo voa

O clima rola numa boa

Quero ficar contigo até o dia clarear porque

O sol vai brilhar inteiro pra nós

Eu quero o farol dos teus olhos

Iluminando a minha vida

Amanda se impressiona mais uma vez, porque essa última dupla foi fenomenal. A presença de palco de Louise é encantadora, e Amanda levanta batendo as palmas. -Está dentro, com certeza.

Louise agradece e volta até o encontro de seu amigo, Matheus. Agora, só restavam três pessoas, mas a espera só tinham dois.

-Marina Medeiros. - Amanda olha, para os dois restantes. Pelo jeito, nenhum era a Marina. Amanda risca o nome. E chama o próximo. -João Guilherme.

Um garoto, de cabelos curtos negros sobe ao palco.

-Eu preparei um dueto, com minha irmã.

Ele aponta para a última garota restante. Uma garota de pele mais escura e cabelos negros bem longos.

-Bom, gostaríamos de selecionar individualmente e... -Amanda falava. Mas Renato a cortava.

-Mas faremos como deseja. Já está na hora do almoço, então podemos agilizar. - Ele diz, e então a garota sobe ao lado de João. 

-Seu nome é Gabriela Mendes, certo - Ela acena com a cabeça. Então, Amanda guarda os papéis e passa a olhar para os dois. Eles começam a cantar um dueto, de High School Musical.

"High School Musical - Breaking Free"

We're soaring, flying

There's not a star in heaven

That we can't reach

If we're trying

So, we're breaking free

You know the world can see us

In a way that's different than who we are

Creating space between us

'Till we're separate hearts

But your faith

It gives me strength, strength to believe

We're breaking free

We're soaring

Flying

There's not a star

In heaven that we can't reach

If we're trying

Yeah, we're breaking free

Oh, we're breaking free

Amanda fica impressionada com a sincronia dos dois irmãos, e é uma das músicas de filme que ela mais ama, acaba cantando junto. Ao terminar, ela se levanta.

-Bom, fizemos a seleção. João, Gabriela, Louise e Matheus. Vocês estão dentro do grupo de canto. A primeira reunião se dará na próxima semana. Espero vocês.

Amanda dizia, com um sorriso para os quatro que restaram e foram aprovados.

-----------------------------------------------------------------

Todos já tinham saído, mas Amanda quis continuar no auditório para planejar o tema das reuniões. Renato, que estava com fome, decidiu ir embora.

Mexendo nos papéis, Amanda não viu a porta do auditório ser aberta e Filipe entrar por ela. Ele para, ao perceber Amanda.

-Ah, você aqui. Esse horário está reservado para mim. - Ele diz, passando por ela e seguindo para o palco.

-Hã? Ah é você. Me desculpa, dono do auditório, já estava quase de saída pra sua informação. - Diz Amanda, guardando os papéis em sua mochila.

-Você está fazendo isso tudo por causa daquele concurso não é?

Amanda se assusta. Como ele podia saber do concurso, se ainda não foi divulgado.

-Como... Como você sabe?

-Você acha mesmo que aquele seu amigo é o único que trabalha junto com a professora? - Ele diz, tirando o violão de sua capa.

--Eu... Eu não sabia. Desculpa.

-Quer um conselho? Desiste. Você não terá chance.

Amanda se irrita. - Você nao me conhece.

-Nem quero. Mas, bem... Você não tem um grupo, e mesmo que tivesse. O meu participará. Estamos mais preparados.

Amanda sente como se todas suas chances se esvaissem. Ele estava certo. Eles treinam há anos.

-Entao. Você vai participar.

Filipe começa a dedilhar o seu violão.

-Eu... Eu não vou me intimidar. Eu vou participar, e pode ter certeza, vamos trabalhar duro para superar até mesmo vocês. - Amanda diz, encarando Filipe com certa raiva.

-Não esqueça de fechar a porta ao sair. - Filipe a ignora. Amanda percebeu que era hora de se retirar. Ela pega sua mochila e segue para fora do auditório, batendo com força a porta.

-Você pode sair agora. Como foi a seleção? - Filipe dizia. Uma garota de cabelos encaracolados sai detrás das cortinas.

-Ela arrumou alguns novatos bons. Você não devia subestimar eles. - A garota dizia. Seus olhos verdes encarando Filipe, que dedilhava o violão.

-É por isso que você vai ter que entrar no grupo deles, Marina.

Ele dá um sorriso para a garota. Ela desvia o olhar, um pouco receosa.

-Eu não participei da seleção.

-O quê? Mas. Era pra você ter entrado. - Filipe se irrita, parando de dedilhar.

-Eu... Você sabe, fiquei com vergonha de... De me apresentar. - Marina diz, com os olhos marejados.

Filipe levanta e aproxima da garota, segurando em seus ombros e forçando-a a olhar para ele.

-Você é bonita. Canta muito bem. Uma das vozes mais linda. E é importante pra mim ter alguém no grupo deles. - Marina não olha para ele.

-Você só está me usando. - Ela diz.

-Não. Você quer entrar em um grupo de canto, e o meu não aceita ninguém. So vamos juntar o útil ao agradável. - Ele então beija os labios de Marina. - Eu preparei algo para você, escute.

Ele então corre para pegar o violão, e começa a cantar

"Marília Mendonça (part. Cristiano Araújo - Se Olha No Espelho"

Ela não sabe se produzir

Ela não sabe escolher a cor do batom

Ela não faz ideia do que vestir

Tá doida pra por o seu moletom

Pra ficar no quarto deitada na cama

Se escondendo do mundo e de quem te ama

E fez da internet sua melhor amiga

Fugindo da realidade da vida

Ela não tem noção do quanto ela é linda

E que quando sorri mais bonita ainda

Só que ela não sabe que pra te ver feliz eu faria de tudo

Pra mudar seu mundo

Coloca um vestido e um batom vermelho

E experimenta se olhar no espelho

Pra gente sair escolhe alguma roupa

Você fica linda usando qualquer coisa

Mas se não quiser, fico aí com você

No sábado a noite assistindo TV

Um filme ruim e um vinho barato

O que importa é ficar do seu lado

Marina se sente mais confiante, e no término da musica corre e beija Filipe.

-Eu irei na próxima reunião, e aí serei aceita.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...