História GOT Kiss - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Got7, Markson
Visualizações 43
Palavras 1.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Orange, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Começando com o Mark como primeiro

Espero que gostem.

Capítulo 1 - Jackson e Mark.


Fanfic / Fanfiction GOT Kiss - Capítulo 1 - Jackson e Mark.

Eu não acredito que estou apaixonado pelo meu irmão, me declarei pra ele, mas foi pisado no meu coração. Jackson disse que eu era meu irmão e que eu não podia ama-lo, desde esse dia ele tem um namorada e uma bem metida, Yanara é a pior pessoa que se pode ter por perto. Ele só faz isso para me quebrar mais, mas aprendi a ignorar.

Appa aceitou minha escolha sexual sem problemas e minha mãe tambem, as eles são separados, mas ainda mantem cntato um com o outro, moro com ele e Jackson, só nos finais de semana ficamos com a omma, ja que nós podemos escolher onde morar.

- Appa ta chamando para jantar - Ele disse da porta, o probi de entrar no meu quarto.

- Ja vô - Respondi e passei por ele sem dizer mais nada.

- Até quando vai m ignorar? - Quando Jackson perguntou isso tive uma vontade de soca-lo, pois ele que havia pedido para ser ignorado

- Só me deixe em paz - Respondi, ele havia aprontado comigo e é claro que eu etava chateado, mas tenho costume de não mostrar o que sinto.

Eu odiava quando ele vinha com as piores perguntas mesmo sabendo que a culpa de eu estar bravo era sua. Desci e fui para a mesa, appa ja estava la e é claro a bruxa tambem.

- Oi Bambam - Ela me disse com aquela voz irritante

- Oi pra você tambem - Fiquei feliz por ter tirado o sorriso da cara dela, Jackson me olhou reprovado mas apenas dei de ombros e comecei a tomar café.

- Filho você ja esta de férias certo? - Meu appa me perguntou

- Sim, por que? - Perguntei confuso, ele não se importava com a escola, só comigo feliz.

- Sua mãe queria saber se não quer passar as férias com ela  - Respondeu e Jack son quase se engasgou, mas passou despercebido pelo meu appa ou ele que não muita bola - Se você aceitar - Emendou

- Claro - Respondi

Eu queria me afastar um pouco de Jackson, ele ja me machcou muito até agora. O lado bom só eu que ia, as férias dele só seriam daqui a duas semanas.

- Quando? - Pergunte, eu tava loco pra sair daqui e é claro ver minha mãe.

- Amanhã ela ve busca-lo, então arrume suas coisas hoje - Quando ele respondeu eu agradeci de que seria amanhã, que eu iria com ela.

Terminamos o jantar eu fui ajudar meu pai a lavar a louça, Jackson foi com a namorada para o quarto. Ele já havia me machucado dizendo que não aceitava meus sentimentos e depois apresentando a namorada para o appa, mas o bom ele tambem não gostou dela. Ficamos conversando enquant lavavamos a louça.

Depois de terminar de ajudar na louça, subi e vim arrumar as minhas coisas, eu tinha tudo na casa da minha mãe, mas sempre levava meu computador, alguns livros e meu caderno de desenho, o marido dela Jaebum era uma otima pessoa, se precisasse conversar ele tambem esava ao dispor.

- Precisa de ajuda? - Ouvi o Jackson perguntar da porta.

- Não, você não esava com a Yanara? - Perguntei frio.

- Até quando va agir assim? - Ele perguntou se sentand na minha cama, o olhei bravo, eu não o havia deixado entrar

- Até quando eu quiser - Respondi mau humorado, mas minha vontade era de agarra-lo

- Por que ta agindo assim? Você nunca foi desse jeito - Disse

- Por que? - Perguntei e ele assentiu - Porque desde que falei que gostava de você, você só tem me machucado, falando que eu não posso ficar com você e me machucando mais quando a Yanara se tornou sua namora e ainda mais porque ela me odeia - Respondi, eu ja estava chorando e ele se levantou e veio me abraçar, enterrei a cabeça em seu peito, Jackson só agia mais carinhoso comigo, mesmo que agora me atormentasse ainda tinha aqueles momentos em que ele era o irmão mais velho.

- Ei não chora - Ele me disse

- Como não chorar se você... - Ele me calou selando os nossos lábios.

Fiquei assustado no começo, mas depois comecei a retribuir, ele passou os braços pela minha cintura e eu passei os braços pelo seu pescoço, sua língua explorava a minha boca, acabamos nos separando com um selinho por falta de ar, ele encostou a testa na minha.

- Por que isso tinha que ser errado? - Ele perguntou.

- Eu tenho que ir dormir - Falei e soltei seu percoço, mas ele não soutou minha cintura - Jack vamos amanha você ainda tem aula.

- Ta, mas quando eu acordar você ainda vai estar? - Ele perguntou

- Nós sempre acordamos no mesmo horario - Respondi e ele me soltou, mas ates me deu um selinho.

Jackson foi para o quanto dele e eu fui tomar um banho e depois fui dormir, ele gosta de mim? Fiquei me perguntando isso e acabei dormindo.


No dia seguinte acordei com meu despertador tocando, deliguei, me levantei e fui fazer minhas higienes matinais, troquei de roupa e deci para o café, Jackson apareceu logo depois que eu sentei, enquanto tomavamos café omma apareceu, deu um beijo em nós dois e me perguntou o que e levaria, falei que seria a mochila na cama e ela foi la pegar, quando voltou eu ja tinha terminado o café, ela ia me esperar no carro. Subi para o quarto do meu pai e o encontrei cm problema para fazer o nó da gravata.

- Precisa de ajuda? - Pergunte e ele assentiu - Omma ja chegou - Falei ele me olhou.

- Só se divirta enquanto não atura eu ou Jackson - Disse rindo, me deu um abraço e voltou para o banheiro para arrumar o cabelo.

Ri disso e desci, quando tava quase na porta senti alguem me para.

- Nã vai me dar um abraço? - Jackson perguntou cm uma voz manhosa

- Você não tem jeito, né? - Perguntei, mas ainda dei um abraço nele e um beijo em sua bochecha e sai.


Duas semanas depois

Essas duas semas foi legal ter ficado com minha mãe, encontrei Yugyeon e Jinyoung, que eram meu amigos de infância, ajudei Jaebum a refomar o telhado da casa e ajuda-la com a casa e a floricultura, ela me deixou na frente de casa com um beijo e um abraço e foi para casa. Quando entrei, meu appa esta trabalhando, então fui direto para o meu quarto para soltar a minha mochila, enquanto bota o computador na comoda ouvi a porta ser fechada e me assustei ao sentir braços me rodearem.

- Senti saudade - Jackson fala no meu ouvido

- Tambem senti saudade - Me virei e o abracei encostando a cabeça em seu ombro.

- Eu te amo - Ele disse e eu estranhei.

- Você esta bem? - Perguntei

- Claro que estou, não posso dizdr que amo meu irmão? - Ele perguntou e eu aceitei eu era seu irmão então claro que ele me amava.

Levai a cabeça e olhei para ele, nã se o que aconteceu, s senti seus labios tocando os meus. Tirei os braços de sua cintura e botei em seu pescoço. Eu fui indo para traz e quando senti a cama bater na minha perna cai deitado. Ele fico por cima de mim começou a me olhar.

- Você não faz idéia d quanto é ruin não te ter aqui - Ele disse

- Pensei que não gostasse de mim - Falei

- Não diga isso - Ele respondeu - Eu te amo - Assim que disse me beijou de volta.

Sua lingua explorava minha boca, ele foi descend os beijos para o meu pescoço e deu uma mordida no lobulo da minha orelha, eu arfei soltei um pequeno gemido, meu mebro acordou na calça.

- Você é bem mai do que só meu irmão - Ele disse - Senti falta de você e te ter do mei lado - Disse e começou a chupar meu mamilo e apertar o outro, eu soltava gemidos, quend mais.

- Tava loco paa marca essa pele -Ele disse e foi distribuindo beijos pelo meu abdomen.

Quando chegou na calça ele a puxou junto com minha boxer e meu membro saltou duro, ele passou a lingua pela ponta me fazendo soltar um gemido e enfiou meu membro na boca me fazendo gemer, eu poderia gozar só com isso, mas o puxei para cima e selei nossos labios, virando e ficando por cima, tirei sua camiseta e comecei a beijar seu pescoço.

- Você é meu - Falei no ouvido dele e dei uma mordida no lobulo da orelha, fando-o soltar um gemido

Comei a beijar seu pescoço e dei uma mordida o fazendo soutar mais um gemido, comecei a chupar deu mamilo e besquei outro e fui descendo os beijos, quando cheguei na calça a puxei junto com a boxer e se membro saltou livre, lambi a ponta arrancando um gemido, enfei em minha boca e dei uma chupada, ante de ele me puxar selando nossos labios e me virando, ficando por cima, ele começou a me penetrar devagar e deixou eu me acostumar com o volume em mim, quando ja havia me acostumado, me mexi contra ele e começou a se mexer. Eu soltava gemidos desconcertados, ele acertava meu ponto me fazendo gemer mais, acretou três vezes na quarta eu me desfiz em meu abdomen e ele se desfezdentro de mim, seu corpo caiu cançado por cima de mim e ele me beijou. Saiu de dentro de mim e me pegou no colo me levando para o banheiro tomamos banho trocando alguns beijos, nos secamos e ficamos só de boxer. Nos deitamos e eu deitei a cabeça em seu peito.

- Eu achei que não me amasse - Falei

- Claro que amo, você é tudo o que tenho de precioso - Respondeu - Confesso que quando disse que gostava de mim eu fiquei assustado e passei esse tempo inteirotentando faze-lo me odiar, mas foi preciso essas duas semanas pra saber que eu não fico sem você - Assim que ele terminou de falar o beijei

- Então você é meu? - Perguntei

- Sim sou seu e você é meu - Respondeu

Agora eu sei que escolhemos quem amar, mas o destino que escolhe com quem ficamos e ele escolheu me deixar com a pessoa que amo.


Notas Finais


Desculpen se o lemon ficou ruim ainda sou nova em escrever.

Eu resolvi fazer uma com os couples do GOT7, vai ser um membro por vez.

Próximo Markjin

Desculpem os erros
Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...