História Gritos e delírios. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Sehun, Xiumin
Tags Dirty Talk, Minseok, Minseok!tops, Pwp, Sehun, Sehun!bottom, Semin, Xiuhun, Xiumin
Visualizações 503
Palavras 391
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oi~ me sinto uma depravada part. 2

gostaria de dizer que imaginei essa cena com a música canvas do falecido 4minute ao fundo, a música é meio sensual (?) e lenta então acho que combina com essa one ~hihihi~

sehun bottom é uma coisa divina, né non? VIVA A SEHUN BOTTOM/PASSIVO/BTTM/DANDO!!!!!

Capítulo 1 - Luxúria.


SeHun nunca sentiu tanta vontade de gritar em toda a sua vida. 

Os dedos de Minseok estocavam seu interior sem dar uma pausa sequer enquanto a outra mão marcava a sua coxa com apertões fortes. O excesso de lubrificante escorrendo pela pele branquinha e macia, chegando até a pingar nos lençóis brancos que testemunhavam toda a cena pecaminosa. A língua esperta e quente do Kim às vezes tomava o lugar de seus dedos e estocavam a entrada quentinha de SeHun, levando-o a loucura e louco para gritar. 

Seus dentes estavam cravados na fronha do travesseiro e seus dedos apertavam a coberta branca ao seu lado, quase socando-a quando o prazer lhe cegava e tomava conta de seu corpo. Minseok era tão bom naquilo, céus, a língua esperta dele lhe invadia de uma forma que fazia suas pernas tremerem de pura excitação e o orgasmo chegar cada vez mais perto. 

O moreno tirou o rosto de perto de suas nádegas e lambeu os próprios lábios, limpando o queixo e espalmando as mãos nas bandas bonitas e vermelhas pelos tapas bem dados. As apertou e SeHun murmurou algo inaudível, balançando o quadril em direção ao rosto do namorado. Minseok salivou.

O corpo do mais novo era sempre o motivo de suas ereções diárias. Imaginá-lo em diversas posições, com vários acessórios e lhe encarando com aquele olhar penetrante o fazia delirar em seu espaço mental. Sério, se existe mesmo algum demônio responsável pela luxúria, SeHun com certeza é a personificação dele. 

— Você quer me sentir dentro de você, não é? Te fodendo, te fazendo delirar, certo, babe? — perguntou o mais velho enquanto desfere um tapa na nádega vermelhinha. — Rebola gostoso pra mim e me fale como você quer que eu te foda. 

E SeHun, como a boa vadia que era, atendeu ao pedido. Rebolou com vontade, empinando sua bunda e levando as mãos até ela, separando os glúteos para se expor cada vez mais para o namorado. Sua entrada se contraía contra o nada, almejando alguma coisa lhe fodendo fundo e forte

— E-eu quero ser fodido com força, MinSeok. — murmurou o mais alto que pôde e, de imediato, sentiu as mãos menores agarrarem sua cintura para parar os movimentos e lhe puxar mais para perto. 

É… Naquela noite, o Kim não pararia até ver SeHun completamente esgotado e as coxas sujas de sua porra. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...