História Guard my Secret - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 5
Palavras 1.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Festa, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


OOOOOOI
espero que gostem <3333

Capítulo 2 - Dia Longo


Fanfic / Fanfiction Guard my Secret - Capítulo 2 - Dia Longo


   -Cassandra Morgan!

Eu estava no meio de um sonho maravilhoso com Luke Hastings quando eu vi a vaca da minha professora no meu sonho me dando uma reguada na bunda bem na hora que ele ia me beijar, nunca odiei ela tanto na minha vida.

-Srta Morgan...

Senti uma cutucada no meu ombro e abri os olhos lentamente, quando eu vi o que estava acontecendo eu só queria dormir de novo, só que dessa vez eternamente, a sala toda estava olhando pra mim e rindo, e a professora que empatou meu beijo (porque ainda não tinha chegado na foda) no sonho estava na minha frente com uma cara raivosa, mais do que o normal, só o que consegui dizer foi:

-Pois não? -Não podia ter sido pior a minha ideia de girino de ter dito isso, porque por algum motivo a professora ficou com mais raiva ainda.

-Srta Morgan, claramente estamos atrapalhando o seu sono de beleza, porque você não termina ele lá fora na sala da diretora Franklin?

-Tudo bem. -Disse me levantando e indo em direção à porta. -Vaca. -sussurrei, mas pelo jeito não foi tão baixo e a sala toda riu. Ferrou

. -O que disse Cassandra? -Que bruxa, me chamou pelo meu nome horrível, esse mau humor dela não é humano, só pode ser falta de s...

-Eu disse "desculpa". Com licença. -Disse fechando a porta com força.

-Então Cassie, o que aconteceu dessa vez? -Perguntou a diretora que a propósito é super gente boa.

-Dormi de novo na aula, me desculpa mas é que ontem foi bem movimentado no trabalho e eu que fechei a lanchonete.

-Tudo bem, mas tem que parar de fazer isso sempre, não é saudável, e não é adequado trabalhar na sua idade, devia focar nos estudos e garantir um futuro bom.

-Eu sei, mas a senhora sabe que com o que meu pai ganha quase não dá pra pagar a escola, preciso ajudar ele, ele ja fez muito por mim quando mamãe nos abandonou. -O que dizer sobre isso? Minha mãe me abandonou com o meu pai logo quando eu nasci, nunca a conheci e nunca soube como é o amor de mãe, meu pai foi quem ralou muito para cuidar de mim, porém foi muito ausente também, sempre trabalhando para conseguir um dinheiro a mais e conseguir me bancar, durante esse meio tempo me meti em coisas que não devia porém com tempo conheci minhas melhores amigas e elas me ajudaram a sair do mundo onde eu não conhecia alegria e fazia tudo para ter atenção, desde então trabalho na lanchonete do Joe e ajudou papai a pagar as contas.

-Cassie tente manerar, pode ir pra enfermaria dormir um pouco lá e depois volte para a aula, se cuida.

-Ta bom, obrigada.

Acordei com o toque do sinal que pelas horas era o intervalo, me levantei, lavei o rosto e fui para o refeitório encontrar as minha amigas.

-Fala gatas.

-Onde você estava Cassie? Não apareceu na aula. -Perguntou Bailey.

-Estava dormindo na enfermaria, ontem tinha muito movimento e eu que fechei a loja.

-Tem que parar de se cobrar muito miga, relaxa um pouco. -Disse Gema.

-Verdade, se não você vai ficar cheia de espinhas e vai engordar consideravelmente por causa do stress. -Afirmou Jude.

Minhas amigas são bem diferentes umas das outras, não entendo como podemos ser tão amigas sendo tão diferentes assim. Bailey é a esperta, ela é perfeccionista e observadora e nada escapa dela, sabe quando a gente está mentindo, e dentre nós, é a que mais sai para festas, louco né? A Gema é a "partir corações" do grupo, chama muita atenção dos garotos por onde passa, porém ela tem interesse especial em mulheres, o que pode decepcionar muitos caras, ela é a sentimental e positiva do grupo, sempre tem um conselho. A Jude é o oposto da Gema, se a Gema é loira a Jude é morena, se a Gema é positiva a Jude é negativa, Jude é a famosa fria e calculista, e muitas garotas da escola tem medo dela, mas eu sei que no fundo ela é um amorzinho. E quanto a mim? Acho que o único título que restou para mim é a de normal, afinal, não tenho uma classificação, acho que se tivesse seria a classificação "indefinida", realmente não sei o que sou, nem sei o que eu to fazendo aqui, acho que sou perdida, espero que um dia eu me encontre.

A aula acabou e eu e minhas escravas estávamos sentadas no pátio esperando o pai da Gema chegar. Hoje nós íamos fazer a tarde das garotas e depois eu ia direto pro trabalho.

-To quase desistindo e indo para casa dormir. -Disse bocejando.

-Não sei como uma pessoa tão baixa pode ter tanto sono assim. -Disse Jude para me provocar e conseguiu.

-Da para parar com isso? Não sou tão baixa assim,1,63 é uma altura média.

-Own ela ficou estressada Jude. -Disse Gema rindo, idiotas.

-Vocês ficariam surpreendidas com a minha força também, babacas. -Disse mostrando o dedo.

-Olha só quem está vindo em nossa direção nesse momento. -Disse Jude enquanto eu e Gema virávamos para ver. Automaticamente Bailey ficou vermelha e eu dei um risinho.

-Oi garotas, Bailey depois nós podemos conversar? -Quem estava falando com ela era o Tyler, amigo do Luke e igualmente gato, Bailey e ele estavam ficando e ela terminou, e Tyler estava fazendo de tudo para eles reatarem, que fofinho.

-Não s...

-Ela pode sim. -Chutei ela discretamente e ela olhou brava pra mim.

-Né Bay Bay? -Jude completou sarcasticamente.

-Claro, quer dizer, acho que sim. -Disse dando um tossida.

-Ótimo. -Disse dando um sorriso de arrasar corações e indo embora.

-Odeio vocês.

-Sério, qual é o seu problema? Ele é um gato! -Gritou Gema.

Todo mundo olhou pra Gema de um jeito estranho, como se estivesse uma interrogação na nossa cara.

-Que foi gente? Eu sou lésbica e não cega.

-Eu só não estou afim, a gente ficou e é só isso, não quero nada sério, preciso focar nos estudos.

-Ou ta com medo de se envolver demais e acabar com o coração partido. -Disse Jude.

-Bay cai dentro, medo não vai te levar a nada, coragem cão covarde. -Disse no meu momento "menina inspirada".

-Disse a garota que gosta de um garoto a vida toda e nunca teve coragem de falar com ele.

Ai viada, essa doeu profundo, disse meu inconsciente.

 -To esperando o momento certo, ok? Isso que eu ganho tentando ajudar uma amiga necessitada, ingrata. -Prazer, rainha do drama chegou.

-Acho que as duas deviam tomar vergonha na cara e pegar as rédeas, o máximo que vão ganhar é um coração partido, que no caso, vai ser o de vocês. -Disse Gema tentando, TENTANDO, ajudar.

-Porra, obrigada, me sinto muito melhor agora. -Disse Bailey.

Esse dia vai ser longo.

A tarde foi super divertida, zoamos bastante, assistimos uns filmes de terror e depois comemos pizza e deu a hora do meu trabalho infelizmente e tive que ir.

Neste momento meu expediente já esta acabando graças a Deus, não vejo a hora de ter um encontro especial com a minha cama, já que amanhã tem escola e a primeira aula ainda por cima é matemática.

Quando deu a hora eu me despedi do pessoal, já que hoje não sou eu que fecho e fui pra casa feliz da vida, minha casa é alguns quarterões de casa e eu chego bem rápido andando, chego em casa e meu pai provavelmente já deve ter chegado do trabalho também e deve estar dormindo já que ele acorda bem mais cedo que eu pra ir trabalhar. Subo para o meu quarto, tomo um banho e deito na cama já de olhos fechados.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, o próx cap ja vai vim turbinado de novidades...
BJSSS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...