História GravityTale - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls, Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Bill Cipher, Candy Chiu, Chara, Dipper Pines, Frisk, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Mettaton, Napstablook, Pacifica Northwest, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Exibições 97
Palavras 394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Sob a luz do luar


Fanfic / Fanfiction GravityTale - Capítulo 17 - Sob a luz do luar

FRISK P.O.V 

– Tudo começou aos meus 9 anos de idade…eu e Papyrus fomos com o nosso pai para o trabalho, ele era o cientista real…– 

– Então quer dizer que antes da Alphys era o seu pai o cientista real?– 

– Sim…bem…lá tinha um bando de máquinas, protótipos…experimentos…mas no meio de tudo isso, tinha uma máquina, esta máquina extraia a alma humana e a transportava para uma cápsula, e eu, uma criança que nunca viu um filme de terror na vida, toquei na máquina, que ainda estava fazendo o processo, a alma não só foi transportada para a cápsula como também foi transportada para a minha alma…– 

–………– 

– E foi assim que eu ganhei esses poderes legais!– 

– Por que você não nos contou isto antes ?– 

– É meio complicado falar sobre isso sabe…?– 

–…………– 

– Bem! Vamos mudar de assunto! O seu aniversário está chegando certo?– 

– Sim…mas eu não sei porque Juno me deu o presente antes…– 

– Digamos que a Juno é um cata-vento para se lembrar das coisas – 

– Ok…– 

– Ei se anime! Agora você vai ficar sete anos mais nova que eu!– 

– Sans…eu vou fazer 16…– 

– Oh…4 então! Eu acho que não preciso me preocupar mais…– 

– Com o que?– 

– *cora* Nada!…Bem…aonde você vai ficar?– 

– Como assim?– 

– Estamos perdidos, aonde você vai dormir ?– 

– Vamos encontrar um lugar!– 

– Ok então – Procuramos um lugar para passar a noite, por sorte encontramos uma clareira, cujo tinha uma vista linda para a lua, nós nos sentamos na alta grama, percebo que Sans parece meio triste, eu acho que é a minha vez de contar um talento especial – Sans…– 

– Que…?– 

– Não é só você que tem poderes legais! – Encontro uma flor murcha, faço um movimento de bolha em volta da flor e ela se restaura – Wow! Como fez isso?!– 

– Eu não sei como eu ganhei estes poderes mas eu sei que isso começou depois do meu primeiro dia de aula…– 

–…Be-!!!!!!!!!!!! Frisk você está bem!?!?– Grita ele aproximando-se mais para ver o arranhão no meu joelho mais de perto – Eu estou bem não se preocu…*cora pakas*pe…– Percebo que ele estava perto de mais de mim, nossas faces nunca estiveram tão próximas…pelo impulso eu o beijo (Finalmente!!!!!!!!!!!!!!!!!)…Ele retribui (É óbvio) Ficamos um tempo assim, mas nos separamos porque já estava ficando sem ar – *coradissima* Me desculpa!!!!! Eu…eu não pretendia- – 

– *azul* N-não foi nada…!– 

– Nunca mais vamos falar sobre isso, tá ?– 

– Tá…–


Notas Finais


Eu disse que este capitulo estava próximo eu sei que está curto mas é
Espero que tenham gostado
Deixem a sua opinião nos comentários
;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...