História Got U On My Mind - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Suga
Tags Jimin, Suga, Yoongi, Yoonmin
Exibições 54
Palavras 621
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Estava escutando Got You On My Mind do NF e ultimamente tenho pensando muito mesmo em Min Yoongi, então...

Boa leitura. :)

Capítulo 1 - T(ouch)rust Me.


Fanfic / Fanfiction Got U On My Mind - Capítulo 1 - T(ouch)rust Me.

Choveu ontem à tarde e de noite você chegou. 

 

Somos tão acostumados com o silêncio que, ao retirar os seus tênis novos e entrar descalço na sala, mal me deu um sorriso calmo e subiu as escadas. 

 

Observei seus pés guiarem-te pela escadaria em espiral enquanto sua mão direita ia se apoiando no corrimão escuro. Você me olhava a medida que ia subindo, eu te olhava a medida que sua silhueta desaparecia e eu podia suspirar sem que ouvisse. 

 

Não vou dizer que era tristeza, Yoongi. 

 

Era certa agonia. Agonia porque não só naquele momento, como em todos os outros os quais eu fui covarde, você ia e vinha sem me dizer nada e eu mal prestava atenção em alguma coisa e por isso não me levantava e te dizia “fica.” 

 

Agonia porque eu te quis e te quero o tempo todo, você sabe, e mesmo assim custo a levantar minhas mãos e cravá-las em sua cintura, te dizendo palavras ora sujas, ora bonitas, pra explicar o quanto eu te desejo. 

 

E eu te conheço, sei que já te deu um pouco nos nervos sempre ter que tomar a iniciativa de me puxar pelo braço e me jogar na cama, ou na parede do estúdio onde certa vez eu praticamente fiz sua prateleira de discos desabar. 

 

Eu lhe daria o mundo e até mesmo uma galáxia diferente com seu nome flutuando quando se olha pro céu, junto de um “eu te amo” ao lado e a minha assinatura embaixo. Lhe daria o poder de ser a voz do planeta inteiro, de ser a pessoa mais amada já existente, mas nem ao menos consigo ser aquele que te dá amor mil vezes mais que todos os outros.

 

Todos os dias pessoas encontram erros e ódio umas nas outras e querem mudar isso aplicando medidas que envolvam um grupo muito grande de outros indivíduos. 

 

Eu prefiro ficar no meu mundo com você, onde o único erro presente é a demora enorme que você gasta pra chegar em casa e eu poder te olhar. 

 

E eu te olho tanto, ah, você nem sabe do tanto que meus olhos brilham quando você funga depois do banho porque independente do sabonete que a gente compra, você continua tendo uma alergia pequena que desaparece quando você me olha e eu entendo que você precisa de um chá quentinho e do meu abraço. Você não sabe o quão longe meu coração vai quando você senta na varanda com o seu gatinho e faz carinho no pelo dele enquanto mantém os olhos fechados e o cabelo caindo neles..

 

Quando você fuma na janela do quarto e depois se deita comigo. Quando você dorme em cima do teclado do piano e acaba acordando quando alguma tecla é apertada sem querer e te assusta. Quando você quase engole a TV com os olhos durante alguma partida de basquete imperdível. Quando você tem crise de espirro e se irrita porque acho fofo. Quando você me abraça por trás porque tem preguiça de buscar sorvete na loja de conveniências no final de semana e quer que eu vá por você se não certamente ficaria estressado por não comer algo doce.

 

Todas essas coisas você nunca soube que eu sempre amei com todas as minhas forças.

 

Agora sabe. Está lendo essa carta enquanto te tiro da sua zona de conforto, leia-se estúdio, e beijando a pele do seu pescoço, desabotoando sua calça jeans e rindo no pé do seu ouvido depois de ter me libertado do sufoco de estar engasgado com palavras (e porque você não fica feliz até que eu descaradamente enfie minha mão dentro da sua cueca.) 

 

Chove agora de noite e de manhã você irá tirar uma folga pra me amar. 


Notas Finais


Twiiter: @yoonverse


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...