História Good baby - Jikook - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Daddykink, Jikook, Namjin, Sexting, Texting, Vhope
Exibições 1.673
Palavras 818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLHA QUANTOS FAVORITOS E COMENTÁRIOS, PUTA QUE PARIU OBRIGADO PESSOAL <3

E LEMBREM-SE, EU NÃO DISSE QUE NÃO SERIA TROLAGEM!

♫ OH MY LADIES, PUT YOUR HANDS UP! ♪

BOA LEITURA.

INHOINHOINHO~

Capítulo 22 - Mais rápido que o rap do eminem


  Pov's Autora (lá vem merda)

   |Amor

substantivo masculino

1. forte afeição por outra pessoa, nascida de laços de consanguinidade ou de relações sociais.

2. atração baseada no desejo sexual.|

    Ah, o amor. Simples metáfora que fode com sua cabeça.

   Metáfora a qual não sabemos se é encontrada no corpo de Jeon Jungkook, se é apenas desejo sexual ou um simples afeto.

   |Idiota

adjetivo e substantivo de dois gêneros

1. diz-se de ou pessoa que carece de inteligência, de discernimento; tolo, ignorante, estúpido.

...

5. adjetivo de dois gêneros. Que não tem valor, sem interesse, sem sentido.|

   Já essa palavra nós temos certeza que é encontrada em Jeon Jungkook. Um simples jovem com uma feição angelical, de vista parece ser tímido e inocente, coisas totalmente contrárias ao próprio. Por um outro lado um garoto legal, engraçado, bom amigo, porém, um ainda imaturo e idiota.
 

   "Autora, porque todas essas palavras filosóficas sem sentido pegas de um dicionário para uma fanfic?" Simples minha amiga, a fanfic é minha e se eu quiser eu mato os personagens. Mas a razão é simples: sempre que eu narro, tem treta, e agora que eu estou tomando café e principalmente quebrando a quarta parede é que piorou tudo.

   Mas calma, esse não é um capítulo onde Jeon Jungkook fará merda e será um completo cuzão.

   Apenas vamos olhar no que deu.

     [9:00]

   - Você sabe que eu ainda vou te estrangular né Taehyung? - aquilo foi mais uma afirmação do que pergunta, Jungkook estava realmente puto, ter tido uma foda atrapalhada por seu melhor amigo ser completamente lerdo foi um erro gigante. Ainda se perguntava quem era mais lerdo, ele mesmo por ter atendido a merda do celular, ou seu amigo por perder uma criança que estava de cuidados, que pra informação, era neto do dono e diretor de suas faculdades.

   Porque Kim Taehyung está cuidando do neto do diretor? Simples, Taehyung por acaso era sobrinho do mesmo, e era de "confiança" pra cuidar de seu querido priminho enquanto seus pais tiram um dia de folga. Mas o que mais deixou Jungkook puto, foi que Taehyung já tinha achado o garoto e a ligação foi só por desespero.

   - Desculpe, na hora eu entrei em desespero e te liguei, mas porque está tão estressado? atrapalhei uma foda por acaso? 

   Bang! aquilo acertou Jungkook em cheio. O mais novo abriu e fechou a boca procurando uma desculpa descente pra dar ao mais velho, porém falhando.

   - Não me diga que... - o mais velho o olhou estranho prendendo o riso - Com quem foi? Jeon Jungkook, me diga com quem você acabou de transar, agora!

   - Epa, epa. Primeiramente, eu não cheguei a transar, por culpa sua, e segundamente- foi interrompido por Taehyung.

   - Segundamente não existe - corrigiu o mais velho.

   - Foda-se, aliás obrigado por me interromper. Continuando... Segundamente, eu não te devo satisfação de minha vida. Agora eu irei pra casa, tchauzinho hyung - acenou se virando, antes mesmo de começar a caminhar foi segurado por Taehyung.

   - Eu não vou deixar você ir até me contar com quem você quase transou, poxa, eu sou seu best, devo saber com quem meu maknae se relaciona, não? - Jungkook olhou de relance para a carinha de cão abandonado do mais velho, bufou se virando pro mesmo e desviando o olhar.

   - Foi com o Jimin - falou simplista.

   Qual foi a reação do língua nervosa? você já deve ter chutado, acredito.

   - Jeon Jungkook quase transou com Park Jimin? Berro! Grito da pantera asiática! Porque não falou antes? O que você ainda tá fazendo aqui rapaz? Vai logo, vai atrás daquela bundona antes que ela ache outro dono, vai terminar a transa! - exclamou o empurrando.

   - Mas que porra Taehyung... Você me deve uma - Jeon ainda confuso com a virada de humor do mais velho, se virou indo pra sua casa, mas não sem antes passar na casa de Jimin.

   Uma, duas, três batidas e nada, Jimin havia saido. Pegou o celular vendo uma mensagem não visualizada.

   Baby Boy: Você ainda vai ganhar mais um presentinho, daddy ;)

   Sorriu de lado com a mensagem guardando o celular de volta ao bolso e dando meia volta. Decidiu dar uma passeada pela cidade, assim passando por várias lojas do centro.

   Novamente sorriu de lado ao passar por lojas de lingerie, aquilo lhe lembrava seu baby, ou de outro lado, seu hyung.

   E foi ai, ai que a clichê cena de doramas/novelas/seriados de trouxas aconteceu. A cena em slow motion de seu olhar por ironia do destino se encontrar com Jimin que estava do outro lado da pista, o mesmo estava atravessando a pista que por acaso estava com o sinal fechado. Com os olhos vidrados no mais novo, não notou o carro que estava a vir do seu lado. Tudo foi mais rápido que o rap do eminem.

   - Jimin hyung!

 

 

 

N-Ã-O  M-E  M-A-T-E-M.


Notas Finais


MI DIRGUPEM!
ESPERO QUE TENHAM GOSTADO, SÓ QUE ISSO DEVE TER SIDO DIFICIL NESSE CAPÍTULO.
EU NÃO PROMETI QUE TERIA LEMON, VOCÊS VIRAM MEU RECADINHO ENTRE PARENTESES!
DESCULPEM QUALQUER ERRO.
NÃO ME MATEM COM UMA COLHER PFV.
BEIJOS DA TIA HEMY <3
.
.
.
♪ "Tem que parar, olhar o sinal, olha para o lado e para o outro" ♫ - Xuxa capetona ft. Hemy troladora

Desculpa fazer vocês de trouxas, já não basta sofrer por coreano <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...