História Gotta Be You - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Adelaide Kane, Amanda Seyfried, Diário de uma Paixão, Ela Dança, Eu Danço (Step Up), High School Musical, Jason Derulo, Justin Bieber, Justin Timberlake, Lolita, Meninas Malvadas, Paixão Sem Limites / Sou Louco Por Você, Shawn Mendes, Simplesmente Acontece (Love, Rosie)
Personagens Adelaide Kane, Amanda Seyfried, Jason Derulo, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Justin Timberlake, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Drama, Romance, Songfic, Tragedia
Exibições 20
Palavras 1.472
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora :(.

Eu estava em prova e o meu tio morreu, então não consegui postar, espero que gostem!

LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Capítulo 3 - New Teacher


Fanfic / Fanfiction Gotta Be You - Capítulo 3 - New Teacher


Sebastian, nosso professor de filosofia começou a aula.

- Não há uma definição simples que consiga resolver a questão deo que é a filosofia, pela própria extensão do conteúdo produzido que se convencionou chamar de “filosofia” e pelas diferentes respostas que os filósofos deram a ela no decorrer da história, muitas vezes refutando as interpretações de outros. Ou seja, a própria questão “O que é Filosofia” é aquilo que chamamos de “problema filosófico”: problemas que só podem ser resolvidos por meio da investigação racional. - Ele tinha uma voz grave e melancólica - Algumas das minhas alunas perguntam por que não há tantas filósofas mulheres como filsofos homens, alguém pode me responder o por que?

- Elas estavam ocupadas demais lavando prato.- Um garoto na minha frente respondeu sorrindo. Apertei minha caneta com força, odeio pessoas que tem coragem de rebaixar qualquer ser humano a nada, principalmente as mulheres. Vi que também tinha algumas garotas e poucos garotos que não estavam rindo da "piada" do colega.
 
O professor não discordou, e ainda riu junto com os alunos. A sala começou a ficar em um silêncio tedioso depois dos risos e idiotices enquanto o professor escrevia algo no quadro, mas eu não consegui ficar calada.

- Na verdade. a história da filosofia demonstra várias mulheres filósofas, mas seus trabalhos  não foram reconhecidos por questôes culturais, mas desde de sempre a filosofia pertenceu ao  gênero humano independente do gênero.

Sebastian se virou procurando quem se posicionou contra a sua aula, até que seu olhar encontrou o meu.

-Então você está dizendo que eu estou errado?- Nessa hora toda a sala olhou para mim. Eu sempre odiei qualquer tipo de atenção e ter, pelo menos, trinta pessoas olhando para mim é horrível. Fiquei calada e ele riu - Cite então, cinco filósofas.

Não era fácil lembrar dos nomes, irei admitir, mas eu nunca fui do tipo que desiste, eu sentia uma necessidade enorme de provar para aquele homem que as mulheres podem ser importantes e que não devem ser rebaixadas a "Lavadeira de pratos".

- Melissa foi uma filósofa e matemática pitagórica, Theano, 546 a.c foi uma matemática grega e também é conhecida como filósofa e física,  Oliva Sabuco foi médica e filósofa espanhola, Harriet Taylor foi uma filósofa e defensora dos direitos das mulheres, e Susanne Langer foi uma grande especialista em filosfia de arte. Todas essas mulheres contribuiram para alguma parte da filosofia, só que seus trabalhos não foram  reconhecidos como deviam.- Qando parei de listar as filósofas, alguns alunos aplaudiram, outros riram, e outros olhavam para o professor quernedo ver a sua  reação.

Também olhei Sebastian e ele me olhava curioso, seus olhos voaram de mim para outro aluno e ele fechou a cara. Segui seu olhar vendo o Shawn rindo e tentando esconder o riso. O silêcio tedioso virou uma bagunça ensurdecedora.

- Silêncio.-Gritou.- Muito bem senhorita D'arc. A senhorita acertou, mas da próxima vez,  não esqueça, eu quem mando nessa sala, nunca mais me  corrija ou tente dar a aula no meu lugar.- Novamente não consegui manter minha boca fechada.

- Eu não...

- Vamos continuar a aula.- Ele me interrompeu sorrindo de lado e voltando a escrever no quadro.

Não consegui prestar atenção no resto da aula, estava me matando de raiva do professor e do que ele disse. Machista, idiota. Quando acabou a aula, o velho deixou a sala e eu bufei. Estava guardando os meus livros quando escuto uma voz grossa atrás de mim.

- Você arrasou hoje.- Olhei e vi o Shawn, agora em minha frente com seu sorriso torto que aprendi a achar bonitinho.- Ele mereceu, é um idiota.

-Obrigada. É, ele é um idiota e eu odeio esse tipo de gente.- Ele riu e se aproximou, ao mesmo tempo eu recuei. e bati em uma mesa e quase cai escada abaixo, mas antes do desastre ocorrer, senti duas mãos em minha cintura.

- Opa, cuidado docinho.- Ele continuou rindo torto, ainda me segurando.

- Obrigada, de novo.

Ele hesitou um pouco em me soltar, mas o fez. Se afastou e tirou um papel da bolsa, parecia um tipo de convite.
- É um convita para uma festa que vai acontecer nessa sexta-feira. O local está aí, assim como o horário. Espero te encontrar lá.- Balancei a cabeça fechando os olhos e sorrindo, sempre que sorrio meus olhos se fecham um pouco. Abri os olhos a tempo de ver o Shawn ficando sério e acenando para mim com a cabeça, saindo da sala. Estranhei.

Shawn Mendes

Me surpreendi com a Mayanna hoje. Meus amigos e primos mais velhos sempre diziam que o Sebastian era rígido e que niguém teve coragem de o provocar ou o contrariar.

Desde que essa garota chegou, eu a achei diferente. Ela é linda e no dia da balada eu estava com uma vontade maior de matar o cara que a segurou.

- Hey Shawn.- Ed, o garoto que segurou o nojento na balada me chamou. 

- Iai cara?- Perguntei socando suas mãos e abraçando-o de lado.

- Hoje vai ter uma racha, você vai competir?- Quase todos os alunos da faculdade iam as rachas, eu nunca competi, e hoje seria a minha primeira vez.

- Claro que eu vou!

Quando as aulas acabaram fui embora para casa e só ficava pensando em qual seria a resposta da Mayanna.

- Filho, você chegou.- Manoel, meu´pai veio em minha direção para me abraçar, mas eu recuei. Desde do que ele fez, a única coisa que sinto por ele é nojo e repulsa.

- Shawn, eu já pedi perdão pelo o que aconteceu. Já faz dois anos.- Falou com uma falsa mágoa.

- Perdão e tempo  não tiram o fato que você traiu a minha mãe.- Subi as escadas com revolta. Desde que vi o Manoel com outra na cama dos meus pais, me tornei outra pessoa. Minha mãe ainda não sabe e eu não tenho coragem para lhe contar e vê-la magoada, ela é bastante sensível e ama meu pai intensamente.

Eu só queria poder tirar aquela cena de minha cabeça.

Flashback

Cheguei em casa, minha mãe estava na casa da vovó, eu tinha falado com ela no caminho da escola para cá, e meu pai estava aqui, provavelmente já que ele trabalhava em casa.

-Pai. - Chamei-o. Não tive resposta. Meu pensamento foi que ele tinha saido para buscar a minha mãe ou fazer compras aé que escutei uma voz (mais para um gemido) feminina. Joguei minha bolsa no sofá e subi as escadas indo em direção ao quarto dos meus pais, já que as vozes estavam vindo de lá.

Esperei para escutar novamente, para ver se era minha mãe que já tinha chegado, mas não. Não era minha mãe, era outra voz.

Abria a porta lentamente e me choquei com a cena que vi. Meu pai estava por cima de uma mulher morena, os dois estvam nús e a garota gemia alto. Fiquei calado, ainda chocado com a cena, tentando criar coragem para falar alguma coisa.

- O QUE DIABOS ESTÁ ACONTECENDO AQUI? - Meu pai pulou com meu grito se cobrindo em um lençol enquanto a mulher se cobria com outro- Sai daqui.- Me dirigi a mulher, que me olhava com malícia, sem se mover.- SAI DAQUI! - Gritei e dessa vez ela entendeu, saiu da cama e do quarto da minha mãe.- Por que?- Perguntei para Manoel.

- Filho, por favor, não conte para a sua mãe.- Implorou vestindo a bermuda que estava jogada no chão.

- Por que eu não contaria? Você foi um tremendo de um filho da puta. Minha mãe não merece isso.- Falei o olhando com nojo e ele fez uma coisa que nunca imaginei. Se ajoelhou.- Por que você fez isso?

- Filho eu sou fraco, eu fui fraco, mas eu não quero perdê-la,foi uma burrice minha, por favor.- Olhei para ele e decidi que não falaria nada para miha mãe, não por estar com pena dele, mas sim por não quer magoar ela.

- Eu não vou contar nada, mas saiba que isso não é por você, mas sim por ela.- Sai do quarto querendo mata-lo, mas me segurei.

Flashback Off

Desde desse dia prometi a mim mesmo que nunca, independente de qualquer coisa, eu iria trair alguém, posso fazer outras coisas, mas não vou trair.

Preso nos meus pensamentos, nem percebi que já tinha anoitecido, era hora da racha.

- Oi filho.- Minha mãe me deu um beijo na bochecha quando me viu na entrada de casa e eu retribui.

- Oi mãe, eu vou dar uma volta com meus amigos, cego tarde, ok?- Ela concordou e me abraçou.

Peguei meu carro e fui para onde acontecia a racha. Cumprimentei o meus amigos, foi quando a vi. Ela estava com seus amigos, de lado e com um sorriso no rosto. 


Notas Finais


Gente, a polêmica do machismo é tipica. Tudo o que foi escrito, são coisas que eu já presenciei na minha sala de aula ou já escutei de alguém. O que a Mayanna disse, tudo foi tirado dos meus pensamentos. O fato dela odiar "idiotas" vem dos meus pensamentos. Não estou provocando ninguém, tudo o que aconteceu é por que eu acho que deve acontecer.

Eu peguei os nomes e as ações das filósofas na wikipedia e a definição de filosofia em outro site.

Espero que tenham gostado. O que será que vai acontecer na racha? E queee babado foi esse do pai de Shawn?
kkkkk

Beijos, adoro vcs :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...