História Great Evil - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Demonios, Original
Visualizações 6
Palavras 356
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Sinopse e capa feitas por Batman (nyah)
Playlist da história: https://open.spotify.com/user/lepreuchan/playlist/00NoFohPC8OOENFD67JqTq
Boa leitura, espero que gostem e se apaixonem pelo Darren como eu sdjkfd

Capítulo 1 - Prólogo


Heckler aperta o pescoço do demônio com mais força, erguendo-o do chão, fazendo a aberração sorrir com escárnio, mostrando seus dentes manchados de sangue, resultado da surra que levara anteriormente.

— Me diz onde tá o Democritus, seu merda. — Esbravejou entredentes, Darren se divertia ao ver o caçador queimar de raiva, toda aquela situação era puro entretenimento para o demônio.

— Você acha que eu vou contar? — Rebateu, sua voz entrecortada pela falta de ar. — Nem ao menos sabe o nome dele e acha que consegue arrancar a resposta de alguém. — Piscou para Heckler que grunhiu e soltou o corpo esguio do homem, que caiu de joelhos e agarrou seu próprio pescoço, desconfortável. Olhou totalmente enfurecido para o caçador, suas íris tornaram-se vermelhas como sangue e tudo que ele mais queria era pular no homem e quebrar seu pescoço.

— Agora, tem certeza de que não vai me falar? — Rosnou apontando uma arma para a cabeça de Darren, mas não qualquer arma.

— Koch, uh? Bem que ouvi boatos que você tinha conseguido ela. — Sorriu irônico, ajeitando-se no chão, ficando em seus joelhos. — Mas você não me assusta. — Arqueou uma sobrancelha, irritando Heckler.

— Acho que você não tá me entendendo, eu não tô nem aí pra sua vidinha de merda, não vou pensar duas vezes antes de estourar sua cara.

— E eu acho que você não sabe com o que tá lidando, Heckler. — Pronunciou o apelido com escárnio, deixando seus dentes à mostra. Esfregou a manga do casaco no rosto, numa tentativa de limpar o sangue que escorria. — Você precisa mais de mim do que eu de você, ou de qualquer outra coisa que eu precise. — Deu de ombros, sentando sobre seus próprios pés. — Eu sou o único que sabe onde Democritus está, e eu quero tanto quanto você acabar com ele. Mas eu e você sabemos que, assim que eu disser onde ele está você vai me matar com essa arminha aí. — Apontou pra arma com a cabeça, levantando do chão e ficando cara a cara com Heckler. — Então vai ter que me aturar mais um pouquinho. — Sorriu petulante, empurrando a testa do caçador com a ponta do dedo.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...