História Good night call - Imagine Suga - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jungkook, Suga
Tags Bts, Jhope, Jungkook, Suga, Yoongi
Visualizações 28
Palavras 786
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 2


Fanfic / Fanfiction Good night call - Imagine Suga - Capítulo 2 - 2

Acordei no dia seguinte com um som horrível de vários despertadores tocando de uma vez. Era do quarto do Yoongi.

Me levantei da cama e fui cambaleando até a porta do quarto dele.

- Yoongi ? Pode desligar isso ? - Falei batendo na porta, mas não tive nenhuma resposta. Continuei batendo, fiquei batendo por uns dois minutos, até que resolvi entrar.

Ele não estava no quarto, desliguei todos os despertadores, pra que tantos ?

Quando eu já estava saindo do quarto, eu tropecei em umas caixas de pizza que tinha no chão e acabei me esbarrando em um criado mudo dele, um porta retrato acabou caindo. Tinha quebrado.

- Aigoo ! Ele vai matar ! - Juntei tudo e deixei onde estava, era um porta retrato dele com os pais.

Sai do quarto às pressas e fui me arrumar para ir para a escola.

***

Tinha acabado de chegar da escola, não vi o Yoongi o dia todo...estou com medo de quando ele chegar em casa.

Tento me distrair e pego um caderno, melhor eu estudar.

Me distrai um pouco antes de começar a estudar, tava passando nos jornais que tinha um cara solto por essas ruas, estava estuprando algumas mulheres. Aquela notícia me assustou, ainda bem que não moro sozinha.

Assim que abri meu caderno escutei o som da porta principal se abrindo. Olhei perplexa para o caderno.

- Oi. - Ele disse entrando.

- O-oi.

Ele passou direto por mim e entrou no quarto dele. É agora Na Oh. Em exatamente três segundos ele saio do quarto me encarando como se quisesse me matar.

- Por que entrou no meu quarto ?! - Ele disse quase gritando.

- Eu.. só queria desligar os despertadores !

- A regra era não entrar no quarto do outro ! Você quebrou a regra e ainda quebrou minhas coisas ! Presta atenção idiota. - Ele disse irritado.

- Pra que essa gritaria toda ! Eu só derrubei sem querer esse porta retrato.

- Mas...era especial ! Não tem como achar outro igual.

- Meu Deus... Eu vou comprar um igual então. - Peguei minha carteira e um casaco.

- Agora ? Sabe que horas são ? Ah, tanto faz. Só volte para casa se achar um igual.

Não respondi e sai rápido de casa, como ele consegue ser tão estúpido ? Me fazendo sair de casa uma hora dessas.

Sai andando em quase toda cidade procurando um porta retrato igual, mas não tinha nem um parecido. O pior é que as lojas já estão fechando, são 22:35.

- Ah ! - Me lembrei, tem uma loja que faz porta retratos do outro lado do viaduto.

Vou rápido para o viaduto, o viaduto estava com as luzes todas desligadas, está dando até medo.

Quando já estava passando pela metade do viaduto, eu escutei um barulho atrás de mim. Olhei rápido para trás e vi uma sombra se escondendo. Acelero os passos para sair mais rápido, mas ele estava se aproximando.

Comecei a correr, aquele com certeza deve ser o estuprador que passou na televisão. Consegui despistar ele e fiquei escondida atrás de uma árvore. Eu estava muito assustada, não consegui nem ficar em pé.

Passei umas meia hora alí, o que eu estou fazendo aqui ? Eu podia estar em casa estudando, mas estou aqui, escondida e com medo, procurando um lugar onde vende em porta retrato igual o daquele idiota do Yoongi.

- Na Oh ! Finalmente ! - Senti alguém me abraçar. Quase soltei um grito, mas me acalmei quando vi que a pessoa era o Yoongi.

- O que você está fazendo ?

- Eu... é...me senti mal, por ter feito você sair essa hora para procurar um porta retrato, ai quando eu me lembrei do estuprador que estava por essas ruas eu fiquei preocupado e vim atrás de você....Espera...o que você está fazendo aqui escondida...e com essa cara ? Não me diga que...Meu Deus Na Oh ! Você está bem ? Ele te machucou ? Por que você não fala !

- Calma ! Eu estou bem. Eu me escondi aqui porque fiquei com medo...uma pessoa estava me seguindo e eu corri.

- Aish... Desculpa.

- Tudo bem.

- Se levanta logo e vamos embora. - Olhei para ele e fiz um bico, minhas pernas estavam doendo. - Sobe logo então. - Ele se abaixou e ficou de costas para mim. Vou aproveitar a gentileza dele só um pouquinho. Subi nas costas dele e ele se levantou.

- Vai pó có tó !

- O que disse ? - Ele parou de andar.

- Nada nada. - Digo e ele suspira.

Quando chegamos na frente do nosso prédio ele literalmente me jogou no chão.

- Não precisa se preocupar em comprar um porta retrato, eu me viro. - Ele disse e vai entrando no prédio.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...