História Gotta be you. - Capítulo 58


Escrita por: ~

Postado
Categorias Little Mix, One Direction
Personagens Clive Babinaux, Harry Styles, Jade Thirlwall, Leigh-Anne Pinnock, Liam Payne, Louis Tomlinson, Olivia "Liv" Moore, Perrie Edwards, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Assasinato, Drama, Harry Styles, Izombie, Jade Thirlwall, Mistério, One Direction, Pretty Little Liars, Romance
Exibições 74
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi jovens,Tudo bom? haha
Hoje eu to explodindo de tanta animação, (imaginem vários fireworks em mim agora) Pois é, dai vocês perguntam por que eu to tão animada, mano esse capítulo é tipo um dos mais importantes nessa fic, so perde para os próximos claro, mas tipo AI MDS! durante o período do mistério eu ficava só observando vocês ai levantarem suspeitos, principalmente para quem seria L.P, e eu ria com cada pessoa que colocavam como suspeito, eita Deus

E agora um breve recadinho para Mayara (@may21033) AAAAAAAAA tiro Mayara, pra você que so faltou jogar a cômoda em cima de mim "quando achou" que tinha descoberto quem era L.P, kkkkk eu tava rindo por dentro e me segurando para não falar a verdade, enquanto você fazia seu papel de trouxa, agora mona um beijinho pra você haha (deixando bem claro que doeu pra caralho quando você tacou a caixinha verde na minha perna)

Capítulo 58 - Cinquenta e oito


Fanfic / Fanfiction Gotta be you. - Capítulo 58 - Cinquenta e oito

Senti uma pontada na cabeça, não conseguia abrir meus olhos, meu corpo todo doía, era como estar dormindo, e acordada ao mesmo tempo.

O que estava acontecendo?

Tudo parecia quieto, e o silêncio sombrio reinava até uma porta pesada ser fechada atrás de mim e eu me assustar e me impulsionar para frente  abrindo os olhos frustrada.

O lugar estava escuro, meu coração batia aceleradamente, olhei em volta e vi uma pessoa parada, abracei meu próprio corpo e me preparei para gritar, mas senti duas mãos em meus ombros, prendi a respiração.

xxx - Não grite - a pessoa falou com a voz rouca, porém fina

Ele cruzou a sala  e sentou em uma cadeira na minha frente, vestia um moletom preto, uma calça folgada e um boné que cobria o rosto.

xxx - Você dormiu umas dez horas, achei que não fosse mais acordar...

Me encolhi, analisei o quarto, tentando achar uma forma de fugir, era impossível, nenhuma janela, apenas a enorme porta de ferro.

xxx – Di-a-na... - Ele pronunciou meu nome lentamente - Finalmente nos conhecemos

Hesitei antes de abrir a boca e falar alguma coisa

- Q-quem é você? sussurrei

A pessoa riu  baixo.

xxx - Achei que já deveria estar desconfiada... - Fez uma pausa - Tinha que ser eu para te proteger, não é mesmo?

 Forcei meus olhos para tentar enxergar alguma coisa além da penumbra da sala.

- Quem é você? - Repeti de novo

xxx - Talvez isso te ajude a lembrar - a pessoa tirou um celular do bolso e digitou alguma coisa, segundos depois pude ver meu celular vibrar do outro lado da sala

Um calafrio percorreu meu corpo inteiro.

- L.P? - Sussurrei

xxx - Não necessariamente...

- O que você vai fazer comigo? - me desesperei

xxx - Diana você está em perigo... eu não sou o vilão da história, acredite.... - Suspirou alto

- Mas que perigo? Você é o assassino? O que quer fazer comigo?... - Ele me corta

xxx - Somos todos vítimas do destino - Ele riu

- Não entendo... - Sussurrei para mim mesma

xxx - Eu também estou em perigo tanto quanto você, porém você vai sobreviver, já quanto a mim não tenho certeza

- Mas se você não é o assassino... - Ele me corta

xxx - Depois de tantas pistas? já deveria saber. Então não é a hora ainda - Esfreguei os olhos frustrada

- Não, não. Eu quero saber agora! Você sabe quem é o assassino! Então me fale.

- chega de perguntas. É melhor eu ir embora, vou deixar você descansar - Ele levantou e caminhou até a porta

- Não eu não quero! Me tira daqui! Eu preciso saber toda verdade!- Gritei

xxx - Quem sabe outra hora...

- Eu vou ficar aqui por mais tempo? Você me sequestrou - Ele me corta

xxx - Não. Você pode ir embora, mas não é a escolha mais sensata

- Meus amigos...

xxx - Eles estão bem

- Por que isso está acontecendo. - .L.P ficou me silêncio durante algum tempo até finalmente abri a boca

xxx - Descanse... eu te conto tudo, mas não agora - Permaneci imóvel

Ele abriu a porta e parou por um segundo.

xxx - Eu te admiro- Ele fez uma longa  pausa e depois tirou o boné e para minha surpresa, não era ele! Era... ela

xxx - Sou Leigh-Anne Pinnock, e eu te admiro Diana Johnson


Notas Finais


Serio gente vocês de verdade acharam que o nosso daddy Payne era L.P? so por causa das iniciais (confesso que eu fui retardada também quando escolhi essas inicias, por que até eu acharia que L.P era o Liam coitado), também me surpreendi quando disseram que era o Harry, COMO ASSIM HARRY É L.P? Mas tipo teve uma pessoa logo no começo, que tinha citado a Leigh, não lembro quem foi
Até mais galerous


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...