História Goddesses of Darkness {Interativa} - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, After School, AOA, Apink, Bangtan Boys (BTS), BESTie, Big Bang, Black Pink, EXO, Got7, HyunA, I.O.I, Monsta X
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Exibições 18
Palavras 755
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie!!
Desculpe pela demora gente, mas aqui está mais uma integrante para vocês
Espero que goste dela.
Boa Leitura

Capítulo 6 - Song MinYoung - Shadow


Fanfic / Fanfiction Goddesses of Darkness {Interativa} - Capítulo 6 - Song MinYoung - Shadow

No mesmo sonho eu ouço uma canção familiar

Que chama por mim

 

Ela me envolve, o ódio em mim

Todos os dias se repetem, mas está tudo bem

Eu estou andando sob uma profunda escuridão

Olhe para o que é real e que está escondido ali

The 7th Sense; NCT U

Foi uma das primeiras a entra na gangue, estou nela fazer 5 anos, sou médica e ladra, meu codinome e Shadow (sombra), os policias que me deram esse nome, pois sabem da minha existência, mas ninguém conseguia me pega.

Nascer em Daegu. Filha de cirurgião. Só conhece a minha mãe por foto, pois quando tinha somente 3 anos ela veio a falecer, não se sabe o motivo até hoje, porém suspeito ser assassinato. Sempre foi rodeada de livros e instrumentos médicos por causa do meu pai, Song KwangDae, o que me fez cria interesse por medicina. 

Pai sempre estar ausente por conta do trabalho, sempre passei a maior parte do tempo lendo livros de medicina mesmo não compreendendo muito o que estava escrito por conta dos termos difíceis.  Nunca frequentei uma escola, sempre tinha aulas particulares com melhore professores da Coreia.

Aos doze anos, após reler todos os livros de medicina que tinha em minha enorme casa, entediada comecei a me aventurar pela casa que conhecia na palma da minha mão, pelo menos era isso que eu pensava até entrar em um quarto cirúrgico que existia atras de uma porta no escritório do meu pai. Fiquei maravilhada que sempre que possível frequentava o lugar. 

Aos seus quatorze anos o meu interesse por cirurgia aumentou e com isso levava os animais que encontrava na rua a sala da cirurgia de minha casa se desfrutando em conhecer a anatomia animal, consequentemente levei muitos deles a morte. Pois até hoje me arrependo, descobre que os animais não mereciam esse sofrimento e sim os humanos.

Um dia comum eu lia livros na sala de cirurgia até ouvir passos vindo do lado de fora no qual deduziu ser meu pai, então me esconde atras de uma cortina escarlate que estava ao lado do telão que fica de frente a cama de cirurgia, ele adentrou com uma mulher que lembrava muito a minha mãe e a prendeu sobre a cama. 

Ele começou a falar coisas aleatórias como se estivesse sobre efeito de alguma droga enquanto acariciava o rosto da moça com o bisturi, fazendo-a acordar no mesmo instante. 

A moça começou a grita de dor e chorar pedindo por sua vida, mas o ele deu sorriso psicopata e sem piedade alguma começou a torturar a moça falando coisas como "você não deveria ter voltado", "vadia repugnante", "se não bastou morrer uma vez, lhe darei o gostinho da morte mais uma vez"; Eu observava tudo escondida perplexa, assustada e com remorso, remorso de ter matado os animais inocentes que protegiam a sua própria espécie, ao contrário dele  que estava matando alguém da mesma raça que si. 

Após duas horas ouvindo a moça gritar em agonia, tudo parou, e eu fiquei traumatizada e passei um mês trancada em meu quarto temendo o meu próprio pai. Não aguentando o medo de sofrer o mesmo que a moça, já que ele dizia que se aprecia muito como a minha mãe, juntei meus pertences e foge de Daegu para Seoul, e para sobreviver comecei a roubar utilizando as técnicas de truques mágicos e conhecimento geral que aprende com os professores particulares. 

Aos 18 anos já estava tudo estável, morava em um pequeno apartamento e continuava roubando para poder pagar as despesas, e materiais escolares necessários para frequentar a universidade de medicina. 

Era para eu continuar a trabalhar sozinha como Shadow, entretanto pela primeira vez uma pessoa conseguiu me capturar, a líder da G.O.D, ela queria que eu me juntasse a sua  gangue. No início a  recusei, então ela me propôs um desafio e quem ganhasse ouviria a outra, aceitei , o desafio era: Sweet conseguir descobrir o próximo alvo meu em 24 horas e como eu faria. 

Estava confiante, entretanto ela descobriu e me impediu de roubar da pior maneira quase sendo pega pela polícia. Assim Sweet ganhou e eu entrei  na gangue. 

Mas acabemos sendo pressas pela policias, e é impossível sai daqui, desse lugar nojento e horroroso e ainda por cima nem estamos na mesma cela, e é muito difícil de vê a nossa líder. Mas eu ainda mato aquela pessoa que colocou a gente aqui.

 

"Tenho duas profissões de classe totalmente diferente: médica e ladra. Com qual delas você que lidar? "


Notas Finais


Desculpa qualquer erro ortográfico
Se eu não interpretei bem uma personagem me fale que eu irei melhora.
Comentem, quero saber se ta bom ou não, se preciso melhora
Bjss na Teta!! <3
Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...