História God In The Blood - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Apollo, Ares, Artemis, Atena, BamBam, Dionísio, Hades, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Perséfone, Personagens Originais, Poseidon, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom, Zeus
Tags 2jae, Ação, Adolescência, Amor, Bambam, Bts, Citaçãoexo, Coréia, Drama, Got7, Grécia, Homosexualidade, Hoseok, Jackson, Jaebum, J-hope, Jikook, Jimin, Jinyoung, Jungkook, Kpop, Mark, Markson, Mitologia, Namjin, Namjoon, Percy Jackson, Roma, Romance, Sexo, Suga, Teen, Teenager, V-hope, Yaoi, Yugbam, Yugyeom, Yuri
Visualizações 72
Palavras 1.021
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não sei o que dizer...
BOAAAAA LEITURAAAAA

Capítulo 16 - A Besta da Raiva


Bambam

 

                O clima da arena estava tenso, eu não sabia bem o que fazer, levando em consideração que um garoto com a beleza de um deus, não, calma, não vou dizer isso porque agora que sei que os deuses realmente existem que eu sou filho de um, vai que nem os deuses são tão bonitos quanto aquele garoto. Mas recapitulando, um garoto maravilhosamente lindo estava esfregando a cara do magricela no chão.

                Pelo que eu intendi, o menino, bonito demais para pertencer a face da terra é o irmão mais novo de Yoongi, que se eu não me engano, olha que isso é bem frequente, se chama Yugyeom. O pedaço gostoso de mal caminho tem um problema para controlar a raiva, então o menino magricela que o chamou de covarde está comendo mais terra do que aquela menina da minha antiga escola, e olha que ela é o maior estereótipo de vaca.

                Cara sério, a luta tava tão feia que eu queria ser o chão e queria que o Yugyeom fosse o palito de gente para ver se eu dava uns beijos naquela boca. Meus deuses eu preciso me controlar.

                -Porque não separam eles? –Eu estava com a mesma pergunta em mente, mas não precisei usar a minha bela voz, porque o Yungjae me poupou esse folego.

                -Porque como vocês tem visto, os duelos podem ter reviravoltas, não podemos parar uma luta enquanto um deles estiver desacordado, sem chances de vitória ou pedindo desistência, ainda mais em uma luta como essa, que eles estão decidindo quem vai ser o próximo líder do chalé de Ares. -As vezes eu quero saber qual é a magia que esse acampamento dá para as pessoas aparecem do nada na minha frente, na moral, hoje eu quase derramei um copo de suco em mim mesmo no café da manhã pelo susto que a Lisa me deu. Mas sério, quando foi que o Namjoon apareceu ali?

                Todos olharam para ele assustados, mas ele apenas sorriu mostrando as covinhas, que se eu já não tivesse notado a tensão sexual que ele tem com Jin, que realmente era bem grande, eu iria querer morder e deu de ombros sentando entre o Jimin e o Jin.

                -Desculpe o atraso, estava ajudando a organização das batalhas. –Ele falou que se alguém realmente estivesse esperado uma justificativa dele.

                Voltei a olhar para a Arena onde a batalha ainda acontecia, quando Yoongi falou do problema do seu irmão, não acreditei que fosse algo tão sério, mas Yugyeom agora estava segurando seu irmão por parte de deus pela gola e enchia o menino de socos que já deviam ter quebrado o nariz fino dele. E como esperado, não demorou muito para a mão do menino caísse no chão mostrando que ele já estava desacordado.

                Não que isso tivesse feito alguma diferença para o Yugyeom pois ele continuava a bater no outro sem nenhum tipo de misericórdia. Rapidamente Jackson pelou dentro da Arena, junto de Yoongi e Namjoon que tentavam desesperadamente separar os meninos, antes que o mais fraco acabasse morto.

                Alguns minutos depois, e um soco bem forte de Yoongi na cara do irmão finalmente as coisas de acalmaram, os dois meninos de cabelos pretos saíram da Arena indo direto para o Chale dos mesmos e os enfermeiros do acampamento logo trouxeram a maca para levar o corpo desacordado do menino perdedor.

                Mais algumas lutas foram passando, mas minha mente ainda estava perdida dentro do chalé de Ares, como alguém consegue perder o controle desse jeito? Perder o controle a ponto de virar uma besta que poderia facilmente matar outra pessoa se não parada?

                Levantei decidido do banco, não iria consegui continuar a olhar aquelas batalhas sem sentido, não depois de ver um menino virar besta.

Antigamente antes da tragédia na Tailândia minha mãe costumava me mostrar filmes de animação americana que ela achava que poderiam me ensinar alguma coisa, o meu preferido, era o da sereia ruiva, que eu não vou lembrar o nome agora, mais os últimos acontecimentos trouxeram em flashes cenas de um dos filmes que eu lembro de ser um dos preferidos da minha mãe. Era sobre um homem que virava fera, por uma medição pelas escolhas ruins que ele fez no passado, aos poucos essa maldição o consumia por dentro o deixando cada vez mais como um animal selvagem do que como um humano. Mas quando ele menos esperava uma menina que procurava um novo significado para a vida o encontrou e mostrou para ele que no meio de tanta selvageria que era o seu coração ainda exista um pouco de humanidade, amor.

E por algum motivo que eu não faço ideia o qual seja essa história me lembrava o menino de feições brutas. Não que ele fosse feio como uma fera, muito pelo o contrário, o menino era um homão da porra, mas sim porque ele sofria por algo que ele não podia mudar, o transformando em um selvagem.

Os meninos me encaravam com se se perguntassem o porquê de eu ter levantado assim de supetão, apenas os encarei e desci as escadas saindo da Arena. Ouvi passos atrás de mim encontrando o olhar de Jinyoung tão profundo quanto o meu.

-Eu não conseguia ficar mais vendo aquilo... Só precisava de uma desculpa para sair... -Falou como se me devesse algum tipo de explicação e sentando ao meu lado em um banco perto dos chalés.

-Está tudo tão confuso.... Uma semana atrás eu era um estudante normal transferido da Tailândia, agora eu sou filho do deus do vinho e das festas morando em um acampamento com pessoas que eu conheço tem um pouco mais de uma semana. -Desabafei tudo que estava em minha mente, como se não aguentasse conter aquilo para mim mesmo mais. O que não era nem um pouco mentira.

Jinyoung me olhou como se me entendesse perfeitamente, e o pior que eu tenho quase certeza que ele realmente intende. Apoio os cotovelos nos joelhos e a cabeça nas mãos, como se estivesse com uma dor insuportável.

Ele olhou para mim com aqueles olhos profundos e deu um longo suspiro antes de cair desacordado no chão.


Notas Finais


EAU GOSTARAM?
espero que sim!
Comentem o que posso melhorar e o que ja esta bom!
E DESCULPE O CAP PEQUENO!
Senpai ama vcs S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...