História Good Is The New Bad - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 68
Palavras 819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente só para constar, é uma fic Barley, ou seja, Batman e Harley Quinn, eu espero que vocês realmente gostem!

Capítulo 1 - Enfim, uma heroína


Fanfic / Fanfiction Good Is The New Bad - Capítulo 1 - Enfim, uma heroína


            P.O.V HARLEY QUINN

Cá estou eu, parada em frente á Batcaverna, pensando se realmente deveria passar pela porta. Bom, desde que eu virei uma "heroína" parece que o mundo conta comigo, e isso é um peso e tanto, mas diante das circunstâncias, seria mais um dia normal. Pressiono minha mão sobre o indentificador de digital na porta e logo depois a verificação visual. Andentrei aquele ambiente frio, vazio onde apenas se vê computadores, e outras coisas de última geração.

Lá estava ele, sentando como sempre, concentrado e trabalhando, parece que o Morcego sempre faz a mesma coisa, apesar de ser tudo que ele realmente faz, ah e óbvio, ele também salva o mundo, como fez recentemente derrotando Brainiac.

Eu ainda estava me recuperando da lâmina que a Mulher-Maravilha fez adentrar minha entranhas e tripas, sobretudo, já estava bem melhor mesmo. Fui chegando mais perto do Morcego, quando ele finalmente se deu conta da minha presença, o mesmo se virou para mim, quebrando então finalmente o silêncio que reinava na caverna inteira.

B: - Olá Harley, que bom ver você. - Ele disse meio sério

H: - Nossa, há quanto tempo não vejo você de bom humor? - Falei cerrando meus cílios

B: - Me diga você. Enfim, pode me ajudar com o "Irmão Olho"? Deu problema de novo, e estou meio sem tempo pra consertar...

H: - É claro que ajudo, afinal, eu sou uma heroína agora não é mesmo?

B: - Bem, sim, é quase.. - Ele falou em um tom duvidoso

Será que ele realmente acha que eu não tenho capacidade pra ser uma heroína? Ou será que ele acha que ainda resta um pouco de "Coringa" no meu coração? Por que o Coringa já morreu pra mim.

H: - Olha Morcego, vou fazer o conserto, pode demorar um pouco então sugiro que se sente ou até mesmo dê uma volta lá fora.

B: - Ok, vou tentar me manter distraído.

                P.O.V BATMAN

Eu estava realmente começando a pensar se a Harley já esqueceu o Coringa de uma vez por todas, por que, ela poderia ser um problema se realmente não tivesse esquecido ele. A essa altura do campeonato, Harley já tem todas as informações da Liga, poderia facilmente nos destruir se ela quisesse, mas ela não faria isso, eu confiei nela.

Ao invés de dar uma volta como ela sugeriu, resolvi ficar ali observando ela, seus traços realmente exóticos me arrepiavam, não é como se eu estivesse gostando dela ou algo assim, mas sei lá, parece que ao lado dela, tudo ganha vida. Ela digita realmente muito rápido, eu poderia ficar o resto do dia ali, não por estar com ela, mas eu realmente preciso acabar meu trabalho, afinal, eu sou o Batman!

Após sair um pouco de perto da Harley, fui verificar meus Bat-Trajes e o Bat-Móvel, recebi uma ligação no meu celular e não era nada surpreendente, era o Alfred como sempre.

                    Ligação

A: - Senhor Bruce, o senhor gostaria que eu marcasse reserva em algum restaurante para seu jantar?

B: - Alfred, seria ótimo, estou pensando em levar a Quinn em um jantar de comemoração á sua entrada na Liga da Justiça!

A: - Ok Senhor Bruce, pode deixar comigo.

B: - Obrigado Alfred!

          *Ligação Terminada*

Me virei novamente voltando meus olhos para Harley e fitando a mesma. Foi logo quando avistei Dinah Lance do seu lado, conversando com Harley sobre alguma coisa que parecia ser relevante.

Fui andando em direção á Dinah, mais conhecida como Canário Negro.

B: - Dinah? Oque faz aqui?

D: - Ah nada demais, só vim para entregar uma coisa para Harley já estava de saída. - Disse ela com as sobrancelhas arqueadas.

B: - Sim, mas é alguma coisa relacionada a Liga? Se for, prefiro que me diga também.

D: - Não é nada, mas é bem pessoal, sinto muito não poder te contar Bruce, mas agora falando sério, eu preciso ir, Oliver está me esperando pra cuidar das crianças.

Dinah logo pulou para a porta saindo então da Batcaverna.

           P.O.V HARLEY QUINN

A visita da Dinah me deixou feliz, pois trouxe notícias boas sobre a Lucy, minha filha, isso deixa meu dia muito mais tranquilo, sabendo que ela está em boas mãos.

Eu havia acabado a tarefa do Morcego quando o mesmo veio até mim, me parabenizando por ter conseguido, é como se eu fosse uma criança de jardim de infância. Até que eu gosto disso.

B: - Parabéns Harley, e obrigado por isso, oque seria de mim atualmente sem você? - Ele soltou um sorrisinho de canto

H: - Bom, eu acho que nada - Falei dando uma risada fraca

B: - Enfim já está anoitecendo e eu queria saber se você gostaria de jantar comigo está noite em um restaurante, não é como se fosse um encontro e sim uma comemoração á sua entrada na Liga, você aceita?

H: - Mas é claro! Afinal oque eu iria fazer depois de sair daqui? Não tem oque fazer mesmo. - Eu disse sorrindo

B: - Que ótimo! 




Acaboooou! Mas não se preocupem, sexta que vem tem mais :)




Notas Finais


Então galera, eu espero que vocês realmente tenham gostado, podem dar suas opiniões e falar no que eu devo melhorar! A fic vai ser atualizada semanalmente todas ás sextas! Love ya ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...