História Gotta Find You - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ashley Benson, Cara Delevingne, Fifth Harmony, Kendall Jenner, One Direction, Shawn Mendes, Tyler Blackburn, Victoria Justice
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Camreng!p, Laureng!p
Exibições 371
Palavras 2.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heeeeeeey ♥

Capítulo 50 - Despedidas


Fanfic / Fanfiction Gotta Find You - Capítulo 50 - Despedidas

 

PROV. CAMILA
 

Os últimos dois dias se passaram muito rápido, mas deu pra aproveitar muito a Lauren antes dela ir pra Londres. Me encontrei com os pais delas e eles me acolheram tão bem, mesmo depois do que fiz pra filha deles, continuavam me tratando muito bem.

Acabei pedindo folga esses dias pra minha chefe e agradeci aos céus por ela ter me concedido. Estávamos entre amigos e o clima era muito bom, até acompanharmos a Lauren no aeroporto. Vero foi dirigindo o carro da Lo, e a Lucy do lado dela. Lauren e eu íamos atrás, aproveitando as últimas horas juntas, eu deitava a minha cabeça no seu ombro e ela me acolhia num abraço protetor, sentia alguns beijos no topo da minha cabeça e fechava meus olhos degustado o carinho que ela fazia.

Estávamos na nossa bolha e vez ou outra, via a Vero olhando pra gente pelo retrovisor, lembrei que na noite anterior ela mal conseguiu dormir, seus olhos estavam vermelhos, e era nítido que ela havia chorado e de óculos escuros, tentava disfarçar. Dei um sorriso pra ela que retribuiu voltando a atenção na estrada.

Os pais da Lauren iam no carro da frente com as outras meninas, espero que não seja um chororô sem fim. Odeio despedidas.

Lauren: Hey? -me chamou e levantei meu rosto pra encara-la- Não fica assim, por favor -disse passando a mão pelo meu rosto, forcei o sorriso e voltei a deitar minha cabeça.

Não queria conversar muito, só ficar o máximo de tempo que podia com ela. Suspirei quando o carro parou, e as meninas desceram. Tava chegando a hora e eu não podia chorar. Mas as lágrimas vieram, agarrei a jaqueta da Lauren e ela me apertou firme em seus braços, ainda dentro do carro.

Ela não falou nada, e ficamos mais alguns minutos, até o meu sogro bater de leve na janela do carro.

Mike: Não quero atrapalhar vocês, mas filha, ainda precisa fazer o check-in -disse e a Lauren assentiu. Devagar me separei dela e ela secou minhas lágrimas, abriu a porta do carro e saímos. 

Fomos andando pra dentro do aeroporto, eu ia agarrada no braço dela, os pais dela e as meninas iam mais a frente, ela fez o check-in enquanto fiquei sentada esperando com as meninas, a Clara e a Vero levaram as malas dela pra esteira que havia lá, quando voltaram, aguardávamos o embarque da Lo. 

Os minutos seguintes foram angustiante, e quando aquela voz mecânica anunciou o voou da Lauren, não aguentei e chorei de novo, estava de cabeça baixa, quando a Ally sentou ao me lado e me abracou. Lauren levantou e começou a se despedir das amigas. Ergui a cabeça pra ver a cena, as meninas também estavam chorando, sorri ao ver ela abraçando a Dinah que falava algo no seu ouvindo, fazendo a Lauren rir. Depois foi a vez da Normani.

Normani: Se cuida, branquela, vamos sentir muito a sua falta -disse apertando minha namorada, elas se separaram e foi a vez da Ally, que até então estava do meu lado, ela levantou e a abraçou. 

A baixinha chorava e depois beijou o rosto da Lo, depois abraçou a Lucy, que desejou uma boa viagem, quando foi a vez da Vero, ela não parava de chorar.

Vero: Quem eu vou perturbar agora? -dizia em meio ao choro e a gente riu- Eu amo você, palmito, e não se preocupa, vamos ficar de olho naquela moça ali -apontou pra mim e eu rir.

Os pais dela a abraçaram e a dona Clara tentou segurar o choro, mas não conseguiu. Eles ficaram no abraço alguns minutos e os pais delas davam alguns conselhos, pois via a Lauren assentir várias vezes.

Quando separaram do abraço, ela procurou por mim, e eu levantei, dei alguns passos até ela e abracei o mais forte que eu pudi. Não precisávamos falar nada, todo o sentimento que estávamos sentindo no momento, era exposto naquele abraço. 

Lauren: Olha pra mim -pediu levantando meu rosto com sua mão, encarei seu olhos e ela beijou a pontinha do meu nariz- Eu te amo muito, Camz, agora promete pra mim que você vai ficar bem? Que vai me esperar? 

Camila: Eu prometo, amor, e eu também te amo, sempre vou esperar por você -disse mostrando meu melhor sorriso, não queria que ela partisse me deixando triste- Eu te amo tanto, Lauren -puxei sua nuca e a beijei. Não era um beijo de adeus, mas de até logo. Terminamos o beijo e ela colocou sua testa na minha.

Lauren: Eu te ligo assim que chegar, tá? -assenti e mais uma vez ouvimos a anunciarem o vôo, suspirei e ela me deu um selinho bem demorado, beijou minha bochecha, e pegou uma mochila que tava com a mãe, eu ainda segurava a mão dela, e juro que não queria soltar.

Mesmo assim agarrada, ela deu um beijo na testa da mãe e do pai, olhou uma ultima vez pra nossas amigas.

Ally: Vai com Deus, Lolo, sentiremos saudades -ela sorriu e piscou pra pequena Ally.

Dinah: Nois se ver por aí, branquela -rimos e ela me olhou com carinho, com a outra mão livre, tocou no meu rosto e fechei meus olhos.

Lauren: Até logo, meu amor -falou e mais uma vez me deu um selinho, tive que ir soltando a mão dela devagar e a vimos andar até o ponto de embarque, olhou pra trás mais uma vez e pude ver seus lábios mexendo- Eu amo você.

Sorri.

Ela sumiu da nossa vista e vi a dona Clara se aproximando de mim, e me abraçou. Alguns minutos depois, vimos pelas enormes janelas de vidro, o avião decolar, e parte do meu coração foi junta da Lauren, sequei minhas lágrimas e respirei fundo, voltei a encarar minhas amigas, que retribuíram o sorriso. Todas nós sentiremos muita da saudades da Lauren, espero que ela faça uma boa viagem e que logo possamos estar juntas de novo, vou ansiar por isso todos os dias.

Não sei como seria daqui pra frente sem ela comigo, mas precisava entender que tudo isso era necessário, é o futuro dela que estar em jogo, ela esperou tanto por isso, e não sou eu que vou fazê-la desanimar com meus caprichos, espero mesmo superar a distância, pois sei que não é fácil. Mas o nosso amor é maior que isso.

Meus sogros convidaram a gente pra almoçar com eles, aceitamos e seguimos pra um restaurante bem famoso da cidade, como as meninas já conheciam eles, o almoço não poderia ter sido mais animado, o Mike começou a falar sobe a adolescência da Vero e da Lauren, rimos muito pelas diversas histórias. Perguntei sobre o por que dos gêmeos não terem vindo se despedir da irmã mais velha, disseram que os dois estavam em outra cidade com o avós. Pedi que mandassem um beijo pra eles, já tava com muitas saudades.

Por falar em saudades, a Lauren tava demorando a me ligar, já estava impaciente dentro do quarto, mas foi só a Normani me explicar que o vôo até Londres leva mais ou menos nove horas, acalmei meu coração com essa informação, então resolvi dormir um pouco, quem sabe ela aparece nos meus sonhos e eu mato a saudade.


-----------------------------------------------*----------------------------------------------

 

PROV. LAUREN

 

Não foi nada fácil ter que deixar minha família, amigos e a minha namorada pra trás, ainda mais depois de nos acertarmos, eu tava tão feliz por isso. Meu coração se apertou ao me despedir deles, mas sei que em breve isso tudo vai ter valido a pena. Pois estaria em busca do meu sonho, e precisava enfrentar os obstáculos que aparecessem no meu caminho, é uma luta árdua, é um novo pais, novas pessoas, outra visão de vida, mas precisava manter o foco, e que eu possa dar o meu melhor pra alcançar meus objetivos.

O vôo foi bem longo, cansativo, provavelmente chegaria lá no início da noite. Então resolvi cochilar um pouquinho. Apesar do desconforto da poltrona, consegui dormir muito bem, até senti uma pequena mão me acordando, era a aeromoça, que me informava que o avião já iria pousar, agradeci e me ajeitei na poltrona. Olhei a vista pela pequena janela e as luzes de Londres me davam as boas vindas.

O avião pousou e quando sai acompanhando a multidão, avistei uma moça loira com uma plaquinha na mão, escrito "Srta. Jauregui", certamente era eu. Acenei pra moça que abriu um lindo sorriso. Me aproximei dela e ela me cumprimentou.

XXXX: Oi, você deve ser a Lauren, é um prazer conhecê-la, eu sou a Ashley Benson, noiva do Tyler -disse e apertamos nossas mãos.

Lauren: É um prazer conhecer você também, Ashley, o Tyler não veio com você? -perguntei enquanto andávamos pra pegar minhas malas.

Ashley: Ele foi resolver algumas coisas do escritório, mas amanhã de manhã ele encontra com você no hotel -assenti, há uns dias atrás, o Tyler me informou que eu ficaria no hotel enquanto ele providenciava um pequeno apartamento bem perto do trabalho, o que facilitaria muito- Eu vou te acompanhar até o hotel, assim mostro um pouco da cidade.

Assenti e saímos do aeroporto, um carro preto estava estacionado na frente e ela foi abrindo o porta malas pra que eu colocasse minha bagagem, depois de feito, entramos e ela foi dirigindo, eu olhava atenta a cada rua que passávamos,e se a cidade já era linda a noite, imagina de dia, senti uma brisa gostosa no rosto e a Ashley riu. Ela puxou uma conversa sobre quando o Tyler teve a ideia de montar esse escritório, e em como ele tinha falado de mim, acho até que fiz um fã.

Ashley: O Tyler é muito sonhador, mas se não fosse esse jeito dele, nós não estaríamos hoje aqui em Londres, tudo que ele fez até hoje, deu certo, e tendo mais uma na equipe, só temos a crescer ainda mais.

Lauren: Eu realmente espero fazer um bom trabalho com vocês -disse sincera e ela sorriu, ela parecia uma boa pessoa, e sempre falava bem do noivo, era nítido o amor deles, assim como o meu pela Camila. Suspirei.

Ashley: Algum problema? -falou preocupada.

Lauren: Não, é que tava aqui lembrando da minha namorada, a Camila, a gente passou um tempo separadas, e quando nos acertamos, eu vim pra cá -ela me olhou curiosa.

Ashley: Nossa, vai ser um grande desafio pra vocês, sabe, não sou muito a favor de namoro a distâncias, mas desejo muito amor e paciência pra vocês -falou e eu ri.

Lauren: Obrigada, vamos precisar mesmo -fomos ainda conversando sobre o andamento do escritório, que logo logo estaria sendo inaugurado. 

Ela parou o carro em frente a um hotel, muito lindo por sinal, um rapaz me ajudou a levar minhas malas e fiz o meu chek-in na recepção, me despedi da Ashley e subi pra o quarto, ele ficava no 12° andar, e tinha uma bela vista, abri minha malae procurei por uma roupa leve e fui pra o banho, e nossa senhora, que banheiro lindo, todo no mármore. Caprichei no banho e ainda enrolada na toalha, peguei meu celular da mochila e decidir ligar pra minha princesa, no segundo toque ela atendeu.

LIGAÇÃO ON

C: Amor, até que enfim, eu já tô morrendo de saudades, como foi a viagem? -disse rápido e eu rir.

L: Oi meu bem, também tô com saudades, a viagem foi tranquila, e amor, você iria adorar a vista que to vendo nesse exato momento -falei andando até a sacada do quarto. 

C: Não tenho dúvidas disso -riu e voltei pra o quarto me jogando na cama- Quando começa a trabalhar ai? E como fica a faculdade? é seu ultimo semestre, vai ter que se dedicar muito....

Suspirei longamente.

L: Pois é, Camz, quanto ao trabalho, o escritório ainda não tá pronto, o que significa que vou ter alguns dias de folgas, e a faculdade, irei amanhã mesmo fazer a minha matricula, não posso perder tempo, e eu soube que aqui é muito mais puxado, ah, conheci a noiva do Tyler, o dono do escritório, precisava ver o quanto ela foi legal comigo...

C: Hummmm, e ela é bonita? -questionou e segurei o riso.

L: Você ouviu o que eu falei? Ela é noiva, e sim, ela é bonita -pude sentir ela revirando os olhos- Camz, eu só tenho olhos pra você...

C: Sei... Te orienta, heim Lauren Jauregui, eu posso tá longe, mas to ligada no que você anda fazendo -não aguentei e comecei a rir- Fica rindo mesmo, tá, idiota...

L: Adoro quando você fica brava, sabe disso.... -ela suspirou- Amor, eu preciso dormir, a viagem foi bem cansativa...

C: Tudo bem, Lo, a gente se fala amanhã, tá? Não esquece que eu te amo muito -sorri de uma orelha a outra.

L: Eu também te amo muito, Camz, durma bem tá?

C: Você sabe que eu dormiria melhor com você aqui... Boa noite, meu amor...

L: Boa noite, amor -disse e desligamos.

LIGAÇÃO OFF

Fiquei olhando o teto por alguns minutos, até tomar coragem e vestir a roupa que havia separado, coloquei o celular ao lado do travesseiro, apaguei as luzes e dormir na esperança de sonhar com a minha Camz.
 
 
 
 


Notas Finais


Vcs acham que elas vão aguentar ficar longe uma da outra?
To pensando em tantas coisas,mas não sei se vcs vão gostar...
hehehehehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...