História Greedy - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~emilly

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Greedy
Visualizações 19
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cadê a foto da Bela? AAAAAAAAAAH OLHA ELA AAIII ASAAASJSJSJSH
KKksksks amo meus leitores sksk ke
Desculpem algum erro u.u

Capítulo 6 - Alexis 2


Fanfic / Fanfiction Greedy - Capítulo 6 - Alexis 2

FLASHBACK ON * JUSTIN BIEBER *

Já era 3 da tarde quando acordei ao lado da mulher que amo. Estavamos tão bem dormindo, mais nossa filha nos acordou.

- PAPAI ACORDA, MAMÃE NÃO QUER LEVANTAR.

Olhei pro lado e vejo minha mulher se levantando e entrando no banheiro.

-Calma meu amor,ela tá no banheiro.

-Mais antes ela não queria acordar.- Fez biquinho

-Olha, desce a fica esperando a gente. Daqui a pouco nós descemos - Dei um beijo em sua testa e ela foi pra fora do quarto.

Me levanto e vou até o banheiro me perdendo em minha linda esposa.

- Amor, Feliz aniversário de casamento. 

-Obrigada amor.- Ela me da um beijo.

Só de essa mulher me beijar eu já fico exitado, meu deus.

-Que tal a gente sair hoje? Só nois dois?

- Mais e Luna?

- Ela fica com minha mãe. -Ela assentiue descemos pra falar vom nossa filha que ela iria ficar com a avó. 

(... )

Peguei ela em meu colo e ela já estava úmida e meu membro dando sinal de vida. 

-Você quer me engravidar de novo não é? -Ela falou vom um sorriso malicoso no rosto. 

- Se você quiser mais filhos...-Deixei a frase no ar, afinal ela sabe do que se trata.

- E eu quero, quero mais uma menina, que tal um casal? - Ela falou rebolando e chupando meu pescoço.

-Casal é uma boa - Dei um sorriso e tirei seu sutiã,deixando aqueles seios a mostra. Comecei a chupar e mordiscar um e fiquei apertando outro. Joguri ela na cama e tirei minha calça e minha box sem demora. Finalmente estavamos sem aquelas malditas roupas, agora ela é minha por completo.

Abri suas pernas beijando as laterais de seu corpo e subindo passando pela sua intimidade e indo pelos seus seios até chegar a sua boca. Depois prendi seus braços e desci de novo beijando toda sua barriga.

Comecei a chupar seu clitóris e depois ir mais fundo com a língua. 

-Justin eu vou gozar- Ela se contorceu. 

-Não vai não ou então vai sofrer.

Dei um tapa em sua coca e aquilo foi a deixa pra ela gozar. Suguei tudo com vontade mais vomo eu disse, ela iria sofrer as consequências. 

- Vira de costas AGORA

Ela virou,  nem disse que iria forte e bem fundo e meti com tudo. Ela deu um grito tão agudo que meus ouvidos poderiam explodir.

-Mais rápido

Logo comecei a ir mais rápido, forte e fundo. Minhas estocadas faziam ela gritar meu nome e gemer mais auto. Oh céus aquela mulher é tudo de maravilhoso. Ela chegou ao clímax e dei mais cinco estocadase gozei também. 

-Essa foi uma das melhores transas que já fizemos. - Falou me fitando

Quando me dei conta estava em cima dela a beijando aqueles lábios rosados. Oh aqueles malditos lábios. Eu a amo, eu faço tudo por ela, não sei como ela pode amar um cara como eu.

Parei o beijo e deitei do meu lado a trazendo pra cima de mim colocando sua cabeça em meu peito.

-Eu te amo- Falei acariciando e brincando com seus cabelos. 

- Eu também te amo meu amor.

Dormimos.

(...)

Acordei com ela em meus braços dormindo da maneira mais linda e fofa. Olhei para o lado e já eram 10:00 da manhã. Poxa nós paramos de transar tão tarde assim?

- Amor acorda.-Tentei levantar - Amor vamos já é 10 da manhã. 

Ela acordou com seus olhos pequenos e verdes, os raios do sol refletiram em seus olhos, os deixando mais verdes ainda.

-Bom dia meu amor- Me beijou 

-Bom dia querida.

Levantei e fui ao banheiro, assim que sai fo mesmo, ela entrou. Saimos, fomos pegar Luna e quando chegamos na nossa casa própria já eram 12:30. 

-Acho que vamos ter que comer fora.

-Não amor, eu faço a comida.

-Não digo eu, vamos almoçar fora.

-Mais não é preciso gastar dinheiro a toa. Olha o tanto de comida que temos, eu posso fazer o almoço. 

- Não, vamos almoçar fora.

Ela apenas assentiu e saimos. Entramos no carro e coloquei uma música que Luna gostava. O caminho era longo então fomos conversando mais e mais eu e minha mulher.

Estacionamos em frente ao restaurante e logo sai do carro para tirar Luna da cadeirinha.

Entramos no restaurante, comemos e fomos pra casa. Peguei estrada, meu celular começou a tocar e tive que atender. Não sabia quem era pois o número estava restrito.

- Acho melhor você não atender esse celular dirigindo.

- Relaxa amor, só vou falar "alô" ver quem é e desligo.

-Alô? - Só escuto a respiração de alguém que está na linha.-  ALÔ? - Peegunto de novo mais apavorado.

- Olá Bieber -Aquela voz não era desconhecida, era uma voz que eu juro que não é estranha. 

- Max! - Falei com raiva, nem com dinheiro aquele cara me deixa em paz. - Oque você quer? Me deixa em paz porra.

- Calma Bieber, só queria te avisar um " TIC TAC"

-TÁ FICANDO MALUCO PORRA? FALA OQUE VOCÊ QUER. AGORA! - já estava super nervoso, poderia meter tiro em quem eu visse pela frente. 

- Vamos Bieber, não fique nervoso. O minimo que pode acontecer se você não morrer, é isso acontecer com quem você mais ama.- olhei para o lado e para trás, depois prestei atenção na ligação. 

- Não toque a mão em minha família Max.

Depois eu só consegui ouvir os gritos de Alexis e de Luna.

"JUSTN" "PAPAI"


Olhei pro lado e vi Alexis com um tiro no braço e Luna com um tiro no braço e outro no peito.

- NÃO MAX SEU DESGRAÇADO.

Tirei as duas do carro e começou a chegar ambulâncias e policiais. 

(...) 

Fiquei no Hospital pir várias horas, os dois amores da minha vida estavam na cirurgia. 

- Sr.Bieber - Me levanto - Lamento te informar mais sua filha não resistiu.

Naquele momento eu só conseguia pensar em Luna, me esqueci fo mundo, me esqueci de tudo e todos. Minha menina, minha filha morreu por minha causa, minha garota, a que eu mais amava morreu por minha causa. Porque isso não aconteceu comigo?  Porque? Porque? 

- NÃO, EU QUERO MINHA FILHA DE VOLTA. EU QUERO MINHA FILHA. ME PERDOE FILHA EU SEMPRE TE AMAREI E SEMPRE VOU TE AMAR. - Comecei a chorar, meu rosto estava inchado de tanto chorar. Eu queria, eu precisava ver minha filha.

Chorei a noite toda com minha mãe e meu pai ao meu lado. Agora ssó faltava eu perder Alexis.

Fui até a recepção e perguntei por Alexis.

-Alexis? Quarto 509 Sr

Fui correndo para o elevador, mais demorou então fui pelas escadas. Não podia perder Alexis também. 

Encontro o quarto e entro sem pensar, me deparo com Alexis chorando na cama sentada.

-Amor - Comecei a chorar também. 

-Quem é você? - Como assim quem é você?   Oque aconteceu?

-Sou seu marido amor- Comecei a chorar desesperadamente.

Sem pensar, sai correndo atrás de um médico e graças a deus encontrei.

-Oque aconteceu com a Alexis. -Eu falei o seguindo entrando no quarto onde meu amor estava.

-Ela teve perda de memória - Aquelas palavras me doeram tanto, meu coração se apertou e eu não sabia mais oque fazer.

-COMO ASSIM?

- Meu senhor por favor, pare de gritar. Bom, no acidente ela deve ter batido a cabeça com força em algum lugar do carro, afinal o carro capotou e para ajudar você a tirar elas duas de lá foi bem difícil. 

- E ela vai voltar?

- Não,  ela bateu a cabeça muito forte mesmo. Se algum dia ela voltar a se lembrar de tudo, vai ser uma grande sorte.

Sai do quarto imediatamente, olhei pra trás e dei uma " última olhada " em Alexis, entes de deuxar o meu amor partir.

Agora não é mais minha esposa que está com migo,  agora é só uma mulher normal, que nunca teve uma filha e que não sabe de nada...





Notas Finais


MEU DEUS EU TÔ NO SHAAAAANW
SOCORRO, O JUSTIN E A ALEXIS TIVERAM UMA FILHAAAAAA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...