História Got7 em Romances Proibidos - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Got7, Jackbam, Markjin, Markson, Yugbam
Exibições 169
Palavras 1.289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'
Annyeonghaseyou
Jal jinaess-eoyo?
Desculpe desaparecer, fiquei sem meio sem idéias, e estava muito ocupada esses dias.
Mas cá estou e trouxe Markson, 2Jae e Yugbam em um so capítulo curto.
Mais o próximo voltara a ser indivídual.
-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'

Capítulo 15 - 💙Voltinha no parque💚


Fanfic / Fanfiction Got7 em Romances Proibidos - Capítulo 15 - 💙Voltinha no parque💚

-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'
Continuação
-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'

Jackson on

-Que tal hoje a gente aproveita e ir ao Parque de diversões. Tenho um amigo que pode conseguir que a gente fique com o parque só para nós.- Youngjae
-Será bom a gente se distrai final semana que vem já teremos álbum novo para lançar. E desta vez será a agenda mais lotada. Então o tempo que tiver livre devemos aproveitar ao máximo.-Jaebum
-Então vamos logo- Mark
Trocamos de roupas e saímos, no elevador saímos todos em casal.
Ao entrar no carro Jaebum e Youngjae foram na frente, Yugyeom e Bambam no banco do meio. Mark e eu fomos sentados no último banco.
Youngjae ligou o rádio, e estava tocando cofession song.
-Aumenta o som por favor Jae- Mark grita animado.
-Porque tanta animação?-Pergunto para Mark.
-Por que foi nessa que nos começamos a assumir o nosso amor um pelo outro, se lembra?-Mark fala
-Como poderia me esquecer? Foi um dos dias mais felizes da minha vida, esse dia entraria para meu livro de melhores momentos.-Falo passando a mão no rosto de Mark em seguida selo um beijo calmo.
-E você tem um livro de melhores momentos? Engraçado você nunca comentou sobre esse livro.-Mark fala confuso
-Acontece que nele só entra os melhores momentos, por exemplo meus últimos dias na esgrima, o dia que entrei no Got7, o dia em que me perdi no seu sorriso e desde então não sei como sair desse labirinto.-Selo um beijo calmo, passo minha mão pelo rosto de Mark. Com a falta de ar eu vou encerrando o beijo com mordidas nos lábios de Mark.
-Eu quero ver esse livro, fiquei curioso.-Mark
-Quando a gente casar eu te mostro.-Jackson fala e Mark faz biquinho.
Estavamos chegando ao
parque, e Mark acabou pegando no sono com a cabeça em meu peito.
-Amor chegamos, acorde.-Falo calmamente ajudando Mark a se levantar.
Ao sair do carro compramos os ingressos e fomos para os brinquedos.
-A gente se encontra aqui de novo, as 20 horas...Bom se divirtam.- Jaebum fala levando Youngjae ao trem bala.
Yugyeom e Bambam foram para a roda gigante.
-Onde que ir primeiro?-Jackson
-Que tal montanha russa?- Mark
-Ta querendo me matar?-Jackson
-Vamos por favor.-Mark fala e Jackson continua a encarar a altura da montanha russa, Mark coloca a mão no queixo de Jackson fazendo eles se olharem no fundo dos olhos-Eu te protejo, vamos por favor?
-Que eu não morra hoje- Jackson fala se benzendo.
-Deixa de ser dramático amor- Mark fala abraçando Jackson por trás.
-Dramático Mark? Olha a altura disso- Jackson fala mostrando a altura do brinquedo.
-Realmente e bem Altinho!-Mark fala ironicamente e puxa Jackson-Vamos?
-Se eu morrer, volto pra te assombrar-Jackson
Entramos no brinquedo eu sentia que meu coração iria parar a qualquer momento.
Não queria demonstra fraqueza perto de Mark, porém ele atingiu meu ponto fraco.
O brinquedo começa a se movimentar, sinto meu corpo gelar dos pés a cabeça.
Mark sorria ao ver meu desespero.
-Você sabe que eu estou aqui, então qualquer coisa e me abraçar.-Mark mal termina de falar e eu o abraço, o mesmo poem sua mão em meu cabelo, fazendo com que eu me sentisse mais confortável.
Sei corpo e tão quente, seu cheiro e de enlouquecer.
Aos poucos vou perdendo o medo, e vou abrindo os meus olhos, fico surpreso com a vista que eu tinha da cidade, a sem dúvida essa seria uma das vistas mais bonitas que já tive da Coréia.
-E tão linda -Jackson
-Realmente-Mark fala olhando pela janela com grades do brinquedo-O que você mais gosta em mim?- Mark pergunta depois de alguns minutos em silêncio.
-O que eu mais gosto em você? Você sabe que eu não sou muito bom em me expressar- Mark assenti com a cabeça.- Bom...eu gosto de...de tudo em você, mas o que realmente me encanta em você... Seu sorriso e o que me faz ter energia, o sorriso que você tem todas as manhãs quando acorda me deixa totalmente apaixonado.- Jackson fala beijando Mark.
-To sem palavras.-Mark sela um beijo calmo em Jackson e pede passagem com a língua o mesmo cede.
Ao nos separar percebo que tudo está escuro.
-Mark acho eu fiquei cego-Falo desesperado.
Mark solta uma gargalhada, e logo passa sua mão na perna do moreno.
-Você não esta cego, apenas faltou energia.- Mark fala subindo nas pernas de Jackson-Bom a lua pode nos ver- Mark fala beijando o pescoço de Jackson fazendo ele soltar um leve gemido.-Que tal aproveitar que estamos sós.
-Alguém pode nos ouvir.-Jackson
-To nem ai- Mark tira a camisa de Jackson.
Fizeram amor até a energia voltar, e se vestiram apressadamente pois estavam nús.

Youngjae

Desde que Jaebum assumiu nosso namoro para os meninos, nossa relação vem se fortalecendo.
Ao chegar ao parque marcamos de nos encontrar novamente as 20 horas. Eu e JB fomos ao trem bala.
-Nossa que alto.- Jaebum e o brinquedo começa a se movimentar.
-Tem certeza de que eu não irei cair de não e?- Pergunto Alex
-Tenho sim, e seguro Jae. Todos os anos os brinquedos passam por revisão, e reforma e são aprovados. E quando são reprovados nós damos um jeito de fazer ele ficar estável para a segurança.- Alex
-Que bom, mas se eu morrereu te mato.-Youngjae
Entramos no brinquedo e Jaebum segura minha mão entrelaçando nossos dedos.
-Quem é o Alex?-Jaebum
-Nos fomos vizinhos quando crianças, e nos esbarramos várias vezes esse ano, ate que descobri que ele tinha agora um parque, e ele por conta de nossa amizade disse que conseguiria ingressos e o parque fechado pra quando eu quiser.- Falo piscando para Jaebum
-Você as vezes me deixa com vontade de te prender no quarto e nunca mais tirar de la- Jaebum
-Depende do que vai fazer comigo dentro dele.- falo maliciosamente.
-Acontece que você tem uma doçura na voz, uma infinita beleza, carisma de sobragentileza pra dar e vender, safadeza no sorriso, e uma certa ingenuidade preocupante.- Jaebum
-Porque ingenuidade preocupante?- Youngjae
-Você não viu como ele te olhou dos pés a cabeça quando caminhou na frente, enquanto estavamos vindo até o brinquedo.-Jaebum fala com ciúmes.
-Deixa de ser ciumento, Ele pode ate olhar, mas esse corpo pertence a você. E sabe disso- Youngjae sela um beijo com mordidas em Jaebum e para, pois o brinquedo entra em movimento.

Bambam

Depois que saímos do carro Yugyeom caminhou distante de todos. Eu corri até seu lado e segurei sua mão, o mesmo sorri e entrelaça nossos dedos.
-Você vai aonde primeiro?- Yugyeom pergunta
-Que tal ir na roda gigante?- Pergunto e ele concorda.
Caminhamos até o brinquedo e entramos e ficamos abraçados apreciando a vista da cidade. Até que faltou energia, e como estava um pouco frio o abraço foi nos esquentando, porém não o suficiente para aquecer.
Coloco minha mão na perna de Yugyeom e o mesmo coloca sua mão em cima da minha.
Eu me sento em suas pernas, e o beijo. Ele coloca suas mãos na minha cintura e o beijo fica mais quente, ele pede passagem com a língua e eu acabo por ceder. Nos separamos apenas por falta de ar, ele se separa com uma mordida em meu lábio. O que me provocou mais ainda.
-Bam você acha que os meninos estão bem?- Yugyeom fala e logo escutamos alguns gemidos vindos de outros brinquedos. Pensávamos que era pessoas próximas ao parque, porém do lado esquerdo se escutava a voz de Mark e do lado direito a voz de Youngjae.
- Eles estão muito bem- Falo sorrindo
Yugyeom volta a me beijar e desce sua mão até minhas nádegas, e logo aperta eu tiro sua camisa e começo distribuí beijos pelo seu pescoço e abdômen.

-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'


Notas Finais


-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'
😊💐Espero que tenham gostado.😚
😎👌Avise se gosto, Tem uma sugestão para a fic, comenta ai, quem sabe sua sugestão não se torna parte da história.😎👌
😘Tto bwayo💐
-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...