História GN - Além do Tempo - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovana Antonelli
Personagens Alexandre Nero, Giovana Antonelli, Personagens Originais
Tags A Regra Do Jogo, Além Do Tempo, Gionero, Novo Mundo, Romance, Salve Jorge
Visualizações 202
Palavras 635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente o capítulo é bem pequeninho mas amanhã terá um capítulo bem legal pra compensar
Boa leitura! ;)

Capítulo 25 - Vinho, chessecake e música


Giovanna foi de carro até o apartamento de Alexandre. Estava linda com aquele macacão preto. No pescoço havia uma gargantilha dourada com uma pedra vermelha que imitava rubi no meio dela. Brincos de pedra também vermelhas presos a orelha dava um tom elegante a Giovanna. Para completar, um salto bege de 15 cm. 

Giovanna embicou o carro na porta da garagem e o porteiro viu quem era. O rapaz sorriu e abriu o portão para Giovanna que agradeceu. A loira estacionou na vaga de visitantes que Alexandre tinha direito no prédio. Depois que estacionou, foi até o elevador e apertou o botão que a levava para o décimo oitavo andar onde ficava o apartamento de Alexandre. Quando chegou ao 1808, respirou fundo e tocou a campainha.

Alexandre dava os últimos retoques na comida. Creusa já havia ido embora, tinha deixado tudo praticamente pronto para Alexandre terminar e era isso que ele fazia quando Giovanna chegou. 

Ele limpou as mãos no pano de prato e foi atender a porta.

- Oi, Giovanna! disse quando abriu a porta. Ele se aproximou e lentamente deu um beijo demorado no rosto de Giovanna. Sentiram o perfume um do outro e se arrepiaram.

- Oi, Alexandre!

- Entra, por favor! pediu ele sorridente, dando passagem para a loira.

- Obrigado! Giovanna entrou no apartamento.

O apartamento era quase igual ao de Giovanna tratando-se de organização, pois Alexandre também gostava de ter tudo organizado em sua casa, só nos dias de cão que não tinha tempo para nada que seu apartamento ficava a desejar até Creusa ir limpar. A sala tinha parede em tons pastéis. Havia uma estante branca com muitos livros e outra estante, também branca, que tinha discos de vinis e uma vitrola que parecia nova de tão bem conservada. Entre as estantes havia uma rack com uma TV LED e o aparelho de TV a cabo. Em outro lado da sala, havia um som moderno. Para completar a sala, havia um sofá preto em forma de "U" com algumas almofadas vermelhas. Tinha a cozinha americana logo atrás, onde Alexandre estava. As bancadas era brancas com uma madeira clara em cima. Um fogão com uma coifa preta em cima e ao lado a geladeira.

- Você tá linda, Giovanna! Alexandre elogiou Giovanna estando de frente para ela na sala.

- Obrigado, Alexandre, você também tá lindo! disse sorrindo.

- Senta ai enquanto eu termino o nosso jantar!

- Prefiro ir arrumando a mesa, posso? perguntou sorrindo.

- Okay, senhorita prestativa, vou pegar os pratos! 

Alexandre foi pegar a louça para entregar para Giovanna. Os dois começaram a conversar enquanto cada um fazia uma coisa para o jantar. Quando Alexandre finalmente terminou o jantar que seria strognoff de frango, ele serviu Giovanna e depois se serviu. 

- Nossa, Alexandre, que delicia! -Giovanna deu mais uma garfada. - Meu Deus!

- Obrigado! Alexandre agradeceu rindo. - Só a sobremesa que foi Creusa que fez!

- Ainda tem sobremesa? Meu Deus, vou ficar gorda! riu.

- Que nada!

Conversaram sobre tudo. Tudo mesmo, de futebol até vida após a morte. Alexandre recolheu os pratos do jantar e pegou a sobremesa que era chessecake de frutas vermelhas.

- Nossa, Creusa arrasou dessa vez! Giovanna olhou para aquela chessecake e Alexandre podia jurar que viu os olhos de Giovanna brilharem.

- Sim! Alexandre riu.

Eles se serviram.

- Alexandre, coloca uma música pra gente ouvir!

- Opa, agora! Alexandre foi até o som da sala e colocou Amor meu grande amor - Lucas Santtana para tocar. As caixas de som começaram a ficar coloridas e o som ecoava de um jeito gostoso pela sala.

Alexandre voltou a se sentar perto de Giovanna e apreciaram a companhia um do outro e a paixão que pairava ali naquela sala com um bom vinho, chessecake e música.
 


Notas Finais


Façam de conta que foi um capítulo de quarta-feira, até amanhã amores!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...