História GREY - Jungkook - Capítulo 61


Escrita por: ~

Exibições 163
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem os erros ortográficos e não desistam de mim! Quem sabe posto um cap bonus dessa fic.
Mas a verdade é que mt obrigada por terem lido, foi a minha primeira fic aqui e... Tudo tem um fim não é mesmo? Eu estou um pouco triste por terminar mas... Enquanto eu não postar o cap bonus. Eu não deixarei ela como terminada.
Enfim, obrigada por tudo.
Amo vocês!

Capítulo 61 - You make me...


Fanfic / Fanfiction GREY - Jungkook - Capítulo 61 - You make me...

Padre é melhor me segurar se não irei matar esse meliante.

 

Ele me envolveu em seus braços e eu estava puta da vida, meu carro caralho... Meu carro...

Olhei para ele e ele me beijou, ele estava tremulo eu cedi ao seu beijo.

 

Eu: Vou te espancar até a morte Jungkook. – Sussurrei em sua orelha. – Apenas espere...

 

[...]

 

O Mark tinha alugado um local para a festa, aliás big festa e o Jungkook era um dos responsáveis afinal, ele queria fazer uma festa para nós também... Pensa, nós nem dançamos juntos depois da cerimônia.

 

 

Eu: Mark cadê o Jungkook?

Mark: Você assustou o cara é claro que ele não iria ficar aqui para ver o resto das suas ameaças.

Eu: Ah... Você sabe que eu não seria capaz de mata-lo poxa.

Mark: Ele tem medo... – Virou seu rosto. – Olha ele ali.

Eu: Vou lá.

 

 

Vou até ele e vejo o seu olhar com medo. Ele estava com medo de mim... Porra ____.

 

Jk: Por favor... ____, eu comprei outro carro ele vai chegar amanhã não é o mesmo... Mas é caro... E... – O interrompi.

Eu: Venha comigo. – Subimos as escadas e todos nos viram.

 

Todos: HMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM.

Bambam: JÁ VÃO PARA O QUARTO?

Suga: ESTÃO PEGANDO FOGO BICHO!

 

Vi o rosto do Jungkook queimar, segurei em sua mão e o levei para o andar de cima.

 

SAFADOS!

LUA DE MEL?

VÃO SE COMER!

JUNGKOOK SAFADÃO!

JUNGKOOK SAFADÃO!

____ SAFADONA!

____ SAFADONA!

 

Eu: Eles são idiotas. – E entramos num quarto.

Jk: V-Você vai me matar agora? Eu estou preparado... – Suspirou fundo. – Eu te amo ____. – Fechou os olhos.

Eu: Seu idiota, não vou te matar... Só estou chateada porque você não me contou antes...

Jk: Porque você iria me matar do mesmo jeito... – Se sentou na cama e eu fiz o mesmo. – Por favor...

Eu: Não quero que tenha medo de mim... – Passei minha mão em seu rosto e ele estava suando frio tadinho. – Eu te amo Jung... Eu não seria capaz de fazer isso... – Deixei um leve beijo em sua boca. – Ei... Você não disse que os shows começavam esses dias?

Jk: Minha equipe cancelou e eu aproveitei para acelerar nosso casamento... – Dizia enquanto segurava as minhas mãos. – Você me perdoa? – Me olhou com aquela cara de coelhinho da playboy.

Eu: NÃO ME OLHA ASSIM...

Jk: Assim como? – Fez de novo, aquela carinha que faz as calcinhas molharem, era uma cara de inocente e ao mesmo tempo tentador que só faltava ele dizer “Eu sei o que você quer fazer comigo nessa cama.”

Eu: Oh... Você é um babyboy dissimulado. – Passei meus dedos em seus lindos lábios.

Jk: Você ainda vai me matar? – Estava com a cabeça baixa.

Eu: Eu preciso transar com você antes de te matar então não, não vou te matar agora. – Comecei a rir.

Jk: Aish... É sério.

Eu: Eu já disse, não vou te matar. – O abracei. – Não vou fazer isso com a única pessoa que gosta de mim. – Ele sorriu que nem uma criança.

Jk: Amor, eu queria te fazer uma pergunta...

Eu: Diga.

Jk: Você está gravida? – Me olhou.

Eu: Meu Deus, não.

Jk: E aquilo que você tinha comprado na farmácia?

Eu: Era para a S/A ela está gravida do Nam.

Jk: Oh...

Eu: Pois é... Mas... Nossa como estou com vontade de ter você aqui... – Passei a mão a camisa e desabotoei os botões querendo contato com sua pele.

Jk: Aqui não... Amor...

Eu: Caralho finalmente você é meu... – Sentei em seu colo.

Jk: E você finalmente é só minha... – Ainda bem que meu vestido não era tão volumoso mas atrapalhava de um certo modo. – Mas eu ainda não sei para onde nós vamos... Para Lua de Mel...

Eu: Qualquer lugar... Desde que eu esteja com você...

Jk: Eu estava pensando em ir para Paris... A cidade dos apaixonados... – Dizia me dando selinhos.

Eu: Começou o clichê... – Bufei.

Jk: Não gosta, eu posso ver outr... – Pensei melhor e o interrompi.

Eu: Para mim, está ótimo desculpa eu só...

Jk: Não vou te largar nunca meu amor.

Eu: Bom, quero saber o que você fez com os restos mortais do meu carro...

Jk: Desculpa... O carro está no estacionamento... Do hotel dos hyungs... – Respondeu triste.

Eu: Nós vamos que dia para Paris? – Perguntei fazendo uma trilha de beijos no seu peitoral.

Jk: Amanhã ou depois eu não sei... Acho melhor nós sairmos e aproveitar a festa...

Eu: Ok tudo bem. – Saí de seu colo.

 

Merda... Não poderei ir com o Mark para NY... Eu já nem sei o que quero fazer... Eu só quero ficar ao lado do Jungkook.

Jk: Você está bem amor?

Eu: Sim...

Jk: Fala não gostou... E-Eu... – Se atrapalhou nas palavras.

Eu: Não é isso, é que eu iria resolver uns assuntos em NY... – Ou seja roubar bancos.

Jk: Você prefere o seu trabalho do que eu né? Eu entendi... – Abotoa sua camisa chateado.

Eu: Jung...

Jk: Não precisa dizer eu já entendi...

Eu: Mas eu não vou mais, eu quero ficar com você... Espero que você não ligue... Tipo mesmo depois da nossa viagem eu ainda... Anh... Quero ficar com você... – Disse um pouco sem jeito.

Jk: Eu vou achar maravilhoso... – Me pegou nos braços e me rodou. – Eu te amo ____.

 

 

Descemos as escadas de mãos dadas e ele vai em direção as bebidas e eu vejo o Mark me olhando malicioso.

 

Mark: Foi uma rapidinha?

Eu: Cala a boca, a verdade é que... Aquilo de NY... Pode esquecer eu não estou no grupo...

Mark: Oh sim... Apareceu coisas melhores? – Me olhou.

Eu: Sim, apareceu... – Olhei para a o Jungkook. – Quero passar um tempo com ele.

Mark: Sim entendo, mas nós vamos depositar a maior parte do dinheiro em sua conta, afinal foi você que acabou com aquele otário. E depois você ainda ficará na organização? Ou vai aproveitar sua vida de casada?

Eu: Nem eu sei... Só quero ficar ao lado dele... Mas eu volto Mark, para novas aventuras.

Mark: Isso é um adeus? – Ele parou até a dança.

Eu: Um até logo...

Mark: Meu deus eu e o Bambam não vamos aguentar.

Bambam: EU ESCUTEI TUDO, VOCÊ VAI LARGAR A GENTE? EU TE COLOQUEI COMO CHEFE E O MARK TAMBÉM... E O CONSELHO DOS AGENTES? – Gritou.

Eu: Um até logo de 1 semana... Meu Deus...

Mark/Bambam: Ah sim... Vamos sentir sua falta.

Eu: Também... – O Jungkook volta com os copos e me entrega um, eu pensava que ele estava fazendo a bebida porque que demora da porra.

Jk: Amor...

Eu: Já estou indo...

Mark: Eu quero que você seja feliz... – E olhou para o Jk. – NÃO OUSE NEM TRAIR ELA SE NÃO EU VOU ATRÁS DE VOCÊ.

Bambam: Pode ter certeza... Que vou acabar com você.

Jk: Eu a amo. – Apertou minha mão.

Eu: Vamos... Dançar. – Puxei o Jungkook para mim.

 

 

Depois de bebermos eu estava dançando coladinha com o Jungkook.

 

Eu: Obrigada Jung... – Sussurrava em sua orelha.

Jk: Pelo o que ____...

Eu: Por tudo. – Minhas mãos estavam em sua nuca.

Jk: Por favor não agradeça...

Eu: Jung... Eu quero ser sua...

Jk: Mas você já é... – Ele apertava minha cintura com a dele.

Eu: Você sabe o que eu quero dizer... – Sussurrei. – Quero fazer amor com você.

Jk: Eu quero fazer amor com você todos os dias da minha vida. – Me dava vários selinhos.

Eu: Você me faz querer começar tudo de novo...

Jk: E você acha isso bom?

Eu: Se for com você sem dúvidas é muito bom...

Jk: Bom saber disso... Eu sou seu em todos os sentidos agora? – Me pegou no colo me levou para piscina e eu nem respondi.

Eu: Jung... Eu só quero dizer que eu tenho medo de finais felizes iguais a esses...

Jk: Vou melhorar então a frase... Você quer ser bem fodida... Hoje... Meu amor... – Sussurrou em minha orelha.

Eu: Oh... Santo Jeon Jungkook dizendo uma coisa dessas... Uau...

Jk: Aish... Você que pediu... Eu quero fazer amor... – Respondeu envergonhado. – Você sabe muito bem o que eu sinto por você... Eu te amo.

Eu: Sim sei muito bem... – Sorri vendo sua carinha envergonhada. – Não se envergonhe meu amor, nós já fizemos tantas coisas... Que o que você disse fica no chinelo.

Jk: Aish... - Tiramos as nossas roupas e ficamos só de roupas intimas, ninguém frequentava esse comodo era uma espécie de piscina para casais havia pétalas rosadas na piscina.

Eu: Eita que isso... – Apontei para o seu corpo que estava brilhoso. – JUNGKOOK NÃO É O QUE ESTOU PENSANDO! SUA PELE... – Sua cueca era preta MAS NÃO ERA UMA CUECA QUALQUER!

Jk: Eu pensava que você não iria me perdoar daí... Eu esqueci do quepe mas enfim... – Dizia envergonhado. – To assim.

Eu: Nossa... Como você é gostoso... Meu pai amado... Vem cá... – Ele chegou perto de mim e passei a mão em suas coxas estavam brilhosas, como eu não percebi isso em seu peito... Porra! Ou foi por essa razão que ele demorou enquanto foi pegar as bebidas... – Entendi... É parte da roupa... Era para ser um policial do sexo? – Sussurrei.

Jk: Sim...

Eu: Então me prenda... – Afastei dele.

Jk: Oh... Você foi uma garota muito levada... – E ele me puxou para a piscina.

 

Sem dúvidas o amor que eu sinto por ele é verdadeiro no final das contas. 

 

 


Notas Finais


Favoritem vão me ajudar muito e comentem quero saber o que estão achando!! E também quero dizer um adeus.
Agradeço quem tiver lido. Bye bye.
Amo vocês de coração.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...