História Greenshade (yaoi) - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fantasia, Gay, Originais, Rpg, Yaoi
Exibições 21
Palavras 816
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


~ maga inimiga do Elra na imagem.

Esse capítulo será narrado pelo Elra.

Explicações nas notas finais, boa leitura.

Capítulo 52 - 2 temp/ Ataque na praça


Fanfic / Fanfiction Greenshade (yaoi) - Capítulo 52 - 2 temp/ Ataque na praça

O elfo ao meu lado se ofereceu para me mostrar a cidade, então estamos caminhando lentamente em completo silêncio na praça local.

Enquanto eu caminho não consigo parar de pensar no rapaz a quem entreguei o papel, pensei que nunca mais o veria...

__ Então Elra... Como conheceu o Tony?__ o elfo perguntou, então concluí que o rapaz que entreguei o papel se chama Tony e aparentemente os dois são bem próximos, consegui sentir uma certa posse na voz do meu acompanhante.

__ Ele já deve ter te falado __ respondi ficando alguns passos a frente dele.

__ Sim ele disse....__ Aron retrucou me parando e fazendo com que eu o olhe nos olhos. __ Vou falar apenas uma vez, não ouse tentar sequer encostar em um fio de cabelo do Tony de novo... Compreende o porquê?__ concluiu ele me lançando um claro olhar de ódio mútuo.

Eu soltei um riso e lembrei o porquê dele ele estar dizendo isso, quando conheci Tony eu lhe roubei um beijo e provavelmente o elfo  já escutou essa versão da história.

Por que ele se importa tanto com algo assim? Mas já  imagino o quão divertido vai ser deixar o elfinho perturbado com isso.

__  Não te prometo nada __ respondi rindo da reação de Aron que parece até um animal selvagem pronto pra me matar.

Me virei sentindo um cheiro estranho no ar... Senti uma presença estranha.

Eu voltei a caminhar lentamente até perceber que Aron não estava logo atrás de mim.

Então me virei e o vi caído no chão se contorcendo.

Muitas pessoas correram até ele para ajuda-lo e eu também corri para saber o que aconteceu.

Vi um símbolo mágico o marcando as pernas, os desenhos brilham muito e estão se alastrando nas roupas do elfo.

__ Aron o que houve?!__

__ Alguém lançou um feitiço de selamento em mim quando eu me distraí devido a raiva. Sinto minhas pernas pesadas.... Não posso mexe-las__ ele respondeu tentando se mexer mas sem sucesso.

Estou me sentindo um pouco culpado, se ele não tivesse ficado com raiva e se distraído comigo  provavelmente teria esquivado do feitiço que é bem simples.

__ Vou te levar para o castelo ! __ quando fui tentar pega-lo no colo com ajuda de alguns aldeões... Senti a presença  forte nas sombras novamente.

Escutei um barulho estrondoso e logo depois todos da cidade haviam corrido para se proteger, em volta de mim e de Aron estavam mais ou menos 6 pessoas vestidas de um modo estranho mas que me é muito  familiar.

__ Foram eles que lançaram o feitiço__ eu disse para o elfo o dando uma adaga.

__ Você os conhece?__ perguntou Aron.

__ Não... __ respondi.

Um dos homens trajando preto pegou seu cajado e tornou  a falar.

__ Elra, você pode nos acompanhar sem criar novos conflitos ou nós podemos lhe forçar a ir conosco  __ 

Ele está usando um capuz negro que cobre toda a extensão de seu rosto, mas sua boca está a mostra.

__ Aron consegue se livra do feitiço?__

__ Sim, mas vai demorar um pouco__

Droga.... Se eles o atacarem pode acabar sobrando pra mim depois acertar contas com a rainha.

__ Vou leva-los pra longe de Aurydun, ou vão acabar ferindo alguém __  eu disse correndo pra longe do elfo caído no chão, precisamente em direção a os portões de saída da cidade.

__ Espera Elra !__ gritou Aron.

Todos os 6 soldados estão atrás de mim, um deles está se preparando pra me atacar.... Posso sentir...

_____________________________________

Depois de cruzar os portões de saída com todos tentando me acertar com bolas feitas de fogo que saem dos cajados, escalei o mais rápido que pude uma árvore e comecei a pular de galho em galho sem rumo, apenas tentando despista-los.

Até que algo me acertou as costas e eu caí, quando levantei meio tonto dei de cara com uma mulher vestida igual a os outros.

Ela está com a espada apontada em meu pescoço...

__ Parado Elra, facilite pra nós __ ela disse sorrindo.

__Nao sou de facilitar as coisas __

Os outros companheiros dela chegaram e todos apontaram suas armas pra mim.

__ Finalmente conseguiu pega-lo, esse cara corre mais que uma lebre __ um dos homens disse pegando cordas de um tom vermelho e tentando se aproximar de mim.

Quando ele deu dois passos a frente, mostrei minha mão com energia concentrada para ele.... Mostrando que se ele chegar mais perto eu o dilacero usando um dos meus dons.

O cara parece ter entendido se afastando com pressa de perto de mim.

__ Nos avisaram que você poderia fazer algo assim, sabemos seu histórico.... Inclusive que você usa as outras pessoas para conseguir as coisas. __ ela parou de falar e apontou para a floresta, vi uma silhueta surgir e me surpreendi ao perceber quem estava se aproximando...

__ Bom vê -lo de novo Elra. __ aquela voz já conhecida...

Tyriu surgiu em meio as árvores com um sorriso que eu nunca havia visto em seu rosto... Seus olhos estão com cores diferentes... Ele está mudado. Consigo sentir os problemas...


Notas Finais


Pessoal, esse tempo todo sem atualizar minhas histórias... Me desculpem é que estou passando por muitos problemas. Mas vou estar postando capítulos na medida do possível.

Espero que compreendam... Obrigado por ler.

Outras histórias minhas:
Is broken?.
Galmeryl.

Histórias recomendadas :
O segundo anjo ( crônicas de Antuerperia).
Ilegítimos.
Deviant tales.

Deixe um comentário dando sua opinião sobre o capítulo... Me incentiva muito.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...