História Gravity Falls- Depois do nosso melhor verão (2° temporada) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Exibições 253
Palavras 1.443
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!!!

Capítulo 2 - Mais um dia comum


P.O.V MABEL ON:

Era mais um dia infernal que eu teria que ir pra escola, ver pessoas, estudar... Antes eu não ligava pra isso, mas agora, eu estou sem você e eu não me sinto à mesma sem você!

Voltando...

Como disse, era mais um dia de merda.
Eu não acordei cedo, tomei banho, coloquei qualquer roupa que estava no meu guarda-roupa, coloquei meu material e esperei o ônibus chegar.

Na escola, todos ficavam me olhando e cochichando. AH COMO EU ODEIO A ESCOLA!

Por incrível que pareça, eu tirava notas boa, mesmo sem prestar atenção na aula.
Não aconteceu nada de mais.
Quando acabou a aula, começou a chover e o ônibus quebrou.

Mabel: Perfeito! Só faltava isso pro meu dia ser maravilhoso.

Eu sai andando bem devagar pra minha casa. Como frio, fome e dor. Mas não era dor corporal. Era dor emocional. Meu coração apertava a cada passo que eu dava.
Lembrando dos meus momentos mais felizes. E todos foram ao lado do Dipper. Mas eu não terei ele de volta.

Cheguei em casa e meus pais estavam na sala abraçados, me olhando preocupados.

Mabel: O que foi?

Mãe: Mabel, você está muito mal! Então, eu e seu pai decidimos que você vai passar um tempo lá em Gravity Falls!

Mabel: Ma....

Pai: Sem mas! Você vai e pronto! Sabemos o que é melhor pra você! Stan vem pegar você às 17:00! Faça as malas!

O sai correndo e chorando.
Ótimo! Agora eu vou ficar lembrando ainda mais do Dipper. Maravilha! Meu dia não poderia estar melhor!
Minhas lembranças boas estão lá! Mas não tão boas agora.

Eu não quero ir! Eles não sabem o que é melhor! Eles não sabem de nada!

P.O.V PACÍFICA ON:

Estava sendo mais um dia chato, triste e horrível.

Fui para a escola, estudei e voltei pra casa.

Quando cheguei, minha mãe me recebeu e sentou no sofá. Deu duas batidinhas sinalizando para eu sentar.

Mãe: Precisamos conversar!

Pacífica: Sobre?

Mãe: Filha... Você precisa arranjar um emprego...

Ótimo! Só o que faltava! Maravilha! Além de ter que ir pra escola eu ainda vou ter que trabalhar!
Mas o problema não é o esforço! É ficar sem o Dipper!

Pacífica: Por que?!

Mãe: Calma... É que você passa a maioria do tempo trancada... E também, eu não quero que você seja uma pessoa preguiçosa! Você tem que aprender a se virar!

Pacífica: Mas....

Mãe: Sem mas! Já está decidido! Você vai pra Cabana dos Mistérios! Eu já falei com o proprietário e ele está precisando de uma ajudante lá! Eu sei o que é melhor pra você! Você começa amanhã! Às 8:00!

Ahhhhhhhhhhhh, mas não sabe mesmo!
Ela não sabe o motivo de eu me trancar no quarto!
Ela acha que sabe alguma coisa da minha vida! Não sabe! Nunca vai saber! Nunca vai entender!

E o pior é que eu vou ter que ficar lembrando do Dipper!

Eu subi pro meu quarto chorando e me joguei na cama.
Coloquei um travesseiro na minha cabeça e fiquei chorando.

Eu fiquei ali o dia todo, assistindo alguns filmes e chorando.
Até anoitecer e eu dormi.

P.O.V MABEL ON:

Eu fiquei no meu meu quarto chorando e arrumando as malas até dar 17:07 e o Stan chegou.
Eu não falei muito, só peguei a única mala que eu fiz, né despedi rápido, mandei um mensagem para a Kate e Julie me despedindo e entrei no carro, o Stan deu partida e começou a dirigir.

Estava tudo em silêncio, mas eu resolvi quebra-lo.

Mabel: Até quando vão mentir pra eles? Eles tem o direito de saber!

Stan: Ainda não é o momento.

Mabel: Como não?! Já faz 2 anos que o Dipper morreu! Uma hora eles vão descobrir!

Stan: Você tem que se acalmar...

Mabel: Me acalmar?! Eu vi o meu irmão se matar na minha frente!

Stan: Foi um sacrifício a fazer! Se não todos poderiam morrer!

Mabel: Tanto faz! Não adianta pra mim viver sem ele!

Stan: Você tem que aceitar! Não tem mais o que fazer!

Mabel: Se fosse por mim sim!

Eu comecei a chorar e encostei a cabeça no vidro.

Stan: Mabel...

Mabel: Só me deixa em paz!

Eu fechei meus olhos e comecei e dormi.

Eu acordei com o Stan me chamando.

Stan: Mabel?!

Mabel: Hm...

Stan: Estamos na Cabana! Pegue sua mala e entre na Cabana!

Mabel: Ta...

Peguei a mala e entrei na Cabana.
Ford estava na sala. Ele me comprimento.

Ford: Você cresceu!

Mabel: O Dipper também teria crescido se estivesse vivo...

Ford: Não foi minha intenção...

Mabel: Ok, Ok! Que horas são?

Stan: São 1:09.

Mabel: Eu vou dormir Ok?

Ford: Claro! Onde quer dormir?

Mabel: Pode ser no sótão...

Stan: Tem certeza?

Mabel: Sim!

Stan: Venha então!

Ele me levou até o sótão e me deixou lá.
Sentei na minha cama e olhei pra do Dipper, e ele não estava lá...

Nessa hora, eu me deitei pra dormir e  fiquei lembrando dele.

Mas só deitei, porque dormi não consegui, chorei a noite inteira com o coração vazio, a tristeza dominava minha mente. Foram horas e horas de lágrimas pela frente, lembrando de você. Cada segundo, parecia uma eternidade sem você!

Depois de muito tempo, eu consegui dormir de tanto chorar.

Eu acordei às 08:00 com o alarme do celular.
Troquei de roupa, lavei o rosto, escovei os dentes e desci.

O Stan e o Ford estavam tomando café da manhã.
Eu sentei comi um pouco e uns 10 minutos depois, alguém bate na porta.
Stan levanta e a abre, revelando a Pacífica do outro lado da porta.

Pacífica: Desculpa o atraso Sr.Pines!

Stan: Tudo bem! É seu primeiro dia! Entre.

Pacífica: Obrigada!

Mabel: Oi Paci...

Pacífica: Mabel? O que está fazendo aqui?

Mabel: Vou passar um tempo aqui agora.

Pacífica: Ok...

Eu levantei e dei um abraço nela.

Mabel: Eu vou subir e mexer no celular! Se precisar me chamem!

Ford: Ok!

Eu subi e comecei a mexer no YouTube.
Fiquei até as 14:00 assim até eu resolver descer.

P.O.V PACÍFICA ON:

Eu fiquei na recepção da Cabana.
Chegou vários trouxas e eu recebi várias cantadas, mas nenhuma funcionou! Meu coração já tem dono!

Quando deu cerca de duas horas, alguém bateu na porta.

Pacífica: Já vou!

Eu abri a porta mas não tinha ninguém.
Até que sai um homem encapuzado de trás de uns arbustos.
Confesso que fiquei com medo.
Ele se aproximou, sem tirar o capuz.

?: Boa tarde!

Ele tinha uma voz grossa e bem engraçada.

Pacífica: Bo-Boa tarde!

Stan e Ford vieram até nós.

Ford: O que foi?! Quem é você?!

?: Não lembra de mim?

Stan: Ford, esse aí quer encrenca!

?: HAHAHA! Imagina! Eu? Encrenca? Na verdade, quando eu era mais novo, eu me metia em várias! Não é "tivo"?

Ele tirou o capuz, revelando ser o Dipper.
Nessa hora eu comecei a chorar muito, até que a Mabel chegou.

Mabel: O...

Ela começou a chorar e pulou em cima dele.

Mabel: DIPPER! EU NÃO ACREDITO! MEU DEUS!

Eu abracei ele e todos nós começamos a chorar muito.

Mabel: Co-Como vo...

Dipper: Depois eu conto!

Pacífica: Eu senti tanto a sua falta! Eu pensei que nunca mais iria te ver!

Dipper: Haha! Eu?! Sou duro na queda kirida!

Stan e Ford ficaram parados boquiabertos.

Dipper: Iae velhotes? Vão ficar me olhando assim?!

Stan: Eu...

Dipper: Nem eu! Tô com fome!

Ford: Isso...

Mabel: Merece uma festa!

Eu e a Mabel pulávamos de alegria.

Hoje simplesmente é o dia mais feliz da minha vida!
O meu amor voltou! Meu melhor amigo voltou! A minha vida! O meu viver voltou!
Lágrimas de alegria desciam sob meu rosto, enquanto o sorriso não saia da sua cara.

Ele estava mais alto, um pouco mais forte, com barba e óculos.
A cada segundo eu me apaixonava mais por aquele homem.

P.O.V MABEL ON:

Hoje é o melhor dia da minha vida!
Meu irmão! Meu amor! Meu bro-bro voltou!

Eu estava sem esperanças! Eu estava despedaçada.
Agora me sinto a mulher mais feliz do mundo!

Eu estou com vontade de gritar! De ficar abraçada com ele pra sempre!

Voltando...(De novo!)

Nós passamos o resto do dia preparando a festa.
Ninguém além de nós sabia que ele tinha voltado.
Eles pensam que vai ser só mais uma festa, mas não! Vai ser a volta do Dipper! Com a entrada triunfal.

O Stan e o Ford saíram distribuindo cartazes enquanto eu e a Paci fazíamos a decoração e preparávamos as comidas.

A festa seria às 22:00 e iria até às 3:00.

Quando deu mais ou menos 21:00 eu e a Paci fomos nós arrumar.

Essa noite vai ser incrível!


Notas Finais


Melhores leitores! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...