História Grand Fantasia - Capítulo 322


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 4
Palavras 1.294
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Saga

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 322 - O Chamado da Morte


Miroku:Grande Lança Sagrada de Rysamcemy! – disse Miroku conjurando sua arma para o campo e batalha.

Mortum sequer se mexeu,ele não parecia preocupado com a arma que pairava a sua frente.

Mortum:Essa arma em vossa frente não é uma arma comum.Eu posso sentir poderosas almas habitando em seu interior.Essa deve ser a Lendária Lança que o Deus de Grand Fantasia forjou com as almas de seus aliados caídos.

Miroku mordeu os lábios em sinal de nervosismo.

Miroku:Então você sabe a respeito da Lança de Rysamcemy...e também parece muito bem informado sobre o nosso mundo.Mas isto é apenas óbvio,afinal...o seu líder já foi um aliado nosso. – disse Miroku disparando a lança em alta velocidade,mas ela simplesmente passou direto pelo inimigo. – O QUE?!

Mortum:Eu sou a Desmorte.Acha que ataques físicos como esse funcionariam comigo?Vos me ofendes com sua tentativa.Presença Fúnebre! – ele disse revelando que seu corpo era uma espécie de poeira espectral.

Miroku:Então ataques físicos não vão funcionar contra você?Muito bem,seu esquisito,tome isso! – disse Miroku fazendo a lança se dividir em centenas de outras lâminas que eram disparadas em altíssima velocidade e golpeavam Mortum a todo o momento.

Mortum:É inútil,ataques assim nunca vão me acertar. – disse Mortum,mas percebeu que a velocidade das lâminas era tão grande que não davam tempo para ele se regenerar por completo.

Miroku:Como poeira ao vento,vou dispersar você de uma vez com meu ataque!

Mortum parecia ligeiramente irritado,e foi então que ele retirou seu capuz revelando uma face totalmente amorfa cheia de olhos que surgiam e desapareciam em meio a escuridão que era ele mesmo.Antes que Miroku pudesse ter uma reação,ele bateu as duas palmas das mãos concentrando uma imensa quantidade de energia.

Mortum:Ritos Fúnebres! – ele disse enquanto o espaço ao redor deles se tornava cada vez mais monocromático e sombrio.

Miroku:’’As cores ao nosso redor estão ficando fracas.E também...o som está diminuindo.’’ – pensou Miroku ficando em posição de alerta.

Mortum:Esse meu ataque vai recriar as condições exatas de vossa Morte.Não há nada a ser feito agora além de aceitar vosso destino.Isto é vosso próprio funeral.O primeiro sinal...Procissão Sombria! – disse Mortum liberando uma torrente de fantasmas e aparições do submundo na direção de Miroku.

Miroku:Espelho da Promessa! – disse Miroku reunindo as lâminas que estavam dispersas num único espelho giratório a sua frente que bloqueou o ataque de Mortum.

Mortum:Vos tens grande poder e vossa lança parece ser muito poderosa.Mas tudo que vive contém uma alma,e toda alma está a minha mercê.E vossa lança não será diferente.

Miroku se surpreendeu ao sentir uma poderosa oscilação vindo de dentro do espelho.De alguma forma ele sentia como se as almas de Ryce e Sammy dentro da lança estivessem sofrendo ou gritando de dor.

Miroku:O que você fez,desgraçado?!

Mortum:A pergunta é o que vos fizestes?Afinal foi você que usou seus amigos como escudo para se defender do meu ataque.Sua decisão custou o sofrimento deles.Escolha com sabedoria o que fará de agora para frente,pois pode custar muito mais do que alguns momentos de dor para as almas de vossos amigos.Meus ataques tem o poder de ferir a própria alma.

Miroku:’’Esse cara faz jus ao seu nome.Ele não está mirando na parte física e sem na parte espiritual.Além disso eu não posso atingi-lo com ataques comuns.’’ – disse Miroku tentando desviar de uma nova Procissão Sombria que parecia segui-lo.

Mortum:Vos sois rápido.Contudo,e quanto a sua arma? – disse Mortum cercando a Lança de Rysamcemy com seu ataque.

Miroku:Pessoal!Reposição de Fase! – disse Miroku trocando de lugar com sua arma e recebendo o ataque no lugar da lança.

Mortum pareceu ligeiramente surpreso e assistiu enquanto Miroku caia no chão tremendo de dor,mas conseguindo se livrar da Procissão Sombria.

Mortum:Quanta determinação.Merece partir de uma forma serena e rápida.Este é o segundo sinal:O Último Suspiro. – disse Mortum condensando a escuridão ao seu redor em forma de um vento sombrio e disparando na direção do Escolhido do Criador.

Miroku estava pronto para receber o ataque quando a lança bloqueou a investida do General Esthéria.

Miroku:Rysamcemy? – disse Miroku surpreso.

A Lança se agitava no ar,mas de dentro dela era possível ver uma aura extremamente poderosa e cheia de vontade.

Miroku:Vocês dois... – disse Miroku sem acreditar no que via.Era a primeira vez que a Lança se movia por conta própria.Ele já havia sentido a presença dos dois paladinos antes mas nunca havia testemunhado uma manifestação deles.

Mortum:Os Ventos do Último Suspiro não podem ser bloqueados por barreiras físicas.O que está havendo?

Mortum parecia incrédulo mas Miroku sabia da terrível resposta.Ryce e Sammy estavam protegendo Miroku não com a lança mas com suas almas formando uma parede contra os ataques do General.

O Escolhido do Criador podia sentir e ouvir o sofrimento dos dois amigos.

Miroku:Parem com isso,vocês dois! – ele gritou para a lança que parecia determinada a continuar com a defesa. – Droga!Vocês vão acabar se destruindo!

Mortum:É inútil continuar com isso.Devo proferir uma sentença definitiva para que sofrimentos como esse não sejam mais necessários.Terceiro Sinal:o Enterro das Nove Formas!

Os Ventos se recolheram ao redor de Mortum onde formaram uma lança negra monstruosamente grande carregada de magia negra que disparou certeiramente contra Miroku.Dessa vez a barreira da lança não foi o suficiente para protege-lo.O Impacto lançou o Escolhido do Criador longe,mas antes que o ataque de Mortum pudesse acerta-lo,a Rysamcemy o interceptou,fazendo-o errar por centímetros.

Quando Miroku conseguiu se recompor e abrir os olhos,ele viu a terrível cena a sua frente.Rysamcemy estava partida ao meio.

Miroku:Não...não...Pessoal,não façam isso comigo.Vamos lá,digam alguma coisa.Mostre que estão me ouvindo. – ele dizia em prantos tentando consertar a lança,mas era inútil.

Mortum:Uma arma forjada com almas,não poderá ser refeita uma vez que é quebrada.E agora que a fonte de vosso poder se foi,não será capaz de usar sua Magia Catástrofe.É o fim,inimigo do Império. – disse Mortum preparando seu Terceiro Sinal novamente.

Miroku tremia no chão,suas lágrimas caiam incontrolavelmente sobre a lança destruída.

Mortum:Desapareça no infinito negro. – ele disse disparando novamente o Enterro das Nove Formas,mas quando o ataque estava a milímetros de Miroku,ele se desfez. – O que?

Miroku:SEU MISERÁVEL! – Gritou Miroku se levantando e se cobrindo de energias cósmicas.

Mortum:Que poder que vos possuístes?

Miroku :Eu vou vingar o Ryce e o Sammy! Você vai pagar caro,Mortum,  a  Desmorte!Esse é o poder dos Cavaleiros da Criação! Anoitecer Primordial! – ele disse eliminando por completo as cores ao redor deles, e transformando o céu num imenso anoitecer,cheio de estrelas que brilhavam intensamente.

Mortum:Invocastes uma Noite do nada?Esse não é o poder de um Escolhido do Criador.

Miroku:Esse é o poder do Cavaleiro do Anoitecer.Não somos mais Escolhidos do Criador!Se prepare,General Esthéria! – disse Miroku concentrando uma imensa quantidade de energia.

Mortum foi mais rápido e disparou de uma só vez seus Três Sinais contra o Cavaleiro,mas estrelas caíram do Céu em altíssima velocidade bloqueando os ataques.

Mortum:O que está havendo?!

Miroku:Essa é a Noite da Criação.Minha técnica não só me defende de todos os seus ataques como também vai neutralizar tudo que tentar.Você não pode me vencer agora.

Mortum parecia cada vez mais irritado dentro de suas sombras.Ele tentou reunir mais uma vez seus ataques,mas antes que tivesse as chance de usa-los,as estrelas o cercaram de todos os lados e o atacaram em sucessão.

Mortum:DROGA!

A Luz consumia pouco a pouco a escuridão da Desmorte,que teve que recuar para não ser totalmente envolvido por ela.

Mortum:Não tenho escolha.Terei que usar meu Ás contra você,Cavaleiro do Anoitecer.

Miroku estava preparado e em posição de combate.

Mortum:Seus novos poderes não mudam nada.A Realidade é que você está sem sua Lança Sagrada,e indefeso diante de mim. – disse Mortum reunindo uma quantidade cataclísmica de energia negra que as estrelas não conseguiam superar.

Miroku:’’A luz do Anoitecer Primordial não está conseguindo neutralizar o ataque dele.Tenho que estar preparado para o que vier.’’ – disse Miroku pronto para o que viesse.

Mortum:Desapareça em meio ao silêncio eterno da morte!Espiral do Deus da Morte!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...