História Gravity falls-Um outro verão de mistérios 2° temporada - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Mabel Pines, Personagens Originais, Soos Ramirez, Wendy Corduroy
Tags Billdip, Gravity Falls, Mabcifica, Mawill, Willdip
Exibições 108
Palavras 1.295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, FemmeSlash, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heyllo candys! Sorry pelo capítulo curto... Saporra de horário de verão,eu já não tenho tempo,e o tempo ta passando mais rápido por causa dessa caralha de horário de verão! Enfim... Hoje vamos ter MUITOS plot twists! Vamos ter Dixel. Vamos ter treta. Vamos ter também... O Will boiando '--' Ah! E muita purpurina!
Boa leitura! :3

Capítulo 36 - Eu não aceito isso...


Dipper on~
-Ops...- Falei ao perceber que tinha esbarrado no espelho que Wendy segurava. De repente um espirito começou a sair do espelho já quebrado. Logo esse espirito tomou a forma de um cão. -Essa não... - Murmurou Wendy -Er... Por que você trouxe esse cachorro espirito aqui Wendy?- Perguntei enquanto me afastava,mas sem querer esbarrei em Bill,que me abraçou -Te peguei! - Falou,antes de olhar para oque estava acontecendo na sala. -Bem... Foi porque eu queria que você sumisse com esse cachorro... Ele é categoria 10...- Ela falou enquanto também se afastava. Mas de repente o cachorro rosnou e ele veio para a minha direção -AAAAAAHH!!!- Gritei e então comecei a correr. -Merda... Preciso de um espelho... Onde será que tem um nessa casa?- Me perguntei enquanto ainda corria,agora em direção ao segundo andar. De repente me veio uma lembrança, que me foi muito útil. Me lembrei que Ally tinha um espelho de prata. Fui rapidamente para o quarto dela,que estava deitada ouvindo música. -ALLY!- Gritei e a mesma tirou os fones - Que foi...?- Perguntou com voz de tédio -Cadê o seu espelho de prata?- Perguntei,meu tom de voz estava desesperado,ela estranhou. -Er... Está aqui. Mas pra que você o quer?- Perguntou enquanto tirava o pequeno espelho que estava em uma mesinha do lado da sua cama. -Não da pra falar agora,nos falamos depois!- Falei meio rápido, e então peguei o espelho e voltei a correr,mas,desta vez,indo para o primeiro andar, deixando Ally completamente confusa. Quando desci as escadas, me deparei com a seguinte cena: Bill e Will jogando diversas bolas de fogo( Cake: Não maliciem.../Dipper: O gênia, se falar para eles não maliarem eles vão maliciar!/Cake: Ouxe,Dipper,voltou a sua inteligência?!) na direção do espirito animal. Só que as mesmas passavam direto pelo mesmo. Mabel e Wendy saíram de lá, aparentemente. -Hey! O feioso! Olha pra cá!- Falei me referindo ao cão. Ele olhou para mim. -Cuidado Pinetree!- Falou Bill. Eu levantei o espelho na direção do espirito,na esperança de prende-lo no pequeno objeto de prata. Somente na esperança. Aquele cão não entrou para dentro do espelho... Talvez pelo tamanho...? Provavelmente. Ou será outro motivo? Não sei.O desespero bateu, juntamente com o medo. -Er... B-bill... Will... Socorro...- Falei enquanto o espirito se aproximava mais e mais de mim.Bill tentou correr pra me salvar,mas o espirito o prendeu contra a parede. -Sai de perto do Dipper!- Falou Will,que também tentou me salvar,mas teve o mesmo destino que Bill. Eu fechei os olhos,esperando alguém me salvar,ou aquele cachorro me matar(Cake:Semelhanças com outro capítulo são meras conhecidências...). Mas ao invés disso,quando eu abri os olhos,não havia mais nenhum espírito na minha frente,Apenas Bill e Will,confusos. -Ue... Pra onde ele foi...?- Perguntei - Ele sumiu com um tipo de teleporte...- Falou Will -Agora pra onde ele foi... Não faço a minima ideia.- Falou. -Hum,ele foi provavelmente para a floresta. Contanto que ele não volte está tudo bem- Falei. Bill estava com uma cara séria, aparente pensando. - Bill,o que foi?- Perguntei com uma voz gentil. -Nada... É na vida eu só conheci uma pessoa com o poder de teletransportar espíritos...- Respondeu - E quem é essa pessoa?- Perguntou Will. -Max.Aquele cara lá que tortura a alma das pessoas no submundo.-Respondeu Bill.
Max on~
Eu havia conseguido fugir do futuro e vir para o passado,após roubar uma maquina do tempo de um guarda... Longa história.Enquanto eu procurava Jack,vi uma cabana. Me aproximei da mesma, cujo tinha o letreiro quebrado,mas aparentemente se chamava "Mistery Shack". Olhei pela janela que dava visão a sala. Um espirito estava prestes a matar o ser humano. Me alegrei,pois AMO ver pessoas morrendo! Mas impedi que aquele humano fosse morto com o teleporte por um único motivo. Bill,um amigo meu estava lá, tentando se soltar para salvar aquele humano. Se Bill se preocupa com alguém quer dizer que essa pessoa é muito importante pra ele. Teletransportei o cão para fora de Gravity falls,bem longe de onde eu me encontrava. Continuei meu caminho procurando Jack.
Axel on~
-E-er...- Eu não sabia oque responder. Eu realmente gosto do Dillan,mas... Acho que não estou preparado pra isso... -M-me desculpe... Mas... N-não...- (Cake:Vários plot twists!)  Falei de cabeça baixa - An?! Por que?- Perguntou ele,visivelmente triste - M-me desculpe... E-eu não estou p-pronto para n-namorar...- Falei, triste assim como ele. Ambos estávamos prestes a chorar. Eu por não estar preparado para isso, e Dillan por eu o ter rejeitado -Bem... Entendo... Mas... Podemos ficar então? Ficar é tipo namorar,é oque vem antes do namoro- Sugeriu Dillan. E um sorriso surgiu no meu rosto - Ok! Eu aceito!- Falei e o abracei. Senti um beijo ser depositado no topo de minha cabeça -Eu gosto muito de você Axel...- Falou Dillan. - Eu também gosto de você Dillan... Muito!- Falei e dei um beijo na bochecha do mesmo. Corei violentamente,eu nunca tinha tomado esse tipo de iniciativa. - Você fica muito fofo corado,sabia?- Perguntou Dillan enquanto acariciava os meus cabelos - O-obrigado...- Falei,agora mais corado ainda.
Mabel on~
-Ufa... Estamos salvas...- Comemorei após nós temos saido de dentro da cabana. - Espero que eles fiquem bem...- Falei. - Eu também...- Falou Wendy. De repente vi um cara totalmente branco,até as roupas dele eram brancas! Me escondi junto a Wendy - O que vo...- Interrompi Wendy colocando a palma da minha mão em sua boca - Shhh- Falei. E então voltei a olhar o cara,que estava se aproximando cada vez mais. De repente ele estalou os dedos,assim como Will e Bill fazem para usar sua mágica. E o barulho emitido pelo cão e por Dipper gritando (Cake: Imaginem os gritos do cellbit,10× mais agudos. Esse é o grito do Dipper nessa fanfic!) se cessou. Wendy me olhou confusa. O cara estalou os dedos pela segunda vez,e então desapareceu. Estranhei tudo isso,mas logo entrei na cabana junto a Wendy,provavelmente o cachorro havia sido preso.-Eae pessoal!!!- Falei após chegar na sala. Dipper estava no chão, meio em choque. Bill estava pensativo. E Will... Ele estava boiando.-Nossa,que clima pesado. Sabe o que mais é pesado?-(Cake: A sua mãe! /Allane: Ei!/Cake: Sorry! Eu só estava tentando fazer referência a apenas um show ;--;) Perguntei. E ninguém respondeu -O meu canhão de purpurina e gliter!- Falei e então peguei o mesmo e apontei para o teto. Atirei em direção ao mesmo. Vôou purpurina para todos os lados! -Bem vindos a cabana da purpurina! Agora me dêem o seu dinheiro!-(Stan: Que orgulho da minha sobrineta!) Falei,em uma tentativa meio falha de imitar a voz de Stan. Dipper começou a rir. -Ai Mabel... Só você pra me fazer rir numa hora dessas...- Falou ele,ainda tentando recuperar o ar. Bill também riu um pouco. Will continuou sério... Como sempre,tentando esconder o seu lado sensível. De repente Axel desceu as escadas correndo, ele estava sorrindo,e muito feliz! -Oieee!- Falou ele ao entrar na sala. -Olá filhinho! Por que está tão feliz?- Perguntei. -Porque eu e o Dillan estamos ficando!- Falou ele como se fosse a coisa mais normal do mundo. Fiquei em silêncio por três segundos,tentando compreender a informação que acabei de receber. Meu filho, é gay,e está ficando com o Dillan........ Após esses três segundos eu sai correndo e dando estrelinhas de tanta felicidade. Enquanto Dipper estava de queixo caído. Will saiu do seu transe enterno de boiação. -É O QUE???- Perguntou ele chocado -E-er... Nós estamos ficando... E... E-eu to muito feliz ao lado dele...- Falou Axel de cabeça baixa,mas ainda sorrindo. -Eu shipo!- Falou Bill - Eu também!- Falei - O que é "shipo"?- Perguntou Axel - É quando alguém apóia um casal.- Respondi. Tenho que tomar cuidado com o que eu falo... Se eu falar lemon perto dele... Acabou toda a inocência do meu filho... -Eu não aceito isso...- Falou Dipper,saindo do seu estado de chocado.


Notas Finais


Eita chesus. Como assim Dipzinho do meu coraçaum. Por que tu não aceita??? ;---; Hehehehe Descobriremos daqui um ano quando eu for postar capítulo novo! Beijos e abraços


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...