História Gravity:o som do coração! - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nathanaël, Nino, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Marichat, Miraculousladybug
Exibições 268
Palavras 739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Procurando Esclarecimentos!


Fanfic / Fanfiction Gravity:o som do coração! - Capítulo 9 - Procurando Esclarecimentos!

Narradora on.

Adrien acordou cedo no dia seguinte,ele tinha que resolver coisas importantes...mas não referente a sua carreira e sim a sua vida e as coisas que aconteceram.

Ele então ligou para seu produtor Plagg e pediu para cancelar as sessões de fotos e entrevistas....afinal ele não estava com cabeça pra isso.

Adrien então olhou no relógio, e se lembrou que Emma filha de Marinette, havia esquecido o celular no console de seu carro. Ele então tomou uma decisão, dirigir até o apartamento de Marinette não só para poder entregar o celular da Emma, mas tbm para ver azulada na qual ele sempre foi apaixonado.

Assim que chegou, o loiro respirou fundo,pegou o buquê de flores que comprou, e pegou o celular esquecido por Emma e então subiu até o apartamento de Marinette....que se surpreendeu ao ouvir a campainha.

Narradora off.

-****-

Marinette on.

Já vai!-falei descendo as escadas.

Logo parei em frente a porta e nem olhei para ver quem era. Assim que abri levei um baita susto..... Adrien Agreste parado na porta do meu apartamento.

Oi Bugboo!-ele falou sorrindo.

O que vc quer Adrien?-falei cruzando os braços-E como sabe onde moro?....Bugboo?

Posso entrar?-ele falou num tom baixo.

Não....não pode....aliás pq vc não desaparece de novo igual fez no passado?-falei irritada.

Logo pra minha surpresa Emma apareceu, tive que tampar os ouvidos com o grito que ela deu de surpresa.

Ahhhhhhhh......Chat!-ela falou correndo-O que faz aqui?

Pera?.....Chat?.....Chat Noir....o seu cantor favorito?-falei sem entender-É isso Emma?

Sim!-ela falou pulando de alegria.

Omg....não tô acreditando que todo este tempo Emma era fã do pai dela, sem ela saber..... e o pior os dois se conheceram?

É.....vc esqueceu isto Emma!-ele falou estendendo o celular pra ela.

Obrigada!-ela falou animada-E o buquê?

É....pra Marinette!-ele falou sorrindo.

Logo peguei o buquê e coloquei em um vaso. Fiquei calada todo o tempo tentando assimilar o que aconteceu.

Mãe.....é verdade que vcs estudaram juntos?-emma falou animada.

Sim....pq Emma?-falei indiferente.

Pq não me falou?-ela falou curiosa.

Pq não tem importância!-falei rude.

Logo me virei e dei uma xícara de café para eles. Emma tomou e saiu, eu fiquei ali de costas para eles e virada para pia.

Marinette....-Adrien falou chegando perto-Podemos conversar?

Nossa conversa acabou no passado Adrien!-falei rude-Me esquece e esquece a Emma...por favor!

Logo senti seus braços me virarem de modo que fiquei de frente para aqueles olhos maravilhosos. Ele me encarou com um semblante sério assim como eu.

Marinette....-ele falou baixo-Me perdoa Bugboo....eu te amo...sempre te amei!

Se me amasse vc nunca me abandonaria....grr...-tentei falar mas tampei a boca.

Grrr....o que?-ele falou curioso-Fala Marinette!

Esquece!-falei irritada me soltando de seus braços.

Logo ele me pegou de novo, e olhou fixo para mim. Aquele sobretudo preto dava um maravilhoso contraste naquela pele branca dele.

Senti sua mão macia e gelada percorrer as minhas costas me causando um arrepio na qual me fez fechar os olhos.Em seguida pude sentir o maravilhoso gosto de seus labios no meus.....ah que saudade daquele beijo!

Paramos por falta de ar, logo fingi que não rolou nada e abri a porta de casa pedindo para ele sair.... e assim ele fez, mas antes ele me olhou e sorriu.

Fechei a porta atordoada e me encostei na porta tentando voltar ao meu estado normal.

Marinette off.

-****-

Adrien on.

Depois que sai da casa de Marinette, decidi ir pra casa de Nino e Alya para ver se eles falam algo sobre o que eles sabem a respeito da confusão envolvendo eu e Marinette no passado.

Ah.... Marinette,como eu te amo Bugboo!-falei em meu pensamentos.

Por um momento tentei lembrar do que ela havia me falado. Parei o carro e olhei para a uma foto nossa que carrego em minha carteira como uma espécie de "talismã da sorte".

Olhei e logo me bateu uma enorme vontade de chorar, se eu pudesse.....voltaria no passado só para descobrir o que aconteceu e quem fez isso....por mais que eu tenha algumas suspeitas,que precisam ser confirmadas.

Logo parei na casa de Nino, toquei a campainha e ele atendeu. Alya e ele ficaram surpresos em me ver, e me convidaram para entrar.

Eai cara.....o que trouxe a Paris?-Nino falou batendo em meu ombro.

É....coisas do passado!-falei num tom meio sem jeito-Nino....Alya.... preciso que vcs me digam uma coisa.....uma coisa que pode mudar tudo!

É....fala cara!-Nino falou entendendo o assunto-É sobre a Marinette não é?

Sim.....é sobre a Marinette!-falei respirando fundo-Preciso saber o que realmente tinha naquela carta, que mensagem ela me mandou e tbm.....queria saber se Marinette ficou com alguém depois de mim?

Pq Adrien....pq vc está fazendo isso?-Alya falou sentando.

Pq...quero consertar tudo e tbm....prometi para uma garota chamada Emma que eu ajudaria ela a encontrar o pai dela!-falei cruzando os braços.

Adrien off



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...