História Guardando memórias - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Guardando Memórias, Romance, Tragedia
Exibições 2
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oláááá seres terrestres

Essa é minha primeira história e se estiver muito clichê ou outra coisa, espero que entendam dêem muito amor !!! Obrigada!!!
(~^_^)~ *.•°*°•.¸.•★*.•°*°•

Capítulo 1 - Capítulo 1



Estava indo ao cemitério levar flores para meus pais!  Cheguei lá coloquei as flores em seus túmulos e fiquei para observando e pensando como seria se eles estivessem vivos, provavelmente estaríamos em casa assistindo algum filme comendo alguma besteira e rindo de algo besta.

Enquanto pensava chegou um homem que aparenta ter a mesma idade que eu. Ele para no túmulo do lado, coloca um flor e começa a chorar! Mas não a chorar normalmente e sim chorar descontroladamente. Fiquei triste com sua situação e tentei fazer alguma coisa!

—Você tá bem ? – perguntei colocando a mão em suas costas do mesmo que estava ajoelhado pois não tinha mais forças. Ele não me responde então ajoelho do seu lado e tento acalma-lo sem falar nada, até que depois de um tempo ele para de chorar e seca seu rosto.

—Obrigada – diz ainda secando as lágrimas 

—tudo bem 

Ficamos pouco tempo em silêncio esperando ele se acalmar, até que resolvi quebrar o silêncio 

—Essa é sua mãe?

—Não, era minha vó mas a considerava como minha mãe. Foi ela que me criou– quando ele falou aquilo meu coração deu um leve aperto, é triste perder aquele que você ama!

Fiquei em silêncio por outro breve momento 

—Qual seu nome? – pergunta me olhando com os olhos vermelhos e inchados de tanto chorar 

—Emmy, e o seu? 

—chris. E obrigada por hoje– dis envergonhado e olhando para baixo

—Tudo bem, é normal – falo e olho para meu relógio e tomando conta do horário – Bom eu tenho que ir, já tá meio tarde, tchau Chris– digo é nós dois nos levantamos e nós despedimos.

Fui para casa e fui preparar minha janta e assim que acabei fui para sala assistir alguma coisa enquanto comia.      Terminei e fui dormir estava um pouco cansada, espero que o Chris fique bem.

No outro dia de manhã 

Acordei de bom humor hoje, me levantei tomei meu café da manhã que foi sereal e leite e depois fiz minha higiene matinal.  Fui trocar de roupa e acabei escolhendo uma calça jeans clara, uma blusa de manga comprida preta e um converse meio antigo que eu tinha. Peguei minha bolsa coloquei as chaves de casa, minha câmera fotográfica que eu levo para todo lugar e mais algumas coisas úteis, sai de casa e fui trabalhar.

Chegando na cafeteria o chefe ainda estava abrindo as portas, e estava com um pouco de dificuldade para encontrar a chave, devido a sua idade então resolvi ajuda-lo.

—Bom dia chefe – falo me aproximando, dando um sorriso sincero e o ajudo com as chaves 

—Bom dia Emmy! Sempre chegando mais cedo! Você deve descansar as vezes – diz ele abrindo a porta e entrando no estabelecimento enquanto eu vou pegar meu avental 

—que nada chefe é sempre bom fazer o que você gosta mesmo que seja em excesso 

—Tudo em excesso nunca é bom– diz entrando no seu escritório e fechando a porta.

Enquanto isso vou arrumando as mesas e vendo os empregados e os clientes chegando um por um, até que vejo o Chris entra pela porta com um notebook e uns livros em mão mas ele não me percebe. Ele vem até o balcão e faz seu pedido 

—Gostaria de um cappuccino normal por favor!

—Só um segundo senhor – acho que ele percebeu minha voz e olhou rapidamente para cima e arregalou os olhos ao me ver, oque me fez sorrir 

—Emmy?– falou ainda surpreso por me ver aqui 

—Olha, ainda lembra do meu nome ! – Digo dando um sorriso que logo recebo o mesmo 

Fui fazer o cappuccino dele rapidamente e o entreguei. O mesmo deu um belo sorriso. Continuei meu trabalho normalmente mas todos os clientes vieram e foram é Chris está lendo e escrevendo no notebook, ele deve está fazendo algum trabalho muito importante, pois não se disfocou nenhum momento se quer ! Mas por que eu estou ligando para o que ele está fazendo?

Horas depois

Já estava quase na hora de fechar e não tinha nenhum cliente, apenas o Chris, fui limpar a mesas e tinha uma mesa com uma xícara de café quase vazia e um único pedaço de dunnut e os farelos, então peguei minha câmera e um jornal qualquer que vi em cima do balcão. Coloquei o jornal na mesa e arrumei algumas coisa é tirei algumas fotos e depois voltei ao trabalho.

Já era hora de fechar e Chris continua alí parado digitando e lendo.

—Desculpe mas já está na hora de fechar. 

~continua~


Notas Finais


Obrigada por ler

^_^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...