História Grávida aos Quatorze 2.0 - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Exibições 187
Palavras 2.922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Estou um pouquinho atrasada, vocês me desculpam ?? Haha 🙏😂

Gente do céu, foca aqui gostosas e gostosos que eu quero muito agradecer todos vocês, pelo carinho, e pelos minutinhos que vocês tiram do seu preciso tempo, pra favorita e comentar cada capítulo, vocês me fazem muito feliz, sério !!!!

Gente tem algo que vocês querem que aconteça na fic ?? Ou algo que vocês não queira que aconteça na fic ??

Enfim, chega de enrolar vocês né ?! 😅

Boa leitura Coffeezinhos ☕🐾

Capítulo 4 - Capítulo Três


Fanfic / Fanfiction Grávida aos Quatorze 2.0 - Capítulo 4 - Capítulo Três

     Estavamos no hospital novamente, a doutora estava falando todas as recomendações, remédios e vitaminas que deveria tomar e é claro marcar o abençoado pré natal, já que pelas minhas contas faz quase dois meses ou se já não fez dois meses que estou grávida.

     Passou uma semana desde de que todos descobriram sobre minha gravidez, graças ao bondoso Deus essa notícia ainda não caiu na mídia, seria uma loucura total se caísse justo agora quando estou me recuperando, não tive notícias dos meus pais, pelo que Ino me explicou meus pais tinham ido pra Suna visitar os meus avós, nem mesmo fizeram questão de ver como eu estava, fiquei magoada, mas lembrei que preciso me recuperar e não piorar mais, então tratei de mandar toda aquela tristeza embora, Ino me ajudou muito, estava hospedada em seu AP, hoje iríamos buscar mais algumas coisas em casa.

     Outro que não tive mais notícias foi ele, desde que tecnicamente descobriu que ia ser pai tivemos uma breve conversa, só não sei se foi bom ou ruim.

Flash Back On.

     Olhávamos um para outro pra ver quem iria começar a falar, estava com vergonha já que a única lembrança que tenho de nois dois e deitados em uma cama totalmente nus praticando a luxúria, ele no caso parecia bem tranquilo, apenas me analisava com aqueles olhos escuros como a noite, como se realmente pudesse ver minha alma, e não duvidava que realmente pudesse ver.

     - Ahh.... Ino me contou que passou todas as minhas redes sociais pra você e até mesmo o meu número, queria falar algo comigo ?! - Perguntei mexendo minha mão nervosamente.

    - Sim, mas acho que agora não adianta mais. - Murmurou rocamente.

    - Como assim ?! - Perguntei confusa.

    - Queria falar sobre a noite em que nós transamos, não usei camisinha, e não sabia se você tomava algum remédio, então achei melhor avisa lá, mas na correria que estava a minha vida acabei esquecendo, recentemente lembrei por isso pedi seus contatos pra poder conversar sobre isso, mas agora ..... - Então foi por isso que o Uchiha tecnicamente veio " atrás " de mim, me senti um pouco triste e desanimada com sua resposta.

   
    - Olha sei que você é uma pessoa ocupada e esse bebê e uma responsabilidade sua também, mas se não quiser assumir não vou fazer um escândalo na mídia e nem te obrigar a nada, você é jovem e tem uma vida toda pela frente, não quero estragar e tirar a sua liberdade te prendendo a esse bebê, não quero ninguém ao meu lado por caridade e pena. - Me doeu dizer essas palavras, mas realmente não podia obrigalo a isso, não me perdoaria jamais por estragar a sua vida ou prende lo a mim.

     Ele gargalhou, fiquei confusa, mas ao mesmo tempo encantada pelo seu sorriso, ele deveria sorrir mais vezes, ficava mais lindo ainda.

  
    - Você existe ?! Fala que não quer estragar a minha vida, mas foi ao contrário, eu estraguei a sua, vai ter que interromper os estudos, vai ser julgada pela hipocrisia do povo, e ainda diz que não quer estragar a minha vida ?! Eu sou o maior culpado aqui Sakura, sou mais velho que você, tá certo que nós dois fomos irresponsáveis, só que você é apenas uma menina, e eu deveria ter consciência de que camisinha, principalmente com você era importante, tava tão empolgado na hora que não usei a camisinha pela primeira vez na minha vida, e o resultado tá aqui. - Disse apontando pró meu ventre.

     Fiquei surpresa, travei e não sabia o que falar, Uchiha Sasuke disse que sou a única mulher que não usou camisinha e admitiu sua falha, surpresa era apelido para o que estava sentindo agora.

 
    - Eu não ligo pelo o que as pessoas vão falar ou se elas vão me julgar, estando com as pessoas que me amam e me apoiam do meu lado e o mais importante pra mim.


   - Sakura, eu não sei o que você sabe ou escuta sobre mim, assumo que não sou nenhum pouco Santo, mas também não sou nenhum sem coração, essa criança e sangue do meu sangue, eu nunca me importei com que falam de mim por aí, até porque quase tudo o que falam e verdade, mas pode ter certeza que você é essa criança não vão ficar desamparadas, ela terá meu sobrenome e um pai presente como qualquer criança merece.

     Ele era outro Uchiha ali, não aquele Uchiha sem coração que todos falam, mas ali eu vejo um homem de bom coração, capaz de assumir seus erros e arcar com as consequências de seus atos.

     Uma mão estendida, pronta pra me ajudar, agradeci a Deus por mesmo sem conhecer direito o pai do meu filho, ele colocou uma pessoa com valor puro e sei que não vai me abandonar quando mais preciso de apoio.

Flash Back Off

    - Sakura, está me ouvindo querida ?! - A doutora perguntou me olhando preocupada, sorri para conforta la e vi que resolveu, pois a mesma sorriu de volta.

    - Me desculpe Doutora Kyoko, estava pensando em algo. - Me desculpei.

   
    - Tudo bem querida, estava conversando com Ino é marcamos pra semana que vem o primeiro ultrassom do bebê, segunda às 14:30, pode ser ?! - Lembrei que teria aula, mas antes de responder Ino se pronunciou.

    - Ela vai vir doutora, não se preocupe Cherry, pegamos um atestado depois. - Assente concordando.

    - Então tudo certo, tome todas as vitaminas no horário certinho, e não se preocupe com os remédios eles são bem fracos e não fará mal algum ao bebê, até semana que vem meninas ! - Nós despedimos saindo da sala, andamos por aqueles corredores até encontrar a saída e ver o carro Ino estacionado logo a frente. 

(....)

     Entramos em minha casa e estava vazia, meus pais ainda estavam nos meus avós, fui ao meu quarto pegar alguns pertences e roupas que faltava , de acordo com ela eu preciso de cuidados 24 horas por dia, ri do seu exagero, mas não questionei, já que seria totalmente inútil fazer isso.

   - Testuda, pega aquelas batinhas nas cores pastéis que te dei de aniversário. - Fiz o que ela pediu, daqui a alguns meses todos verão que eu não estou mais sozinha, vou virar uma mini baleia.

  
    - Ino você tem visto o Sasuke ?! - Ela parou o que estava fazendo, me estendeu o seu celular, peguei mesmo confusa.

    - Entra no Twitter dele ! - Entrei e tinha várias notícias sobre ele, a mais recente foi uma foto que uma tal de Nakarashi Mayumi havia postado e o marcado na publicação.

@UchihaSasuke Todos os dias são bons, mas com ele fica melhor ainda.

     Eles estavam no caribe, havia mais algumas pessoas em volta, senti meu coração se apertar quando vi essa tal de Mayumi agarrada a ele na foto, será que eles são namorados ?!

    - Testuda, olha eu vou ser sincera com você, o Sasuke e uma boa pessoa e vai assumir essa responsabilidade, mas não espere e se ilude por algo a mais com ele, porque isso não vai acontecer. - Entendi o que Ino estava querendo me dizer, não é só porque ele assumiu o meu filho que vai ficar comigo, o que estou pensando, nem amar eu o amo, não é mesmo ?!

     - Eu sei Ino, nunca passou pela minha cabeça que quando o Uchiha fosse pela primeira vez namorar seria uma pirralha de quatorze anos ! - Finge que não me importei e que muito menos fiquei abalada com o que vi e ouvi.

     - Não fiquei se rebaixando Baby Cherry, você deixa qualquer mulher no chinelo testa, e uma pirralha super hiper mega ultra gostosa. - Ri da cara dela, mas tive que concordar, eu era gostosa.

     Esquecemos esse assunto e voltamos a arrumar minhas coisas, agradeci Ino em pensamentos já que ela estava me livrando dos meus pais por um tempo, não estava preparada pra contar, não a eles.

(....)

     A sala estava silenciosa, Ino já estava dormindo, olhei no relógio pela décima vez, 03:47, não conseguia dormir, não sei porque, simplesmente não conseguia, irritada peguei meu celular pra Tweetar.

@HyuugaHinata O que fazer quando não estamos conseguindo dormir ?!

     Depois de três minutos Hina me tweetou de volta.

@HarunoSakura Pancada na cabeça te faz cair dura na hora, prometo ser indolor ! Haha

     Oi ?! Hinata não bate bem, deve ser o sono.

     Não Tweetei mais nada, meu celular começou a vibrar, olhei pra vê o que era, na tela piscava número desconhecido, ignorei, mas não parava de vibrar então atendi.

Ligação On.

_ Alô ?!

_ Oi Sakura, e o Sasuke .... _ Fiquei muda. _ Tá aí Sakura ?!

_ Ahh... Sim _ Murmurei envergonhada.

_ Eu vi que estava Online no Twitter, então resolvi te ligar pra saber como você é o bebê estão ?!

     Fiquei com raiva, deu a entender que ele estava fazendo isso por obrigação, eu já tinha dito, não quero que ele faça nada por pena ou caridade. 

     Pó, ele teve a semana inteira pra procurar saber se eu e o bebê estávamos bem, aí agora depois de uma semana me telefona pra perguntar se eu estou bem porque me viu Online no Twitter ?!

ISSO É PATÉTICO, E NÃO É DRAMA PORRA !!

_ Estamos bem, não precisa se preocupar. _ Não iria demostrar que nada estava bem, e até engraçado já que últimamente nada anda bem e tudo o que eu sempre tenho feito e não demonstrar, ou finge que tudo estava na mais perfeita ordem, quando na verdade, tudo estava uma merda.

_ Fico feliz, olha me desculpe se eu.... _ Interrompe, ele não me devia explicação alguma.

_ Olha, tá tudo bem Sasuke, você não precisa dar satisfação pra mim, do que faz, diz ou pensa, você é livre e sendo livre faz o que quiser.

Ligação Off.

     Tinha desligado a ligação antes de ouvir alguma resposta dele, foi totalmente infantil, mas esse hormônio de grávida estava mechendo demais com o meu emocional e psicológico, tudo me dava raiva ou me deixava triste, agora nesse momento eu estou com muita raiva de mim, por ser tão patética.

     Bocejo, o sono estava começando a aparecer, agradeci a Deus por isso.

     Fiquei fuçando no celular, já estava quase amanhecendo, meus olhos estão pesados por conta do sono, decide parar de lutar contra o sono e rapidamente adormeci.

(....)

    - Testuda, ei acorda .... - Murmurou, será que não se pode mais dormir em paz nesse planeta ?!


    - Huuuum, Ino me deixa em paz, quero dormir. - Murmurei sonolenta.

    - Nada disso Testuda, a gente vai fazer compras pra você e meu afilhado, tudo por minha conta Baby Cherry ! - Bateu palmas animada, ao contrário de mim que estava pedindo socorro mentalmente.

    - Quais são minhas opções ?! - Perguntei encarando ela.

    - Você tem duas, ou você vai, ou você também vai, qual vai querer ?! - Falou sorrindo sarcástica, Bufei me levantando da cama, já que nem em quientos anos ela não me deixaria em paz. 

     Ouvi a murmurar algo como " Eu sinto que estou esquecendo de te falar algo de extrema importância ", nem liguei já que ela é doida e eu estava de mau humor.
 

     Muito rapidamente me arrumei, já que a porca loira me apressava de cinco em cinco segundos, pegamos sua Range Rover branca, quase me ajoelhei ao chão pra agradecer ao pai por não irmos com aquele automóvel cega olhos que denominam como carro, aquela cor e bizarra demais.

     Ino cismou que o meu bebê e um menino, lá no fundindo também tenho essa sensação de que meu brotinho e um menininho, mas só seria confirmado quando eu fizesse quatro meses, não ia demorar muito. 

     Alguma gotículas de água começaram a cair no vidro indicando que viria chuva por aí, graças a deus estava agasalhada devidamente, algumas pessoas corriam da chuva, outras se abrigavam em baixo de algo para não se molharem, o shopping era perto e já estávamos quase chegando, Ino cantarolava uma música que não conhecia, chegamos e estávamos procurando por vagas, só pelo estacionamento o shopping parecia estar bem lotado, não achamos e Ino resolveu colocar no estacionamento VIP, entregamos a chave para o manobrista.

     Entrando no shopping, pessoas andavam pra lá e pra cá com suas sacolas, Ino me puxou direto pra uma loja bem no começo da entrada, me encantei quando entrei, as coisinhas de bebês eram tão fofas que tive vontade de vomitar arco - íris.

    - Testuda, olha aquele macacão azul que lindo !! - Pelo visto Ino estava mais empolgada que eu, mas não iria reclamar era por um motivo maravilhoso.

     - Ino, o que exatamente vamos comprar ?! - Perguntei tocando em algumas peças, elas eram tão pequenas que me deixava extremamente encantada.

    - TUDO, só que por enquanto tem que ser em cor neutra. - Ri do seu exagero, ao invés dela que fez um biquinho demonstrando estar chateada por não saber o sexo do bebê.

     Resolvi procurar meu celular pra checar se havia algo de importante, já que depois da ligação do Sasuke deixei no silencioso e esqueci de ver por conta da apressada da Ino.

     Procurei, abri todos os bolsos, mas não encontrei em lugar nenhum, dei um suspiro frustrada, na correria devo ter esquecido em casa.

     - Moça ?! - Me virei e vi uma menina provavelmente da mesma idade que a minha. 

     - Ah.... Oi, eu lhe conheço de algum lugar ? - Perguntei franzindo minha testa.

     - Infelizmente não, você é muito mais linda pessoalmente e com certeza super shippo vocês dois juntos, vocês tem tudo a ver um com o outro. - Ela falava tão rapidamente que pensei que ela estivesse me confundindo, mas quem confundiria um ser humano com cabelo rosa pastel ?!

     - Me desculpa, mas eu não faço idéia do que você esteja falando!  - Murmurei sem graça.

     A menina me olhou como se eu fosse  louca, olhei ao meu redor e não encontrei Ino, na hora que ela tem que aparecer ela não aparece.

    - Você é Haruno Sakura não é ?! - Perguntou.

    - Sim, como sabe ?! - Perguntei, isso já estava ficando estranho, se ela fosse uma psicopata ?!

    - Amiga de Yamanaka Ino é Hyuuga Hinata certo ?! -  Eu já estava olhando locais para possíveis fugas.

    - Sim ! - Respondi.

    - E está grávida certo ?! - Pergunto arqueando uma de suas sobrancelhas, abrindo os braços indicando a loja de bebês.

    - Sim, olha eu não sei porque eu estou te respondendo, aliás como que você sabe sobre tudo isso ?!

    - Eu ?! Todo mundo sabe sobre você ! - Arregalei meus olhos em choque, como assim todo mundo sabe sobre mim ?!

    - O que ...... - Murmurei totalmente perdida, ainda tô tentando processar o que ela acabou de me falar.

    - TESTUDA, VOCÊ NÃO VAI ACREDITAR NO QUE ACONTECEU, O SASUKE ACABOU DE ME LIGAR E...... - Parou de gritar assim que me viu perdida, agora com a menina tirando fotos minhas.


    - Porca o que tá acontecendo ?! - Perguntei quase chorando.

     Como assim todo mundo sabia ?! Como ficaram sabendo ?! E meus pais ?! O que vai acontecer ?! Essa droga de notícia vai se espalhar pelo mundo todo, minha vida vai virar um inferno, sei que isso iria acontecer mais cedo, ou mais tarde, mas eu precisava me preparar, meus pais vão descobrir pelos outros e isso vai piorar mais ainda minha situação com eles.

     - Cherry, acho melhor a gente sair daqui, não sei como essa notícia vazou, mas o Sasuke vai explicar tudo mais tarde, ele pediu pra te levar em um lugar seguro que ele vem nos encontrar pra explicar toda essa situação. - Assente sem responder nada, Ino me puxou e não tive tempo pra me despedir da menina, mas nem liguei já que minha mente estava longe.

     Saímos do shopping e surpreendentemente alguns paparazzis já estavam lá, alguns seguranças do shopping viram minha situação e vieram me auxiliar até o carro que o manobrista já tinha trazido, entrei no carro escutando várias perguntas, algumas me feriram mesmo sabendo que era mentira.

" Sakura, e verdade que você está grávida de Uchiha Sasuke ?! "

" Sakura, confirma o boato de que Uchiha Sasuke forçou você uma menina menor de idade a ter relações sexuais com ele ?! " 

" Vocês estão tendo um caso ?! "

" Isso é uma estratégia para fisgar o Uchiha bilionário ?! "

" Como os seus pais reagiram a isso Sakura ?! "

" Sakura, por favor nos fale como Uchiha Sasuke  soube que seria pai e como ele reagiu ?! "

" Sakura, você afirma o boato de que Uchiha Sasuke deu dinheiro pra você fazer aborto ?! "

" Qual sua relação com o Sasuke, Sakura ?! "

     Me encolhi no banco enquanto Ino dava partida, alguns soluços já escapavam, enquanto minhas lágrimas eu já não segurava mais, senti a mão de Ino acariciando minha mãe com carinho tentando me confortar, mas naquele momento eu só queria chorar na minha cama.

 
     - Vai ficar tudo bem Baby Cherry, eu tô aqui e nada de ruim vai acontecer com você, eu te prometo !

     Será mesmo que não ia acontecer, sinto que isso é apenas o começo, o começo do inferno que minha vida vai virar.




Notas Finais


O que acharam ??

Quem ficou com do da Cherry, bate aqui 🙌✋

Waaaau, o que será que o Sasuke vai falar ??? E os pais da Cherry ???

Agora eu fiquei empolgada !!! ❤

OBS: Qualquer erro que tiver eu vou corrigir depois ! 🔤📳✔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...