História Gosto de Você ( Imagine Kim Taehyung - BTS ) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Pll, Revelaçoes, Romance, Suspense
Visualizações 50
Palavras 1.292
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAH








Boa Leitura :)

Capítulo 2 - Foto


Fanfic / Fanfiction Gosto de Você ( Imagine Kim Taehyung - BTS ) - Capítulo 2 - Foto

Você já se apaixonou?

Nunca? 

Minha amiga eu tenho inveja de você.

Inveja pelo fato de você nunca ter passado por esse pesadelo. 

  - Você descobriu de quem é aquela mensagem? - Pergunta Yoona

  - Não, ainda acho que é uma brincadeira sua e da Hyuna. 

  - Não teríamos coragem de fazer isso com você. 

  - Eu sei...mas quem poderia ser? 

Essa era a questão que atormentava minha cabeça por mais de 1 semana.

Olha pela janela, vendo os jogadores de basquete.

A escola sempre deixava eles ficarem um tempo das aulas para jogarem.

Que injusto. 

Observava cada um deles. 

Jung Hoseok, Sun Hee 

E Kim Taehyung...

Por que meu coração bate tão rápido ao ver ele? 

Quer dizer ele é um garoto totalmente idiota que me fez derrubar minha comida - coisa muito preciosa para mim - e depois de muito drama pagou pra mim.

Eu realmente não gosto dele.

Meu coração deve bater de raiva.

Sim é isso, descobri.

  - Olhando pros meninos? - Pergunta Yoona 

  - Não, por que olharia? - Minto.

  - Porque mesmo que negue você é uma garota e é comum se sentir atraída por meninos...ou meninas.

  - Cala boca Yoona - reviro os olhos. - Vamos terminar esse trabalho. - Aponto para aquele pedaço de papel, que sinceramente pra mim é inútil. 

  - Pensei que não fizesse nada em inglês.

  - Meus pais disseram que eu só vou para a acadêmica se eu tiver notas boas. 

  - Você falou com o Jimin? 

  - Sim, ele me garantiu uma vaga lá.

  - Por falar em Jimin, ele me disse que se tornou muito amigo do Kim Taehyung.

  - Quem? - Engasgo com esse nome.

  - Aquele garoto que derrubou seu lanche.

  - Ah...claro me lembro bem sim.

  - Mas enfim, já que quer tanto fazer esse trabalho, vamos faze-lo.

  - Sim, vamos é melhor. 

--*--*-- 

Você já olhou em volta e por um breve momento pensou em tudo que estava acontecendo? E de repente você simplesmente esquece quem você é?

Não? Bom talvez você não seja normal.

Ou talvez eu não seja normal.

Eu sempre me pergunto por que eu.

Por que eu estou aqui?

Qual o motivo da minha existência? 

É talvez eu seja louca. 

  - Lá vai a _____ viajando de novo - Diz Hyuna.  

  - Nem viajar mais eu posso, sem alguém me julgar, que sociedade preconceituosa.

  - Não é questão de ser "preconceituosa" você realmente viaja as vezes - Diz Jimin sentando ao lado de Yoona 

  - Concordo com qualquer coisa que você disse, desde de que seja sobre a _____ - Diz Taehyung se sentando ao lado de Hyuna.

Por que ele não se sentou ao meu lado?

  - Vocês são um bando de idiotas.

  - Por que tão brava ursinha? - Pergunta Kim.

  - Ursinha? - Pergunta Jimin 

  - São tão amigos a ponto de terem apelidos? - Diz alguma das meninas. 

  - Não! - Digo convicta - Foi algo repentino, não é Kim? - Todos o olhavam esperavam uma resposta 

  - É...foi do nada, desculpe _____ não sabia que não gostava de apelidos. 

Kim abaixa a cabeça mordendo os lábios.

Eu fiz besteira. 

Foi tão repentino, não quero que ninguém saiba disso, seria estranho pra mim. 

Seria mais estranho ainda pra Yoona e Hyuna, desde daquilo nunca mais tive uma amizade com nenhum garoto sem ser Jimin. 

Meu celular vibra em meu bolso.

"Número Bloqueado 

Tadinho, você sabe partir corações, mas eu sou pior haha

Kisses

Anônimo"

Eu não acreditava naquilo.

Era uma foto do meu diário escrito "Sun Hee e _____ <3

Não que eu gostasse dele, longe disso. 

Isso é do ano passado, quando ai sim eu sentia algo.

Como essa garota ou sei lá o que, conseguiu isso.

Absolutamente ninguém sabe onde eu guardo meu diário. 

  - O que foi? - Pergunta Hyuna - Você tá branca.

  - Nada eu...só não estou bem.

De repente os celulares de todos começam a vibrar.

  - Que estranho - Yoona ri 

Mas para quando vê.

  - O que é isso? - Diz o novato prestes a pegar o celular. 

  - NÃO! - Pulo em cima de Kim e tomo o celular dele.

  - Ei! Saia de cima de mim e devolva meu celular - Ele diz tentando pega-lo 

- Nunca - Saio correndo até a quadra onde não havia ninguém e o mesmo me segue obviamente.

  - Devolve _____! 

  - Não quero 

  - Mas é meu!

  - Você não pode ver essa mensagem! 

  - Mas a escola inteira viu! Por que só eu não? 

Foi ai que cai na real.

Todos viram, e sim me incomodava.

Mas Taehyung, ele não podia ver, ele não pode ver.

  - Não quero que veja, só isso. 

  - Apague 

  - Como? 

  - Apague logo. 

  - Obrigada - Sorrio e apago. - Toma 

  - Obrigado - O novato pega o celular e se vira para sair.

  - Espere! - O chamo e vou até o mesmo que continuava virado. - Obrigada por me entender e...me desculpa por hoje...Tae - Eu digo mordendo os lábios 

Eu fazia ou não? 

Quer saber, não importa. 

O abraço.

Me senti numa típica cena de dorama. 

  - Tudo bem - Kim separa o abraço e me olha. - Você não é tão escrota como eu pensava. 

  - O que? Você me chamou de escrota?

  - Chamei

  - Você é muito cara de pau.

  - E você não age nada como uma garota agiria ou falaria

  - Isso é ruim? 

  - Não...eu gosto de você assim.

  - Idiota.

  - Imbecil 

  - Sem-educação 

  - Estraga prazeres

  - Estou sem ideias para xingamentos podemos parar por aqui?

Ele balança a cabeça negativamente.

  - Tudo bem. Devia voltar pra sala

  - E encarar todo mundo? 

  - Independente do que você fez, ou do que fizeram com você, ligar para o que eles pensam não vai mudar a situação.

  - É você tem razão. Obrigada. 

  - Mas antes - Ele diz - Não quer que sejamos amigos na frente deles? 

  - Não é isso...Na verdade é isso sim. 

  - Tudo bem. 

  - Tudo bem? 

  - Sim, eu não ligo na verdade 

  - Não liga?

  - Nem um pouco

  - Eu estava me sentindo culpada á-toa? 

  - Provavelmente.

  - Pensei que quisesse que fôssemos amigos, você parecia triste.

  - Não quero. 

- Se não faz questão, então por que estamos conversando agora? 

  - Você roubou meu celular esqueceu? Aliás quando eu te chamei de "garota drama" não foi por qualquer coisa. 

Você me paga Kim Taehyung.

  - Ótimo não precisamos ser amigos então. 

  - Não faço questão.

  - Ótimo!

  - Ótimo!

  - Ótimo! - Saio da quadra indo em direção a sala. 

Eu realmente te odeio Kim Taehyung.

--*--*-- 

  - Ontem você não pareceu ligar muito pra mensagem - Diz Hyuna - Você sabe quem foi? 

  - Não, mas adoraria saber.

  - Mas é uma vadia mesmo - Diz a atual do Sun Hee que eu não fazia questão de saber o nome. - Primeiro manda uma mensagem para escola inteira dizendo que gosta dele e agora coloca fotos abraçada com outro, realmente.

  - Primeiro não fui eu, e segundo...que foto

Eu não podia acreditar nisso.

O mural da escola estava lotado de fotos minhas e do Taehyung abraçados.

Em baixo havia um bilhete 

"Bora se decidir amiga? Haha 

Kisses

Anônimo"

Olha para trás procurando quem era o desgraçado ou a piranha que havia feito isso.

E encontro apenas Taehyung olhando para aquilo estático.

  - Tae eu juro que -

  - Só...não fala mais comigo, pelo menos por hoje. 

  - Vai mesmo me culpar? 

  - Te culpar? Eu disse isso quando? Aish você realmente, eu só preciso pensar, sozinho.

Ele saí em meio aquele corredor extenso.

Eu não fiz aquilo.

Mas eu me sentia tão...culpada.


Notas Finais


<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...