História Good baby - Jikook - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Daddykink, Jikook, Namjin, Sexting, Texting, Vhope
Exibições 1.705
Palavras 913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


~♪ I wanna fly, baby, fly with you, wew // Let me hear u say, We're gonna fly ♪~
Como dizia o nosso ditador Calango: "Canoa virou". ashaush
Gente, eu to shippando Markson/Jark bagarai, mds novo otp.
Eu ainda tenho 80 comentários pra responder, puta que me pariu de quatro na esquina do rio de janeiro de madrugada -q (essa é nova ahushash)
Boa leitura.

Capítulo 24 - "Jeon oppa"


Fanfic / Fanfiction Good baby - Jikook - Capítulo 24 - "Jeon oppa"

  Pov's Jungkook

   Voltei para o quarto com uma garrafa d'água e um copo. Assim que entrei me assustei por não encontrar Jimin na cama.

   - Jimin hyung!? 

   - Estou aqui - ele apareceu atrás de mim, só que dessa vez sem a roupa do hospital, estava vestido com uma camisa de mangas largas listrada e uma calça preta que ficava colada em suas pernas - Desculpe, é que eu não aguentava aquela roupa de hospital, e quando vi que tinha roupas minhas do lado da cama eu as peguei e me troquei no banheiro.

   - Não devia sair da cama, não sabemos se está bem, fizeram um exame em você enquanto você dormia e recomendaram repouso -  falei e lhe entreguei a água, ele me olhou com uma careta enquanto se sentava - aliás, dentro de umas duas horas já poderá ter alta.

   - Tudo bem nova omma - Zoou dando língua, bufei, ele riu - O que foi? Prefere que eu te chame de oppa? - meu corpo estremeceu, ele estava me provocando mesmo sem "saber" quem sou? Ah, maldito.

   - Não me chame assim - ele se aproximou de mim mordendo o lábio.

   - Jeon oppa - falou manhoso em meu ouvido, respirei fundo tentando manter a sanidade que já estava querendo fugir e o afastei.

   - Você não era tão ousado quando te conheci, Hyung - ele começou a rir novamente se sentando e abrindo a garrafa d'água.

   - Qual foi a primeira impressão que teve de mim? - perguntou bebendo a água, o olhei pensativo.

   - Achei o de sempre, fofo, otimista, sensível, doce, meigo, tímido, melhor sorriso e claro, bundão - ele corou e tentou disfarçar bebendo mais água, ri. - Ah, já ia esquecendo - peguei seu celular que estava em meu bolso e lhe entreguei, ele pegou e olhou estranho pro celular, tentou a senha umas duas vezes e me olhou envergonhado - Você não lembra da senha, né? - ele acentiu - 1310 - falei e logo ele tentou e sorriu ao ver a tela desbloqueada, ele mexeu por alguns minutos no mesmo e depois olhou pra mim.

   - Como você sabe minha senha? - arqueou a sobrancelha.

   - Não foi inteligente da sua parte botar o dia do aniversário como senha, então... - falei e ele fez um careta pra mim, dei língua pra ele.

   - Pra mim, dar língua é pedir beijo - falou debochado. Se ele me provoca, também irei provoca-lo.

   - Eu dou, você quer? - falei fazendo bico, ele desviou o olhar - Tem certeza que não lembra de mim? Está muito solto pro meu gosto.

   - É legal te provocar, você fica todo perdido - falou rindo, ele se levantou e ficou de frente pra mim.

   - Prefiro o Park Jimin tímido - falei sorrindo de lado.

   - Mas vai me dizer que não gosta do Park Jimin ousado? - falou de um jeito inocente e se sentou sobre minhas pernas, engoli em seco - O que foi? Te deixo nervoso, oppa

   Puta que pariu de quatro numa banheira de toddyinho. Sem perceber apertei suas coxas com força e ele arfou, eu só tinha um pingo de sanidade e Jimin estava prestes a tira-la de mim. 

   - Não acha melhor apertar aqui, oppa? - ele pegou minhas mãos e levou até suas nádegas, o toque do meu celular reinou no quarto, soltei devagar o ar que nem percebi que tinha prendido. Ele piscou e saiu de cima de mim, respirei fundo antes de atender.

     [16:00]

   Os hyungs planejaram um tipo de surpresa pro Jimin e disseram que tenho que leva-lo em sua casa apenas as 17 horas, então estou tentando distrai-lo. Ainda no estacionamento do hospital, estávamos caminhando quando Jimin já resmunga.

   - Estou com fome - falou colocando a mão na barriga - este hospital é longe da cidade e você não tem carro - resmungou manhoso com cara de sofrimento.

   - Como tem certeza que não tenho carro? - perguntei.

   - Eu já lembro de algumas coisa pra sua informação - falou e paralisou - Ca-ra-lho - falou indo em direção a um carro estacionado, seus olhos brilharam - isso é uma Bmw z4? (N/A: Nome de um carro bem loco, o link da imagem tá lá em baixo)

   - Não sabia que conhecia tanto de carros.

   - Eu dou uma pesquisada ás vezes - falou ainda babando pelo carro, sorri de lado pegando a chave do meu bolso e destravando o carro - o que... 

   - Isso foi apenas um presentinho que ganhei dos meus pais enquanto você estava internado - ele me olhou boquiaberto - Vamos? - abri a porta entrando, ele sorriu e sentou no banco ao lado.

   - Assim... você tem carteira de motorista, né? - perguntou, peguei a carteira de motorista do porta-luvas e mostrei pra ele, ele ainda olhava estático pra mim. - tá bom, bota esse carango pra funcionar! 

   - Seu pedido é uma ordem - falei ligando o carro. 

     [17:10]

   - E ai, ficou bom ou estranho? - falou saindo do cabeleleiro. Depois de comer, Jimin disse que queria fazer uma surpresa e me mandou "passear", então eu fui passear e quando voltei 40 minutos depois, o encontro com o cabelo platinado.

   - Está incrível - falei boquiaberto, ele sorriu envergonhado.

   Depois de alguns minutos o finalmente levo pra sua casa, o acompanhei até a porta, e assim que abrimos a porta nos deparamos com os hyungs.

   - Surpresa!


Notas Finais


Imagem do carro: http://st.automobilemag.com/uploads/sites/10/2015/11/2011-bmw-z4-sdrive-3.0-i-convertible-angular-front.png

Espero que tenham gostaduuu.
beijos da tia hemy <3
.
.
.
(próximo capitulo tem lemon, sem trolagem) sai correndo~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...