História Good Boy - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Jikook, Pwp, Top!jimin, Uke!jungkook, Vhope
Exibições 213
Palavras 2.217
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu demorei? Sim!
Keke e pq eu estava e ainda estou mt ocupada, tanto que estou escrevendo esse cap mas devia era ta estudando.
A foto ai de cima não tem nada haver mais o Jimin agindo como um Hyung fofo e minha morte.
Cap não editado mas feito com mt amor, espero que gostem e deem mt amor a Good Boy, perdoeem meus erros s2
Boa leitura s2

Capítulo 3 - É claro que eu aceito bobo


Fanfic / Fanfiction Good Boy - Capítulo 3 - É claro que eu aceito bobo

 Observei o lago a minha frente e suspirei confuso. Já havia se passado dois meses desde aquele acontecimento da piscina assim como a do banheiro e mesmo assim meus sentimentos não mudaram o que confesso ter me assustado um pouco. Eu sempre tive uma queda pelo Park mas eu não esperava que fosse algo profundo, sempre achei que fosse algo carnal que depois de um noite passaria.

Mas meu corpo congela quando eu o vejo somente de toalha, minhas mãos suam quando ele me abraça por trás e beija minhas bochechas, meu coração acelera quando ele me abraça no meio de algum filme entediante, minha mente para quando eu vejo seus lábios se abrirem em um sorriso leve, minhas mãos tremem ao segurar a sua e sinto minha respiração se desregular ao ter meus lábios em contato com os seus, meu corpo todo reage a Park Jimin. Eu já estava namorando o mesmo depois do evento do banho, ele me impôs a proposta de namorar ele ou de nos casarmos no outro dia oque me fez tentar acertar um vaso na sua cabeça.

Olhei uma carpa dourada nadar em meio ao lago transparente e senti o calor do sol contra meu rosto, me deitei no chão e me deixei pensar em como minha vida estava confusa em simplesmente dois meses. Não queria admitir mas uma das principais razões para eu não me envolver mais profundamente com o Park era porque eu tinha medo, medo de que depois que ele me tomasse para si ele me descartasse e me mandasse embora, que eu fosse simplesmente uma foda casual.

– O que eu faço? – Perguntei olhando as nuvens que me pareciam um coração partido ao meio.

Ri desse meu pensamento e mordi meu lábio inferior decidido, eu iria acabar com isso hoje, se fosse pra mim sofrer que fosse antes de eu me ver mais apaixonado do que já estou. Me levantei e bati a sujeira que tinha no meu short e respirei fundo tentando arranjar coragem.

– Me deseje sorte peixinho – Pedi sorrindo pro Peixe.

Ri de mim mesmo e entrei dentro da mansão bem dotada do Park, senti o ar gelado bater em choque com meu corpo que a pouco tempo era esquentado pelo Sol típico do verão. Peguei uma bombom de dentro do vaso em cima da mesa e masquei lentamente enquanto andava devagar em direção ao meu quarto, abri a porta e fui ate o armário pegar minhas roupas, arrumei elas em uma bolsa média e suspirei pela terceira vez no dia.

– Você consegue Jeon Jungkook – Falei pra mim mesmo.

– Consegue oque?

Virei pra trás assustado e dei de cara com o motivo dos meus problemas encostado no batente da porta com um sorriso leve no canto dos lábios.

– Você não devia estar no trabalho? – Perguntei confuso.

– Não tinha muito oque fazer lá e como eu estava com saudades de você resolvi vir almoçar com você – Explicou ainda sorrindo.

Droga, ele não iria me deixar ir embora assim sem mais nem menos.

– Eu já almocei! – Falei a primeira coisa que me veio a mente.

– Tudo bem, sua companhia já e o suficiente para me sentir satisfeito – Falou sorrindo.

Assim eu desisto de ir embora Park Jimin, balancei minha cabeça em negação com um sorriso leve nos lábios sentindo minhas bochechas esquentarem, eu sabia que ia me arrepender de fazer isso mas se fosse pra mim sofrer que fosse logo com o pacote completo. Me levantei e caminhei até parar em frente dele e me aproximei encarando seus olhos e selei nossos lábios sentindo o gosto de melancia do meu bombom se misturar com o seu gosto costumeiro de menta, seus braços envolveram minha cintura com possessão enquanto nossos lábios passavam de um singelo selinho para um beijo mais profundo, meu coração batia forte em meu peito ao ponto que achei que fosse desmaiar, seus lábios deixaram os meus com um selinho e desceram pro meu maxilar marcando sutilmente para logo depois distribuir selares pelo meu rosto que desceram pro meu pescoço com suave delicadeza que me surpreendia.

– Eu prometi que não ia fazer nada Jungkook – Sua voz comentou abafada ainda contra meu pescoço.

– Não precisa se preocupar – Falei me soltando de si e desabotoando minha blusa – Eu quero.

Seu rosto se iluminou em um sorriso e seus braços me puxaram com força me fazendo bater contra seu peitoral, suas mãos puxaram com força a minha blusa a jogando no chão sem dó, meus lábios foram tomados pelo seu com luxúria e nossos peitorais se colavam em tamanha aproximação. Suas mãos desceram pra minhas nádegas as apertando com força enquanto seus lábios maltratavam os meus ferozmente.

Fui levado em direção a cama até cair em cima do colchão macio e ter seu corpo em cima do meu com certa possessão, seu olhar se encontrou com o meu e senti meu membro reagir somente com seu olhar fixado no meu, seu rosto se abriu em um sorriso sacana enquanto sua língua deslizava pelo meu mamilo ainda me encarando, sua boca cobriu meu mamilo esquerdo e sugou levemente enquanto sua língua rodeava a mesma lentamente, sua boca foi para meu outro mamilo enquanto sua pélvis se mexia lentamente de encontro ao meu membro, seus braços rodearam minhas costas com força me fazendo suspirar com sua mania de possessão, seus lábios deixaram meu mamilo e subiram pro meu maxilar distribuindo beijos molhados até parar um pouco abaixo da minha clavícula, seus lábios sugaram sem dó minha pele me fazendo revirar os olhos e arquear minhas contas.

– Há quanto t-tempo você e-está sem fazer n-nada? – Perguntei entre um suspiro e outro – Até parece que você vai me quebrar de t-tanta força que c-coloca.

Seu olhar se encontrou com o meu me fazendo suspirar com aquele olhar faminto e selvagem.

– Eu estou sem ter uma relação com alguém a um ano Jungkook – Falou me encarando.

Abri minha boca surpreso mas antes que pudesse falar algo fui surpreendido ao ter suas mãos abaixando meu short junto com a minha box me deixando descoberto, corei levemente mas me esqueci de sentir vergonha quando suas mãos seguraram meu membro com força e subiam e desciam rapidamente, seu dedo indicador deslizou pela minha fenda que expelia pré- gozo e massageou minha glande lentamente em contraste com os movimentos rápidos no meu membro.

– Você já está tão molhadinho Jungkook – Comentou sorrindo – Tudo isso e pra mim amor?

Gemi baixinho com seu tom de voz e encolhi meus dedos do pé ao ter seus dedos deslizando pelo meu prepúcio em uma leve caricia que me fazia fechar os olhos com força, senti beijos no interior da minha coxa e abri meus olhos surpresos encarando seu olhar faminto antes de ver sua cara se enterrando entre as minhas nádegas me fazendo gemer alto surpreso, suas mãos seguraram minhas coxas e as posicionaram em seu ombro erguendo minha cintura, sua língua brincava com a minha entrada me fazendo morder o lábio inferior para não gemer alto, senti uma mordida forte no interior da minha coxa e gritei surpreso.

– Não prenda seus gemidos! – Falou sério – Quero ouvir você gemendo meu nome em alto e bom som.

Seu rosto se posicionou novamente na minha entrada e sua língua entrou novamente agora sem enrolar me fazendo gemer arrastado com o contato da sua língua quente e úmida de encontro a minha entrada, suas mãos apertavam minhas nádegas com uma força exagerada me deixando com a certeza que marcaria, seu rosto se afastou da minha entrada e seu corpo abandonou a cama se despindo rapidamente me fazendo gemer baixinho só de ver aquele corpo esculpido despido, seu corpo se pôs em cima do meu novamente e nossas pélvis se mexiam de encontro a outra causando um atrito gostoso em nossos membros, meus lábios foram tomados ferozmente novamente e meu corpo era tocado pelas suas mãos que deslizavam pelo meu corpo apertando cada parte amostra pra si, sentia meu membro doer de tão excitado que me encontrava, observei seu corpo sair de cima do meu e sair do quarto me deixando confuso até voltar com um potinho de lubrificante na mão.

– Você não vai me deixar te chupar? – Perguntei sorrindo arteiro.

– Agora não bebê – Falou sorrindo – Na próxima eu deixo você chupar o papai bem gostoso.

Seu corpo se posicionou em cima do meu e seus dedos melados de lubrificante rodearam minha entrada introduzindo o primeiro dedo com um cuidado que eu me surpreendi, encontrei seu olhar preocupado e acenei para continuar enquanto seu corpo se inclinava em cima do meu me deixando um selinho demorado até sentir seu segundo dedo entrar sutilmente me fazendo morder o seu lábio inferior com força.

– Está tudo bem Jungkook? – Perguntou baixinho selando minha bochecha direita.

– Está tudo bem, pode continuar – Respondi baixinho.

Ele sorriu e introduziu o terceiro dedo me fazendo apertar o lençol com força e respirar fundo.

– Relaxa amor – Falou baixinho.

Sua mão desocupada segurou meu membro e se movimentou lentamente me fazendo esquecer um pouco da dor, seus dedos se movimentaram sutilmente me fazendo gemer arrastado até que abri meus olhos surpreso e abri minha boca em um gemido mudo ao ter minha próstata tocada.

– Acho que achei seu ponto doce amor – Falou sorrindo.

Suspirei irritado ao ter seus dedos abandonando minha entrada mas logo mordi meu lábio inferior nervoso vendo sua mão deslizar pelo seu membro despejando lubrificante.

– Eu vou ser cuidadoso já que e a sua primeira vez – Falou enquanto selava meus lábios suavemente.

Seu membro entrou lentamente me fazendo morder seu lábio e apertar o lençol entre meus dedos tentando descontar a dor em alguma coisa, seus braços envolveram minhas costas colando nossos corpos suados, seus lábios tomava os meus com gentileza me fazendo suspirar em meio a tantas sensações.

– P-pode se mexer papai – Falei baixinho em meio ao beijo.

Sua pélvis impulsionou pra frente me fazendo gemer arrastado com essa nova sensação de ser invadido, seus testículos batiam em minhas nádegas enquanto seu membro se enterrava com força em meu interior me fazendo revirar os olhos e encolher os dedos do pé, suas mãos apertavam minha cintura com força enquanto seu corpo ia e vinha em um ritmo lento e bruto, meu membro era esfregado sutilmente contra sua barriga me fazendo gemer extasiado, seu corpo suado em cima do meu me deixava zonzo com tantas sensações, gemi alto ao ter minha próstata tocada, seu rosto se abriu em um sorriso e investiu rapidamente contra o mesmo lugar me fazendo gemer de encontro sua boca que gemia baixinho em meio ao nosso beijo molhado. Tive minha cintura marcada de tanta força enquanto seu corpo vinha mais rapidamente, sentia meu ápice próximo e meu corpo gritava querendo alívio de tantas sensações.

– J-jimin – Gemi em meio as suas investidas brutas.

Senti meu membro expelir todo esse prazer me fazendo gemer arrastado enquanto era estocado rapidamente me perdendo em meio a tantas sensações aumentando meu prazer, arranhei os braços do Jimin que me apertavam contra seu corpo enquanto ouvia seu gemido arrastado anunciar seu ápice, suspirei ao me sentir preenchido e me deixei cair cansado no colchão macio enquanto nossas respirações voltavam ao normal. Jimin se retirou de dentro de mim me causando uma leve ardência ao sentir seu gozo escorrer da minha entrada me fazendo corar levemente, seus braços me rodearam e seus lábios selaram minhas bochechas coradas enquanto seu corpo caia cansado em cima do meu.

– Obrigado por confiar em mim Jungkook – Falou baixinho beijando meu peitoral.

– Agora que já me teve vai em deixar ir embora? – Perguntei baixinho sentindo um nó na garganta ameaçando a chegada do choro.

Seus braços me apertaram mais contra si e seus olhos me olharam surpreso.

– Claro que não Jungkook – Falou sério – Quando eu disse que estava a um ano sem ter contato intimo com alguém eu não menti.

– O que isso tem haver comigo? – Perguntei baixinho sentindo meus olhos marejarem.

– Tudo, eu não conseguia mais ficar com ninguém pois eu só sabia imaginar você lá oque irritava as pessoas e eu me sentia mal de usa-las – Falou selando meus lábios – Eu falo sério quando digo que quero me casar com você!

Abri minha boca surpreso e encarei seus olhos que pareciam bastante sérios.

– Isso e s-sério? – Perguntei nervoso.

– Jeon Jungkook você aceita me ter como seu para sempre e até o fim dos nossos dias? – Perguntou me encarando.

Senti minhas bochechas molhadas mas dessa vez com lágrimas de alegria, ri de sua expressão e o puxei beijando seus lábios com êxtase enquanto envolvia minhas pernas em sua cintura o apertando contra mim.

– É claro que eu aceito bobo – Exclamei em meio ao beijo sendo retribuído com força me fazendo rir.
















– Jungkook?

Abri meus olhos encarando o rosto sorridente que me encarava.

– O que foi Jiminie? – Perguntei ainda extasiado com toda essa animação recente e o cansaço me chamando lentamente.

– Eu te amo – Sussurrou no pé do meu ouvido.

Senti minhas bochechas queimarem e as tão famosas borboletas no estomago fazerem presença.

– Eu também te amo Jimin – Falei sorrindo.

E foi em meio aquele amontoado de gozo, suor, lençóis, lubrificante e braços que eu cai no sono com um sorriso nos lábios sentindo meu coração acelerado contra o peitoral quente que também batia forte contra o meu enquanto era abraçado pelo meu futuro marido e eterno amor, Park Jimin.


Notas Finais


Fim? Fim!
Eu talvez faça a extra depois nas férias mas por enquanto vou estar ocupada, obg por terem acompanhado GB e deixarei aqui as fics que eu postei esses dias para vocês darem uma passadinha lá.

Forever- Jikook

https://spiritfanfics.com/historia/forever-8177720

I hate you I love you- Chanbaek(já a finalizei só folta terminar de postar kk).

https://spiritfanfics.com/historia/i-hate-you-i-love-you-8370399

Se quiserem mais fics minhas e só darem uma passadinha no meu perfil que vcs encontraram mais, desculpe qualquer erro e tenham uma boa noite e um bom dia s2.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...